Intervalo da dose de reforço da vacina contra covid cai para 4 meses, PEC dos Precatórios aprovada no Senado, Alemanha impõe lockdown e mais.
por
Beatriz Gabriele
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
02/12/2021 - 12h

 

Saúde

Atualização de dados sobre a pandemia. SP cancela festa de virada do ano, assim como outras 15 capitais; estado também mantém obrigatoriedade das máscaras. Intervalo da dose de reforço para 4 meses.

Foto: Marcelo Pereira/ SECOM/ Reprodução
Foto: Marcelo Pereira/ SECOM/ Reprodução

Pandemia

Segundo números do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 12.910 novos casos de COVID-19 e 215 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Ainda de acordo com o CONASS, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias está em 220. No total, desde o início da pandemia, o país já registrou 22.118.782 casos e 615.179 mortes pelo novo coronavírus.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem hoje 139.521.777 pessoas completamente imunizadas, isto é, com duas doses ou dose única. O Ministério afirma que já foram aplicadas 312.814.788 doses.

 

Sem festa

Prefeituras de ao menos 15 capitais brasileiras já anunciaram o cancelamento total ou parcial das festas de réveillon por conta da COVID-19. Hoje (2) foi a vez de São Paulo anunciar o cancelamento. A prefeitura levou em conta estudos sobre a situação epidemiológica que apontou necessidade de cautela. Além disso, a nova variante ômicron foi também considerada. "Não é por conta de ter sido detectado algo grave, mas por ser necessário que se faça um monitoramento e o prazo ficaria muito curto para se tomar essa decisão lá na frente" disse o prefeito Ricardo Nunes (MDB) a jornalistas em Nova York, onde acompanha o governador João Dória (PSDB). Além da capital paulista, já haviam anunciado a medida as cidades de Aracaju, Belém, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Palmas, Porto Alegre, Recife, Salvador, São Luís e Vitória.

A nível estadual, outra medida anunciada hoje (2) foi a continuidade na obrigatoriedade do uso de máscaras. O governo do estado tinha a expectativa de retirar a obrigatoriedade em locais abertos em 11 de dezembro, mas segundo o governador João Dória, a medida foi revisada, a pedido do Comitê Científico.

 

Vacinação

O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (2) a redução de 5 para 4 meses o intervalo para aplicação da dose adicional da vacina contra a COVID-19 no estado. A decisão ocorre em meio às primeiras confirmações de casos da variante ômicron no Brasil.

A medida vale para todos aqueles que já se imunizaram com as 2 doses da Coronavac, Pfizer e Astrazeneca. A Secretaria Estadual da Saúde afirmou que a dose de reforço pode ser de qualquer imunizante. Já a Secretaria Municipal diz que a dose deve ser preferencialmente da Pfizer.

 

Internacional

Alemanha impõe lockdown a quem não se vacinou. EUA anuncia novas medidas contra a COVID-19 temendo nova variante.

Foto: Panrotas/Reprodução
Foto: Panrotas/Reprodução

Novas restrições

A Alemanha anunciou nesta quinta-feira (2) novos decretos de restrições às pessoas não vacinadas contra a COVID-19. As medidas visam conter o aumento do número de casos de infecções diárias pelo coronavírus que pode se agravar com a variante ômicron. A poucos dias de deixar o cargo, Angela Merkel anunciou em conjunto aos líderes regionais do país que os não vacinados estão proibidos de entrar em lojas não essenciais, assim como estabelecimentos recreativos e culturais. A máscara será exigida nas escolas, e as reuniões privadas terão novo limite de pessoas.

Merkel ainda afirmou que o Parlamento vai debater a obrigatoriedade da vacinação a partir de fevereiro de 2022. Na Alemanha, a vacinação estagnou em 68% da população com duas doses ou dose única.

Ontem (1) a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, fez a defesa de que todos os países do bloco deveriam tornar a vacinação obrigatória. Na UE, o percentual de totalmente vacinados é de 67%.

 

Alerta ômicron

Os Estados Unidos também anunciaram medidas temendo a variante ômicron. A principal medida para os viajantes é a exigência do teste negativo um dia antes do deslocamento. Já para os estadunidenses, foi prorrogado o uso de máscaras em aviões, trens e outros transportes públicos até março, e o governo quer reforçar as campanhas de vacinação.

O presidente Joe Biden disse nesta quinta-feira (2) que a variante é motivo de “preocupação, e não de pânico”. “Vamos lutar contra essa variante com ciência e velocidade, não com caos e confusão”, afirmou Biden.

A grande preocupação é o número de pessoas que poderiam já ter se vacinado com a dose de reforço e ainda não o fizeram. A estimativa é de que mais de 100 milhões de pessoas estejam nessa situação. Biden anunciou que postos de vacinação estarão abertos à noite, incluindo aos finais de semana, para aplicar doses de reforço. Além disso, também haverá ampliação das campanhas educacionais, principalmente para o público adulto, para incentivar que todos completem a vacinação. “Essas doses de reforço são gratuitas, não deixem de tomar as suas”, disse Biden à população.

 

Política

PEC dos Precatórios no Senado. André Mendonça no STF.

Foto: Roque de Sá/Agência Senado
Foto: Roque de Sá/Agência Senado  

PEC aprovada

Foi aprovada no Senado nesta quinta-feira (2) a PEC dos Precatórios, uma proposta de emenda à Constituição que viabiliza o Auxílio Brasil, programa substituto do Bolsa Família. É esperado que esse projeto abra mais de R$ 106 milhões no orçamento do governo. O texto havia sido aprovado na Câmara, mas foi alterado no Senado e devido a isso voltará para análise dos deputados.

O senador Fernando Bezerra (MDB-PE), relator da PEC, anunciou uma alteração que torna possível a permanência do Auxílio Brasil. Segundo ele, foi incorporado à PEC um trecho que prevê que "todo brasileiro em situação de vulnerabilidade social terá o direito a uma renda básica familiar, garantida pelo poder público em programa permanente de transferência de renda", inserindo na Constituição a  obrigatoriedade de um programa de renda mínima para pessoas em vulnerabilidade social.

 

Processos herdados por André Mendonça

Aprovado ontem (1) pelo Senado para o Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça herdará mais de 900 processos deixados pelo ex-ministro Marco Aurélio de Mello, que se aposentou em julho deste ano. Entre os inquéritos herdados, estão processos a respeito de prisão após condenação em segunda instância, taxação de grandes fortunas, ações que cobram do governo brasileiro plano de intervenção e combate a incêndios, decretos que facilitariam a aquisição de armas e o caso da ação do presidente Jair Bolsonaro contra decisões judiciais que bloquearam perfis de apoiadores do governo nas redes sociais. 

 

Economia

Queda do PIB divulgada pelo IBGE; país entra em recessão técnica. Agro despenca 8%. Levantamento da CNI sobre falta de matéria-prima que afeta empresas. Alta nos alimentos.

Foto: Wenderson Araujo/CNA
Foto: Wenderson Araujo/CNA

Recessão técnica

A economia brasileira recuou 0,1% no terceiro trimestre de 2021, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (2). Os analistas projetavam uma variação nula (0%), ou seja, o número veio abaixo das expectativas. Esta é a segunda baixa consecutiva do indicador já que, no segundo trimestre, a queda do PIB foi revisada de 0,1% para 0,4%. Esta queda do Produto Interno Bruto (PIB) consecutiva por dois trimestres deixa o Brasil em uma recessão técnica segundo a teoria econômica. Na prática, a recessão técnica serve como alerta, mas não chega a ser uma recessão de fato, que é quando a situação do país está se deteriorando significativamente.

Mesmo com a alta de 1,1% no setor de serviços, o resultado foi puxado para baixo devido a queda de 8% na agropecuária e pelo recuo de 9,8% nos bens e serviços.

 

Despencou

Em relação ao trimestre anterior, a atividade agropecuária despencou 8% no terceiro trimestre deste ano. Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que também apontou alguns motivos dessa queda, entre eles, principalmente, a perda de produtividade de alguns produtos da lavoura que possuem safra relevante nesta época do ano.

Os destaques negativos foram o café (-22,4%), o algodão (-17,5%), o milho (-16%), a laranja (-13,8%) e a cana-de-açúcar (-7,6%).

 

Em falta

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada hoje (2) apontou que a falta de insumos e de matéria-prima afetou 68% da indústria extrativa e de construção, em outubro de 2021. O número é menor do que o de fevereiro deste ano, quando 73% das empresas relataram o problema. “Apesar da ligeira queda, a situação está bastante complicada e mais da metade das indústrias avalia que esse desajuste só terá fim a partir de abril de 2022”, afirmou a CNI.

O levantamento mostrou que mesmo com valores fora do habitual, está mais difícil obter insumos no mercado doméstico. Esse problema atinge 90% do setor de calçados, 88% da indústria de couro, 85% dos fabricantes de móveis, 79% da indústria química, 78% do vestuário, 78% das madeireiras, 77% das indústrias de equipamentos de informática e produtos eletrônicos e 76% do setor de bebidas. Entre os setores que dependem de insumos importados, os mais afetados foram: farmacêuticos (88%), máquinas e materiais elétricos (86%), vestuário (85%), material plástico (84%), limpeza e perfumaria (82%), têxteis (81%) e móveis (80%).

 

Segue subindo

Pelo quarto mês consecutivo, os preços mundiais dos alimentos subiram. Segundo informou a agência de alimentos das Nações Unidas, esse aumento foi liderado principalmente pelo trigo e produtos lácteos.

O índice de preços dos alimentos da Organização para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que monitora os preços internacionais das commodities alimentícias mais negociadas globalmente, teve média de 134,4 pontos no mês passado, em comparação com a revisão de 132,8 para outubro. O número de outubro era anteriormente 133,2.

 

Cultura

Luíza Helena Trajano entre as 25 mulheres mais influentes do mundo no Financial Times. A revista “Elle” proibiu pele de animais em todas as edições. Morre a atriz Noemi Gerbelli, aos 68 anos.

Foto: Globo/Gianne Carvalho e Reprodução/Instagram
Noemi Gerbelli morre aos 68 anos; à esquerda, na novela "Esperança", e à direita, em "Carrossel" - Foto: Globo/Gianne Carvalho e Reprodução/Instagram

Uma das mulheres mais influentes do mundo

Foi divulgada nesta quarta-feira (1) a lista das 25 mulheres mais influentes do mundo segundo o jornal inglês Financial Times. Entre elas está Luiza Helena Trajano, presidente do conselho de administração do Magazine Luiza e a única representante brasileira na lista.

De acordo com Gillian Tett, autora e jornalista britânica que escreveu o perfil da empresária, "Trajano acredita piamente no dever dos negócios de dar o exemplo em questões sociais e defendeu a igualdade de gênero e raça com paixão — notável em um país com grande desigualdade social e onde a elite empresarial costuma ser acusada de viver em um bolha". A jornalista ainda ressaltou que, apesar de não ser reconhecida fora do Brasil, ela deveria.

Trajano foi selecionada para a categoria “Líderes”, acompanhada de Gita Gopinath (economista-chefe do Fundo Monetário Internacional), Nancy Pelosi (presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos),  Mary Barra (diretora executiva e presidente da General Motors), e Ngozi Okonjo-Iweala (diretora-geral da Organização Mundial do Comércio), entre outras figuras importantes.

 

Sem pele animal

A Revista Elle anunciou nesta quinta-feira (2) a proibição do uso de pele de animais nos editoriais e em espaços publicitários, a fim de incentivar “uma moda mais humana”. Após fazer o anúncio em uma conferência no centro da Inglaterra, Valeria Bessolo Llopiz, a diretora internacional da revista, explicou à AFP que eles não poderiam “manter um discurso de um lado e ganhar dinheiro do outro, em direções completamente opostas". "Estamos em uma nova era e a geração Z, que representa o objetivo dourado da moda e do luxo, tem grandes expectativas em termos de sustentabilidade e ética", salientou.

 

Luto na dramaturgia

A atriz Noemi Gerbelli, que ficou conhecida, entre outros trabalhos, como a diretora Olívia da novela Carrossel, morreu aos 68 anos. Sem revelar a causa da morte, a informação foi confirmada pela, também atriz, Vanessa Gerbelli, sobrinha de Noemi, em um post em sua homenagem nas redes sociais.

"Certas dores são mudas. Hoje se foi esta pessoa tão importante na minha vida. Abriu os meus caminhos para o teatro e foi, em muitos momentos da minha juventude, uma mestra, uma protetora. Noemi Gerbelli, atriz paulistana, minha tia. Fique com Deus e os anjos", escreveu.

Durante mais de 40 anos de carreira, a atriz participou de várias obras no teatro e na TV. Na Globo atuou em “Esperança”, “Deus Salve o Rei”, “Os Normais” e outros. Já no SBT, participou de Carrossel, como Olívia, a severa diretora da Escola Mundial, além dos filmes derivados da obra.

 

Esportes

O Atlético-MG pode ser campeão após 50 anos; Grêmio luta contra o rebaixamento, na rodada de hoje do Brasileirão série A. Seleção brasileira feminina termina o ano com título do Torneio Internacional de Manaus. Mundial de Handebol feminino na Espanha.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

É hoje?

O Atlético-MG pode se consagrar o campeão brasileiro de 2021 na noite desta quinta-feira (2). Basta uma vitória do Galo fora de casa sobre o Bahia, na Arena Fonte Nova, para o clube mineiro garantir a taça depois de 50 anos. Se na parte de cima da tabela pode ter festa, na parte de baixo pode se confirmar mais um rebaixamento. O Grêmio encara o São Paulo, em Porto Alegre, precisando da vitória para se manter vivo na briga contra o descenso. Em caso de empate ou derrota, o clube gaúcho torce para um tropeço do Bahia contra o Atlético-MG para adiar a sua terceira queda para a Série B 2022.

 

Campeãs!

Ontem (1) Brasil conquistou o Torneio Internacional de Manaus de Futebol Feminino. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Chile, com gols das promessas Kerolin e Gio Queiroz, a seleção canarinho conquistou a taça.

Com três jogos e três vitórias, as comandadas de Pia Sundhage seguem na preparação para a Copa América de 2022, que serve como eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023, que ocorrerá na Austrália e Nova Zelândia.

 

Vai, Brasil!

Nesta quinta-feira (2) teve início a Copa do Mundo de Handebol Feminino, na Espanha. A seleção brasileira foi campeã mundial em 2013 e voltou a disputar a competição. O Brasil está no Grupo G com Croácia, Japão e Paraguai.

Hoje (2) em sua estreia, a seleção venceu a Croácia por 30 x 25, destaque para Bruna de Paula que anotou sete gols. No próximo confronto, a nossa seleção encara o Japão no sábado (4).

Tags:
CCJ do Senado sabatina André Mendonça e aprova por 18 a 9. Terceiro caso de variante ômicron em SP. OCDE reduz previsão de crescimento global em 2021. Reta final do brasileirão. E mais.
por
Ana Beatriz Vilela
Beatriz Gabriele
Bruno Scaciotti
Leticia Coimbra
Luan Leão
|
01/12/2021 - 12h

Atualização de dados sobre a Pandemia. Terceiro caso da variante ômicron confirmado em SP. Dia Mundial da Luta contra Aids.

Mais um caso da variante ômicron
Foto: Carol Coelho/Getty Imagens

Pandemia

Segundo números do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 11.413 novos casos de COVID-19, e 283 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. Ainda de acordo com o CONASS, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias está em 232. No total, desde o início da pandemia, o país já registrou 22.105.872 casos e 614.964 mortes pelo novo coronavírus.

Dados do Ministério da Saúde afirmam que o Brasil tem hoje 139.521.777 brasileiros completamente imunizados, isto é, com duas doses ou dose única. Segundo o Ministério, já foram aplicadas 312.814.788 doses.

Terceiro caso

O estado de São Paulo informou nesta quarta-feira (1) através da Secretaria Estadual de Saúde a confirmação de um terceiro caso de infecção pela nova variante ômicron. O infectado é um homem de 28 anos que desembarcou da Etiópia no sábado (27), no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Ele testou positivo para a COVID-19, mas não apresentava sintomas da doença, segundo a secretaria de Saúde. A pasta afirmou também que o homem já se vacinou com as duas doses do imunizante da Pfizer, passa bem, e está em isolamento domiciliar desde sábado.

Dezembro vermelho

No dia 1° de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta contra a AIDS, a data também marca o início do chamado Dezembro Vermelho. O objetivo é alertar a população sobre a prevenção e o tratamento precoce contra o HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

A UNAids, programa de combate ao HIV e à AIDS, da Organização das Nações Unidas (ONU), afirmou na segunda-feira (29) que a pandemia do COVID-19 está prejudicando a reação à AIDS em muitos locais, e que os serviços para pessoas que usam remédios contra HIV sofrem transtornos em 65% dos 130 países pesquisados. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 37,7 milhões de pessoas conviviam com o HIV até o final de 2020. 

 

Alemanha com o maior número de mortes por COVID-19 em 9 meses. Explosão perto de estação de trem em Munique, na Alemanha. Aumenta o número de mortes no tiroteio em escola no estado de Michigan, nos EUA. Segundo a ONU, mais de um terço da população mundial não tem conexão com a internet.

Pandemia se agrava na Alemanha
Foto: Tobias Schawrz/ AFP

Preocupante

A Alemanha reportou nesta quarta-feira (1) o maior número de mortes por COVID-19 desde fevereiro. O Instituto Robert Koch, agência estatal de doenças infecciosas no país, informou 67.186 novos casos e 446 mortes, o maior número desde 18 de fevereiro. No entanto, a taxa de incidência de sete dias por 100 mil habitantes caiu pelo segundo dia consecutivo, de 452,2 pessoas na terça-feira (30) para 442,9 pessoas hoje (1). Ontem (30) a chanceler Angela Merkel, o vice-chanceler Olaf Scholz, e os governos regionais da Alemanha, concordaram em tomar medidas mais firmes para conter o avanço da 4ª onda, entre elas a intensificação da campanha de vacinação e a restrição de contato. 

Em entrevista ao jornal Bild, o futuro chanceler Olaf Scholz defendeu a vacinação obrigatória e disse que o agravamento da crise sanitária se deve aos não vacinados. “O fato de tantas pessoas não tomarem a vacina é o motivo pelo qual temos hoje um problema em todo o país”, disse Scholz.

O presidente da associação DIVI de medicina intensiva, Gernot Marx, alerta que o país pode ter 6 mil pessoas em terapia intensiva até o natal, independente das ações do governo.

Susto em Munique

Uma antiga bomba de avião da 2ª Guerra explodiu perto da estação de Donnersbergerbrücke, em Munique, e deixou pelo menos quatro pessoas feridas, segundo informações da polícia de Munique no Twitter. A explosão ocorreu durante perfuração em um túnel próximo a estação. A assessora de imprensa da polícia de Munique, Carolin Schrott, afirmou que não há perigo fora da área imediata. Ainda não está claro por que a bomba não foi descoberta antes. 

Mesmo após o final da guerra, é comum encontrar munições não detonadas em solo alemão. Todos os anos, peritos desarmam cerca de 5 mil bombas além de toneladas de outras munições.

4 mortes

Subiu para quatro o número de vítimas fatais do massacre em uma escola em Oxford, no estado de Michigan, nos EUA. Justin Shilling, de 17 anos, estava internado em estado grave em um hospital da região, e não resistiu aos ferimentos. As outras três vítimas são: Tate Myre, de 16 anos, Hana St. Juliana, de 14 anos e Madisyn Baldwin, de 17 anos. Além das quatro mortes, outras oito pessoas ficaram feridas. A situação mais grave é de uma menina de 14 anos, que respira com ajuda de aparelhos. 

O assassino, um adolescente, está preso, e a polícia não divulgou a identidade. O pai confirmou que comprou a arma utilizada no crime, uma pistola semiautomática. A polícia agora procura saber o que motivou a ação. 

Desconectados

Em relatório divulgado ontem (30) pela Organização das Nações Unidas (ONU) apontou que 2,9 milhões de pessoas (37% da população mundial) não se conectam à rede. Entre elas, 96% vivem em países em desenvolvimento. O relatório da União Internacional de Telecomunicações (UIT) informou também que cerca de 4,9 bilhões de pessoas usaram a internet neste ano. São quase 800 milhões de pessoas a mais do que antes da pandemia, O UIT disse ainda que a diferença no acesso à internet entre homens e mulheres diminui: 62% dos homens estão conectados e 57% de mulheres.

A pobreza, a falta de eletricidade ou conhecimento digital são alguns dos desafios para os “digitalmente excluídos”, segundo o relatório.

 

André Mendonça é sabatinado e aprovado no Senado. PGR arquiva apuração sobre contas offshore de Paulo Guedes e Campos Neto. Ministro da economia volta a defender privatizações, alegando que governos têm “fetiche” por estatais.

André Mendonça na CCJ
Foto: Reprodução/TV Senado

Fim da novela

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (1°), por 18 votos a 9, a indicação do ex-ministro da Justiça e ex-Advogado-Geral da União, André Mendonça para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). No plenário do Senado, André Mendonça foi aprovado por 47 votos a favor e 32 contrários. Para que fosse aprovado, Mendonça precisava de apenas 41 votos, que é a maioria absoluta da casa. Na espera há quatro meses, Mendonça assumirá a cadeira deixada pelo ex-ministro Marco Aurélio Mello, que se aposentou em 12 de julho.

O nome do ex-AGU atende ao perfil de “terrivelmente evangélico” anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Na sessão da CCJ desta quarta (1), estavam presentes alguns líderes religiosos e ex-parlamentares da chamada bancada evangélica. A sabatina começou por volta das 9h30, e encerrou no final da tarde, perto das 17h30, horário de Brasília.

Durante a sabatina, Mendonça foi perguntado pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES) sobre o reconhecimento do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, e disse que tem uma “concepção de fé específica”, mas que como magistrado se pauta pela constituição. “Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo”, afirmou. Mendonça afirmou ainda que ataques contra a população LGBTQIA+ são "inconcebíveis" e configura racismo, mas que deve ser feita “ressalva” em “relação à liberdade religiosa”.

O ex-ministro da Justiça também falou sobre a defesa do estado laico. “Ainda que eu seja genuinamente evangélico, entendo não haver espaço para manifestação pública religiosa durante as sessões do Supremo Tribunal Federal. Nesse contexto, também consigno que a constituição é e deve ser o fundamento para qualquer decisão por parte de um ministro do Supremo. Como tenho dito quanto a mim mesmo: na vida, a bíblia; no Supremo, a Constituição”, afirmou Mendonça. 


Na gaveta

O procurador-geral da República, Augusto Aras, recomendou o arquivamento de uma apuração preliminar de avaliação a respeito das contas offshore possuídas em paraísos fiscais pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. A decisão foi tomada nesta terça-feira (30) e foi revelada hoje (1°).

O procurador da República Aldo de Campos Costa, que assina o documento, disse que “naturalmente, é tentador perguntar as razões que levam uma pessoa a constituir entidades fora do seu país de domicílio e, portanto, não sujeitas ao regime legal e fiscal vigente na jurisdição de origem, especialmente quando esse expediente é usado para proteger ou ocultar a identidade dos efetivos beneficiários dessas estruturas jurídicas, sendo, para esse efeito, nomeados administradores e mandatários”. Apesar disso, o procurador alegou que tanto Guedes quanto Campos Neto provaram a regularidade das empresas através de documentos enviados à PGR.

Guedes volta a defender privatizações

Nesta quarta-feira (1), o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender privatizações e afirmou que os governos que seguiram à ditadura militar têm “fetiche” por empresas estatais. Guedes ressaltou ainda que é necessário "acabar com esse fetiche". A declaração foi feita durante a participação em um evento da Secretaria Especial de Desestatização do ministério

Isso [estatais] é um fetiche do passado, que acometeu tanto o governo militar durante 20 anos quanto os novos governos civis. O que tinham em comum? O fetiche das estatais. Petrobrás, Eletrobrás, Siderbrás, Telebrás, Portobrás”

No decorrer do discurso, Guedes voltou a propor o uso dos recursos das privatizações em um fundo de erradicação da pobreza ou em investimentos em infraestrutura. Segundo ele, caso isso se realize, os valores não estariam dentro do teto de gastos, o que limita a maior parte das despesas da União . 

O ministro afirmou que as estatais lucraram R$135 bilhões entre janeiro e setembro de 2021, e que irá propor ao presidente Jair Bolsonaro a criação, caso haja um segundo mandato, do Ministério do Patrimônio da União, que poderia gerenciar cerca de R$2 trilhões. “Tem um negócio chamado de fundo de erradicação de pobreza sem dinheiro, vende ativos e coloca lá”, disse o ministro.  

 

OCDE reduz previsão de crescimento global para 2021 e aponta desaceleração forte no Brasil. Preço do boi e do frango subiram mais de 40% até setembro, segundo o Ipea. Bovespa abre dezembro sinalizando alta.

Secretário-geral da OCDE
Foto: Eric Piermont/ AFP

Cenário desfavorável 

Segundo a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o atual salto da inflação é o maior risco para as economias globais. Segundo a OCDE, o crescimento global deve atingir 5,6% neste ano, ou seja, 0,1 ponto a menos em comparação com a estimativa de setembro. A estimativa geral para 2021 era de 5,7. A organização faz uma ressalva da existência de realidades muito distintas entre regiões e sem a distribuição igualitária de vacinas essa recuperação será ainda mais difícil. 

Para o Brasil, a OCDE reduziu a previsão de crescimento em 0,2 ponto para 2021 e agora projeta uma alta de 5%. O panorama é mais sombrio para 2022, com uma expansão projetada de 1,4%, ou seja, 0,9 ponto a menos que na previsão anterior

Mais caro

O relatório do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgou nesta quarta-feira (1), que comparado ao ano de 2020, o preço do boi e do frango subiram mais de 40%. Somente o valor do boi subiu 46,3% e o do frango abatido teve alta de 44,2%. 

Segundo o Ipea, a seca prolongada e o elevado preço dos grãos - que aumentaram o custo da ração animal - dificultaram o aumento da oferta de animais em diferentes regiões ao longo de 2021, o que continuará pressionando os preços no início de 2022.

Bovespa em alta

O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, abriu em alta nesta quarta-feira (1), em dia de recuperação nos mercados globais em meio a expectativas menos negativas sobre a variante ômicron do coronavírus. O Ibovespa subia 0,44%, a 102.367 pontos no período da manhã de hoje.

 

Lollapalooza abre lote extra de ingressos. Rock in Rio 2022 anuncia Guns N' Roses e Måneskin para o dia 8 de setembro. Lista de músicas mais tocadas no Spotify em 2021. 

Lollapalooza
Reprodução: Instagram/ @lollapaloozabr

Lollapalooza

O festival Lollapalooza abriu nesta quarta-feira (1) um lote de ingressos extras Lolla Day ou Lolla Comfort Day. Os preços variam entre R$648 e R$2.400. As vendas dos ingressos começaram às 12h no site e na bilheteria oficial em SP. 

Ambas as categorias de ingressos são válidas apenas para um dia de evento. O Lolla Pass, que dá acesso aos três dias, já está completamente esgotado. O Lolla Day dá acesso à pista do festival e o Lolla Comfort dá acesso à uma nova área com local de descanso e sombra, bares, food trucks, banheiros, lockers e transmissão simultânea dos shows. 

Rock in Rio 2022

Os organizadores do Rock in Rio anunciaram pelo Twitter na terça-feira (30) a presença de Guns N’ Roses, Måneskin e Djavan no festival em 2022.

A banda Guns N’ Roses será a atração principal do Palco Mundo no dia 8 de setembro. Já a banda italiana Måneskin, estreará no Brasil no mesmo dia, também no Palco Mundo. Djavan estará na abertura do Palco Mundo no dia 10 de setembro. 

Hits do ano

O Spotify disponibilizou nesta quarta-feira (1) a retrospectiva de reproduções dos usuários em 2021. Além de mostrar os principais artistas, gêneros, músicas e podcasts mais ouvidos no ano por cada um, a edição deste ano também combina títulos com cenas clássicas de filmes, entre outras categorias. O Spotify Wrapped, como é chamado, é uma tradição do aplicativo onde a plataforma cria levantamentos individuais com os títulos mais reproduzidos por cada usuário. 

A plataforma divulgou também os estilos e artistas mais escutados no Brasil no ano de 2021. O Top 5 de artistas do Spotify é formado por: Barões da Pisadinha, Gusttavo Lima, Marília Mendonça, Jorge & Mateus, e Henrique & Juliano. A música mais ouvida foi “Batom de Cereja”, da dupla Israel & Rodolffo. O TOP 5 de gêneros tem domínio do sertanejo: Sertanejo pop, sertanejo universitário, sertanejo, funk carioca e POP. 

 

Sport rebaixado, Atlético-MG com título adiado; reta final do Brasileiro série A. O Palmeiras confia na permanência de Abel Ferreira em 2022. STJD libera público para jogos do Grêmio. Polêmica  de vacinação dos atletas no Australian Open.

Atlético-MG espera para ser campeão
Foto: Washington Alves/ Reuters 

Reta final

Ontem (30), a equipe do Flamengo derrotou o Ceará por 2 a 1 no Maracanã. Com gols de Gabriel Barbosa e Matheuzinho, o clube carioca adiou a decisão do título para quinta-feira, quando o Atlético-MG encara o Bahia fora de casa, e em caso de vitória, se sagra campeão do Campeonato Brasileiro série A, após 50 anos. Na Arena Pantanal, os garotos do Palmeiras venceram o Cuiabá por 3 a 1 e garantiram a 3ª posição para o clube paulista. Na parte de baixo da tabela, o Juventude derrotou o Red Bull Bragantino por 1 a 0 no Alfredo Jaconi. Com a vitória pelo placar mínimo, a equipe gaúcha rebaixou automaticamente o Sport Recife, que disputará a Série B em 2022.

Fico ?

O técnico português do Palmeiras, Abel Ferreira, teria recusado a proposta para ser treinador na Arábia Saudita. O "não" do comandante alviverde pode ser um sinal de sequência de seu trabalho no Brasil. Contudo, o português ainda tem propostas de clubes turcos e americanos, que serão analisados nas próximas semanas. No último sábado (27), Abel conduziu o Palmeiras ao tricampeonato da Libertadores, sendo duas vezes com o português

Vai ter torcida

O presidente do STJD cassou a liminar que impedia o Grêmio de receber torcida no Campeonato Brasileiro em 2021 e o duelo contra o São Paulo terá a presença de público. Apesar da liberação, o clube gaúcho deverá atuar sem a presença de público na arquibancada norte de sua Arena, onde ocorreu a confusão no jogo entre Grêmio e Palmeiras que ocasionou essa punição ao clube porto-alegrense, por sete partidas

Australian Open

O torneio que abre a temporada de Grand Slam no Tênis em 2022 se encontra em risco. Com a variante ômicron se espalhando pelo mundo, a Austrália fechou parte de suas fronteiras para não vacinados. Além disso, diversos tenistas vem tendo problemas com a vacinação, o pai de Novak Djokovic, Srdjan Djokovic, afirmou que a exigência de vacinação no Grand Slam seria chantagem.

O Ministro de Esportes de Victoria, sede do Australian Open, rebateu a acusação de chantagem. “Se você está visitando um torneio internacional ou um esportista de qualquer tipo, é sobre a sua responsabilidade com a comunidade para a qual você está sendo convidado. E é por isso que estamos pedindo a todos os tenistas e estrelas internacionais para seguir os mesmos protocolos que os moradores de Victoria seguem. Não é chantagem. É para garantir que a comunidade de Victoria fique protegida. Eu quero deixar claro que eu realmente espero que Novak Djokovic se vacine e jogue o Australian Open. Mas se ele decidir não se vacinar, é uma escolha dele”.

 

Tags:
Variante ômicron no Brasil, filiação de Bolsonaro ao PL, desfile da Louis Vuitton em homenagem a Virgil Abloh e mais.
por
Ana Beatriz Villela
Beatriz Gabriele
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
30/11/2021 - 12h

 

Saúde

Atualização de dados sobre a Pandemia. SP confirma os dois primeiros casos da nova variante no Brasil. 11 capitais cancelam ano novo por conta da COVID-19

Amanda Perobelli/ REUTERS
Foto: Amanda Perobelli/ REUTERS

Pandemia

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 9.710 novos casos de COVID-19, e 305 mortes em decorrência do novo coronavírus. A média móvel de casos nos últimos sete dias subiu para 231. No total, o país acumula 22.094.459 casos confirmados, e 614.681 óbitos por COVID-19.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, o Brasil já tem 306.982.366 doses de vacina contra a COVID-19 aplicadas. Ainda segundo o Ministério, 134.618.389 pessoas estão com a imunização completa, isto é, com duas doses ou dose única.

 

Ômicron no Brasil

O laboratório do Hospital Albert Einstein confirmou na tarde desta terça-feira (30), dois resultados positivos para a variante ômicron do coronavírus no Brasil. O Instituto Adolfo Lutz confirmou a testagem.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os dois casos são de um casal vindo da África do Sul. Ambos tiveram resultado positivo em exames de PCR feitos no laboratório do Einstein instalado no Aeroporto de Guarulhos. O exame foi feito no dia 25, e na ocasião ambos tinham apenas sintomas leves. Segundo a pasta estadual, os dois estão sob monitoramento das Vigilâncias estadual e municipal de São Paulo, juntamente com seus familiares.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o casal desembarcou no dia 23, com comprovantes de PCR negativo. Porém, como se preparavam para voltar à África do Sul, procuraram o laboratório no dia 25 de novembro, quando ambos testaram positivo para a COVID-19.

"Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras. O laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29/11 e, na data de hoje, 30/11, informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron do Sars-Cov-2", diz nota da Anvisa.

 

Cancelado

Prefeituras de 11 capitais brasileiras anunciaram o cancelamento de forma total ou parcial das festas de réveillon, por conta da COVID-19, são elas: Aracaju, Belém, Brasília, Campo Grande, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Salvador e São Luís.

Em Florianópolis e Recife, haverá a queima de fogos, mas os shows foram cancelados, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Porto Velho, Rio de Janeiro e São Paulo ainda pretendem realizar as festas. Belo Horizonte seguirá sem festa esse ano, como tem sido desde 2015, assim como em Curitiba, que não terá programação especial.

Ainda não há definição sobre a realização da festa de ano novo nas seguintes capitais: Boa Vista, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Natal, Rio Branco, Teresina e Vitória.

 

Política

Bolsonaro se filia ao PL. Orçamento secreto aprovado no Congresso. Lula fala sobre Alckmin.

Evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL foi restrito a alguns convidados e autoridades; imprensa e apoiadores do presidente acompanharam do lado de fora, por um telão - Pedro Ladeira/Folhapress
Evento de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL foi restrito a alguns convidados e autoridades; imprensa e apoiadores do presidente acompanharam do lado de fora, por um telão - Pedro Ladeira/Folhapress

De volta ao centrão

O presidente Bolsonaro assinou sua filiação ao Partido Liberal (PL)  na manhã desta terça-feira (30), em um evento em Brasília, após dois anos sem partido. Além dele, o senador Flávio Bolsonaro e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, também se juntaram à legenda

Durante seu discurso, o presidente afirmou que quer ajudar a compor bancadas para as eleições de 2022, com o objetivo de “fazer o melhor para o Brasil”. Bolsonaro também  fez acenos a parlamentares do PL e aos partidos com representantes no governo e ataques à esquerda. “Nós tiramos o Brasil da esquerda, nós todos tiramos. Olha para onde estávamos indo", disse o presidente. "As cores verde e amarela [estão agora] predominando sobre o vermelho. Nós conseguimos fazer brotar o sentimento de patriotismo”, completou.

"Estou me sentindo aqui, Arthur Lira, em casa", declarou Bolsonaro. “É motivo de orgulho e satisfação estar aqui, e nenhum partido será esquecido por nós. Não temos a virtude de ser o único centro. Queremos compor nos estados, queremos compor para senador e governador. Queremos é cada vez mais termos menos diferenças entre nós”, afirmou Bolsonaro.

 

Mais transparência, pero no mucho

Nesta segunda-feira (29) o Plenário do Senado aprovou, por 34 votos a favor e 32 contra, o Projeto de Resolução que altera as regras das emendas de relator no Orçamento (emendas RP9), limitando o volume de recursos e tornando obrigatória a identificação dos autores. Apesar disso, os nomes dos solicitantes das emendas de 2020 e 2021 continuarão no sigilo. Antes, os deputados federais aprovaram também o projeto por ampla maioria.

O PRN 4/2021 segue agora para promulgação na forma de substitutivo, apresentado pelo relator no Congresso, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), que havia rejeitado as 22 emendas apresentadas sob justificativa de que a ideia era resolver a situação emergencialmente.

Castro afirmou que seu substitutivo dará “transparência absoluta” para essas emendas a partir de agora, e limitará o valor delas. “O passado não está na Resolução. A Resolução não tem poder para isso", disse o relator sobre as mudanças não abrangerem as emendas de 2020 e 2021.

 

Lula-Alckmin

O ex-presidente Lula afirmou nesta terça-feira (30), em entrevista à Rádio Gaúcha, que está "num processo de conversar” com Geraldo Alckmin sobre uma possível chapa para 2022. Segundo o petista, para isso é necessário saber em qual partido o ex-governador irá se filiar. Atualmente, Alckmin é filiado ao PSDB, mas cogita mudar.

"A gente está num processo de conversar. Vamos ver se, na hora em que eu definir ser candidato, é possível a gente construir uma aliança política. Primeiro preciso saber qual é o partido em que Alckmin vai entrar. Quero construir uma chapa para ganhar as eleições e mudar a história desse país", afirmou Lula.

Apesar de o ex-presidente e o tucano terem sido adversários nas eleições de 2006, quando Lula foi reeleito para seu segundo mandato, Alckmin admitiu, em uma reunião com representantes sindicais nesta segunda-feira (30), a hipótese de abrir mão da candidatura ao governo paulista e ser vice em uma chapa encabeçada por Lula.

 

Economia

Dados do PNAD dizem que a renda média do brasileiro recuou no 3º trimestre. O desemprego caiu, mas a informalidade e a subocupação apresentaram alta. Inflação na zona do euro.

Rafaella Felicciano/ Metrópoles
Foto: Rafaella Felicciano/ Metrópoles

Renda média

Nesta terça-feira (30) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados apontando que a renda média do trabalhador recuou 4% no 3º trimestre e atingiu o menor valor para o período na série do IBGE desde 2012, atingindo R$2.459, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). Na comparação com o mesmo período de 2020, a renda encolheu 11,10%. A maior queda já registrada foi de 11%, no 4º trimestre de 2012, quando chegou a R$2.451.

Esse recuo coincide com o retorno dos trabalhadores informais ao mercado que costumam ter um rendimento mais baixo, levando a média a níveis inferiores. A disparada da inflação e a diminuição em medidas de auxílios a essas pessoas, também são fatores considerados neste indicador.

 

Desemprego

Outro dado também divulgado pelo IBGE foi sobre o desemprego. No trimestre encerrado em agosto, a taxa de desemprego estava em 13,1%, atingindo 13,9 milhões de pessoas. No 3º trimestre houve uma redução do desemprego para 12,6%, atingindo 13,5 milhões de brasileiros. Pela primeira vez desde abril de 2020, o número ficou abaixo de 13%.

O número de pessoas ocupadas foi estimado em 93 milhões, registrando uma alta de 4% (3,6 milhões a mais) em relação ao trimestre anterior. A população desalentada ainda somou 5,1 milhões de pessoas no 3º trimestre, mas apresentou redução de 6,5% em comparação com o trimestre anterior, e de 12,4% na comparação com o ano passado. A subocupação por insuficiência de horas trabalhadas totalizou 7,8 milhões de pessoas, contra 7,7 milhões do trimestre anterior, e 6,3 milhões de 1 ano atrás.

A taxa de informalidade subiu para 40,6%, reunindo 38 milhões de trabalhadores. No trimestre anterior a taxa havia sido de 40%, e em 2020 de 38%. De acordo com o IBGE, a informalidade corresponde a 54% do crescimento na ocupação do país.

 

Inflação na zona do euro

A inflação da zona do euro disparou à maior taxa já registrada em novembro devido ao aumento dos custos de energia, mostraram dados divulgados pela Eurostat nesta terça-feira (30). O aumento de preços nos 19 países acelerou 4,9% em relação ao ano passado, sendo o maior valor alcançado em 25 anos.

Os preços da energia dispararam 27% em comparação com o mesmo período do ano anterior, refletindo a alta dos custos do petróleo, mas a inflação de serviços e produtos industriais não relacionados à energia, ficou acima de 2%.

 

Internacional

Ômicron na Europa. Tensão em Belarus. Tempestade de vento na Turquia. Barbados celebra o rompimento com a monarquia britânica.

Foto: Kenzo Tribouillard/ AFP
Foto: Kenzo Tribouillard/ AFP

Ômicron europeia?

O Instituto Holandês de Saúde e Meio Ambiente (RIVM, na sigla em holandês) anunciou nesta terça-feira (30) que a nova variante do coronavírus, Ômicron, está presente em amostras recolhidas há pelo menos 11 dias. Isso indica que essa linhagem já estava presente na Europa antes dos primeiros casos serem detectados na África do Sul.

O RIVM publicou um comunicado para as autoridades sanitárias para que fossem notificados os contaminados, a fim de rastrear a origem do vírus. “Não está claro neste momento se essas pessoas estiveram no sul da África”, afirmou o instituto. “Eles podem ter entrado em contato com alguém que já carregava o ômicron e foram infectados”, disse Chantal Reusken, virologista do RIVM.

 

Belarus

Após semanas de crises imigratórias na fronteira de Belarus com a Polônia, o presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, declarou nesta terça-feira (30) que vai oferecer o território de seu país para armazenar armamento nuclear da Rússia caso a Otan leve seu arsenal para a Polônia. Lukashenko respondeu a uma afirmação feita pelo secretário-geral da Otan de que levaria armas para o oeste da Alemanha.

Nas últimas semanas, EUA, União Europeia e Otan expressaram preocupação com a aproximação de tropas russas na fronteira com a Ucrânia. O diretor do serviço de inteligência do exército ucraniano, Kyrlo Budanov, declarou que a Rússia enviou 92 mil soldados para os limites ucranianos, como preparativo para uma ofensiva que poderia acontecer no início do ano que vem. Budanov afirmou à Military Times, revista americana, que a ofensiva poderia “implicar ataques aéreos e de artilharia, acompanhada por ações contra a cidade de Mariupol, assim como a incursão pelo norte através de Belarus”.

 

Turquia

Uma tempestade de vento na Turquia deixou ao menos quatro pessoas mortas e dezenas de feridos nesta segunda-feira (29). A cidade mais atingida foi a capital, Istambul, onde embarcações foram arrastadas para a costa e encalharam. Segundo a equipe de resgate, há chance de que os navios afundem. Os ventos causaram aumento do nível do mar e grande movimentação das ondas, também derrubaram partes de edifícios, como lajes de concreto, telhados e paredes. “As condições adversas do tempo, causadas por ventos sudoestes, atingiram Istambul com força”, disse o gabinete do governador da região.

 

Adeus monarquia

Após quase 400 anos de laços com a monarquia britânica, Barbados se tornou oficialmente uma república na segunda-feira (29) à noite. A transição da ilha de reino para república foi celebrada na Praça dos Heróis Nacionais, que foi decorada com as cores nacionais, no coração da capital Bridgetown.

Barbados terá como chefe de Estado, Sandra Mason, que até o momento era governadora-geral do país. “Tendo uma noção clara de quem somos e do que somos capazes de alcançar, no ano de 2021, viramos agora a proa do nosso navio em direção à nova república. Fazemos isso para que possamos aproveitar completamente a nossa soberania”, disse Mason em seu primeiro discurso como presidente.

A cantora Rihanna, que esteve presente na cerimônia, foi condecorada heroína nacional. “Que você continue a brilhar como um diamante e honrar sua nação com suas obras, suas ações”, disse a primeira-ministra, Mia Mottley, à cantora.


 

Cultura

Homem constrói réplica do Taj Mahal como prova de amor à esposa. O Lollapalooza abrirá lote extra de ingressos nesta quarta. Desfile da Louis Vuitton em homenagem a Virgil Abloh.

Foto: Uma Shankar MISHRA/ AFP
Foto: Uma Shankar MISHRA/ AFP

Prova de amor

Um empresário indiano construiu uma réplica do Taj Mahal, símbolo universal do amor eterno, em Burhanpur, no centro da Índia, como prova de amor por sua esposa e também como “uma mensagem de paz ao país”.

A reprodução da obra levou cerca de três anos de trabalho, 16 a menos do que a original, e o custo total foi de 15 milhões de rupias (cerca de R$1,1 milhão). A réplica é um terço menor do que o Taj Mahal e tem atraído um fluxo constante de visitantes e casais.

“Queremos enviar uma mensagem de paz e harmonia religiosa, há muito ódio ao nosso redor. O amor resolve todos os problemas da vida e o Taj Mahal é um símbolo disso”, declarou o empresário Anand Prakash Chouksey à AFP.

 

Lote extra

O Lollapalooza anunciou nesta segunda-feira (29), que abrirá um lote extra de ingressos na próxima quarta-feira(1º). As modalidades disponíveis serão apenas as de dias únicos, o Lolla Day e o Lolla Comfort Day. A venda acontecerá a partir das 12h no site do Tickets For Fun ou na bilheteria oficial em SP (sem taxas).

O Lolla Day dá acesso à pista do festival, enquanto o Lolla Comfort permite acesso a uma área VIP do evento, com local de descanso e de sombra, bares, food trucks, estrutura de banheiro, lockers e transmissão de shows.

O festival acontecerá no Autódromo de Interlagos, nos dias 25, 26 e 26 de março de 2022.

 

Homenagem a Abloh

Será apresentada hoje (30), em Miami, a última coleção assinada por Virgil Abloh, diretor de moda masculina da Louis Vuitton, conforme desejado por ele antes de falecer, no último domingo (28).

"Em doce memória de Virgil Abloh, Louis Vuitton presta homenagem à vida e ao legado de um gênio criativo, com a apresentação de sua coleção primavera-verão 2022, no dia 30 de novembro", em Miami, anunciou a marca pertencente à LVMH Moet Hennessy Louis Vuitton (LVMH.PA) em uma publicação no Instagram.

 

Esportes

Rodada decisiva: Campeonato brasileiro série A. Planejamento do Palmeiras para o mundial.

Reprodução Atlético-MG
Reprodução Atlético-MG

Rodada decisiva

Hoje (30) os finalistas da Libertadores Palmeiras e Flamengo voltam a campo, agora pela série A do brasileirão. No Maracanã, o Flamengo recebe o Ceará, às 20h. A equipe cearense está de olho em uma vaga no G-7, grupo de classificados para a Libertadores de 2022. Já o rubro-negro, fará o primeiro jogo sem o técnico Renato Portaluppi, e precisa vencer para manter chances remotas de títulos. Em caso de empate ou derrota do Flamengo, o Atlético-MG será campeão brasileiro mesmo sem entrar em campo. Na Arena Pantanal, às 22h, o campeão da América, Palmeiras, visita o Cuiabá. Para o time do Mato Grosso, a vitória representa um respiro na luta contra o rebaixamento, e pode assegurar a equipe na série A de 2022. Para o Palmeiras, o jogo vale para manter a 3ª posição, e se afastar do rival Corinthians, que está em 4º.

Dois jogos atrasados da 35ª rodada podem movimentar a tabela. O Juventude recebe o RB Bragantino, às 19h, no Alfredo Jaconi. Para a equipe gaúcha que abre o Z-4, a vitória é fundamental na luta contra o rebaixamento, já que ontem (29) o Bahia, primeiro time fora da zona da degola, perdeu para o Atlético-GO por 2 a 1. A vitória do Ju, deixa o Sport matematicamente rebaixado. A já rebaixada Chapecoense visita o América-MG, às 21h, no Independência. O Coelho segue de olho também no G-7, e a vitória diante da Chape manteria vivo o sonho de disputar a Libertadores no ano que vem.>

 

Cabeça no Mundial

O Palmeiras decidiu antecipar as férias do elenco profissional para o próximo sábado, dia 4 de dezembro. A reapresentação do elenco está marcada para o dia 5 de Janeiro de 2022. A mudança ocorre em virtude do planejamento alviverde pensando no Mundial de Clubes, que será disputado em Abu Dabi, Emirados Árabes Unidos, entre os dias 3 e 12 de fevereiro do próximo ano. A liberação antecipada das férias não será de todo o grupo, alguns jogadores continuarão frequentando a Academia para tratar lesões.

Tags:
Primeira imagem da variante Ômicron é divulgada, Salvador e mais 5 cidades cancelam a festa de réveillon, Orçamento secreto no Congresso e mais.
por
Beatriz Gabriele
Bruno Scaciotti
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
29/11/2021 - 12h


Saúde

Atualização de dados sobre a Pandemia. Variante “ômicron”, primeira imagem é divulgada. Ministério da Saúde adquire 100 milhões de doses da Pfizer para 2022. Salvador e mais 5 cidades cancelaram a festa de réveillon.

Prefeitura de Salvador cancela festa de Réveillon - Foto: Valter Pontes/Secom
Prefeitura de Salvador cancela festa de Réveillon - Foto: Valter Pontes/Secom

Pandemia

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o Brasil contabilizou nas últimas 24 horas 3.843 novos casos de COVID-19,  e 98 mortes em decorrência da doença. Com isso, a média móvel de mortes dos últimos sete dias ficou em 228. No total, o país soma 22.084.749 casos e 614.376 óbitos desde o início da pandemia.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, 134.618.389 pessoas estão completamente vacinadas, isto é, com duas doses ou dose única, e 158.513.468 pessoas tomaram a primeira dose da vacina.

 

Ômicron

Foto: Hospital Bambino Gesù de Roma
Foto: Hospital Bambino Gesù de Roma

Segundo imagem da variante Ômicron, do novo coronavírus, divulgada por pesquisadores do hospital Bambino Gesù de Roma, na Itália, a nova cepa possui mais que o dobro de mutações encontradas na Delta. Apesar disso, os cientistas ressaltaram que tantas mutações  não necessariamente indicam que essa variante é mais perigosa, e que é cedo para tirar conclusões.

A imagem divulgada mostra a proteína spike do vírus Sars-CoV-2, causador da COVID-19, a partir do sequenciamento genético feito pelos pesquisadores de Botsuana, África do Sul e Hong Kong. Nela, os pontos vermelhos mostram variabilidade muito alta, enquanto a laranja indica alta, amarelo sugere média e cinza representa onde não houve variação.

 

Tá passada ?!

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta segunda-feira (29) um contrato para compra de 100 milhões de doses da vacina contra a COVID-19 da farmacêutica Pfizer para aplicação em 2022.

O contrato prevê mais 50 milhões de doses, caso haja necessidade. A previsão é de que as doses sejam entregues por trimestre: 20 milhões até março, 25 milhões até junho, 35 milhões até setembro e 19,9 milhões até dezembro.

“O contrato ainda contempla qualquer mudança na composição das doses conforme o surgimento de novas variantes da covid-19, se houver necessidade”, afirmou o ministério em nota.

A aquisição foi oficializada durante um evento no Hospital Matargão Gesteira, em Salvador, junto do ministro da Cidadania e pré-candidato ao governo da Bahia, João Roma, e do prefeito de Salvador, Bruno Reis.

 

Cancelado

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou nesta segunda-feira (29) o cancelamento da festa de réveillon na capital baiana. A avaliação foi feita em decorrência do surgimento da variante Ômicron, da COVID-19. Em sua conta no Twitter, Reis escreveu: “Sei da importância do evento para a economia da nossa cidade, mas seguimos colocando a vida das pessoas em primeiro lugar”. O prefeito vinha, há meses, dizendo que iria decidir sobre a realização do evento apenas na data limite.

"No cenário de incertezas, de dúvidas, não há como realizar o festival da virada esse ano, estamos a um mês da festa e chegamos ao limite dessa decisão. Como ela dependeria exclusivamente da prefeitura, a decisão está tomada. Nós não realizaremos a festa. Diante de tudo que estamos vendo, ainda não é o momento de colocarmos em risco tudo o que construímos até aqui", disse, em um pronunciamento na manhã de hoje (29).

Além de Salvador, Belo Horizonte, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa e Palmas também cancelaram as festas na virada de ano.

 

Internacional

G7 demonstra preocupação com variante ômicron. Vacina é a palavra do ano de dicionário inglês. Eleições em Honduras. Magdalena Andersson é eleita novamente para o cargo de primeira-ministra da Suécia.

Reprodução/Flickr
Reprodução/Flickr

G7 em alerta

Ministros de Saúde do G7, grupo dos países mais desenvolvidos, tiveram uma reunião de emergência nesta segunda-feira (29) para tratar sobre a nova variante do coronavírus, a omicron, o encontro foi convocado a pedido do governo do Reino Unido. Em comunicado conjunto divulgado após a reunião, os ministros disseram que a nova variante “requer ação urgente”. “A comunidade internacional enfrenta a ameaça de uma nova variante altamente transmissível da Covid-19, que requer ação urgente”, diz o comunicado.

Os membros do G7 também afirmaram reconhecer a importância de garantir o acesso às vacinas. Além disso, os países se dispuseram a fornecer “assistência operacional, cumprir nossos compromissos de doação, abordar a desinformação sobre vacinas e apoiar a pesquisa e o desenvolvimento”. O grupo também se comprometeu a continuar colaborando com a OMS e parceiros internacionais para monitorar a nova variante.

Os ministros prometeram se reunir novamente em dezembro.

 

Palavra do ano

O dicionário em inglês Merriam-Webster escolheu “vacina”, como a palavra do ano em 2021. Segundo o editor-chefe do dicionário, Peter Sokolowski, debates sobre a distribuição, obrigatoriedade das vacinas e dose de reforço, mantiveram o interesse alto em 2021. O Merriam-Webster registrou um aumento de 1.048% nas pesquisas em 2021, na comparação com 2019. Em 2020, as pesquisas pela palavra aumentaram 601%.

O dicionário Oxford havia escolhido “vax”, uma forma reduzida de vacina, como palavra do ano.

 

Honduras

A candidata de esquerda Xiomara Castro, do Partido Liberdade e Refundação, reivindicou a vitória na eleição presidencial de Honduras, com quase 20 pontos percentuais à frente do segundo colocado, e 42% das urnas apuradas. O segundo colocado, é o candidato governista Nasry Asfura, do Partido Nacional (PN), que governa o país desde o golpe de estado que destituiu Manuel Zelaya, marido de Xiomara Castro, em 2009.

Caso se confirme, aos 62 anos, Xiomara Castro se tornará a primeira mulher a governar o país. Em um discurso realizado na noite de ontem (28), Castro prometeu um governo conciliador. “Estendo a mão a meus opositores porque não tenho inimigos”, afirmou ela. “Vou convocar um diálogo com todos os setores de Honduras”, completou.

Até o momento, Castro tem 53,52% dos votos, contra 33,95% de Asfura, segundo o Conselho Nacional Eleitoral (CNE). Apesar de Castro já reivindicar a vitória, o presidente do CNE, Kelvin Aguirre, advertiu. “Nenhuma candidata ou candidato pode se declarar vencedor até que a última ata seja processada”, disse.

 

1ª mulher a ocupar o cargo

Após ser eleita na última quarta-feira (24) e renunciar horas depois, a líder dos social-democratas da Suécia, Magdalena Andersson, foi novamente eleita pelo parlamento para ocupar o cargo de primeira-ministra. Andersson é a primeira mulher a ocupar o posto de chefe de governo, até agora ela era ministra das Finanças.

A líder social-democrata foi eleita com 101 votos a favor, 75 abstenções e 173 votos contrários a sua candidatura. Vale lembrar que na Suécia, um governo é eleito se a maioria absoluta do parlamento, ou seja, 175 deputados, não votar contra a candidatura.

Andersson terá o desafio de manter os social-democratas no poder, no momento em que o partido atinge o pior índice histórico de aprovação. As eleições legislativas no país estão marcadas para setembro de 2022, e prometem ser acirradas.


 

Política

Orçamento secreto no Congresso. Operação contra garimpo no Rio Madeira. Renúncia coletiva no Capes. Doria vence prévias do PSDB.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco - Foto Reuters
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco - Foto Reuters

Orçamento secreto

Deputados e senadores podem votar ainda hoje (29), o Projeto de Resolução do Congresso Nacional (PRN) 4/21, que amplia a transparência na apresentação, aprovação e execução de emendas de relator, conhecidas como orçamento secreto. O projeto de resolução foi apresentado na última quinta-feira, (25) pelas mesas diretoras do Senado Federal e da Câmara dos Deputados. Segundo a proposta, as emendas de relator devem ser autorizadas na votação do parecer preliminar do projeto de lei orçamentária.

O senador Marcelo Castro (MDB-PI) apresentou nesta segunda-feira (29) o relatório sobre o projeto que cria regras para as emendas de relator. “Entendemos necessário indicar que a atuação do relator-geral unilateralmente não deve ser superior à soma da participação dos parlamentares e das bancadas estaduais. Vale destacar, por conseguinte, que por se tratar de limite máximo, tanto o relator-geral como o Plenário da CMO poderão decidir a cada ano por valores inferiores ao agora fixado”, diz o relatório.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu suspender a execução desse tipo de emenda alegando a necessidade de transparência na distribuição de recursos com base nas demandas parlamentares.

 

Operação contra garimpo no Rio Madeira

Segundo informação divulgada nesta segunda-feira (29) nas redes sociais do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a Polícia Federal, com o auxílio do Ibama e das Forças Armadas, apreendeu e destruiu 131 balsas durante operação contra garimpo ilegal no Rio Madeira. Além dessa apreensão, três pessoas foram presas na operação.

Nas últimas semanas, centenas de balsas e dragas atracaram no Rio Madeira para a exploração em massa de ouro. Segundo o Greenpeace, haviam mais de 300 balsas sem licença para a mineração.

 

Renúncia coletiva

Um grupo de 6 coordenadores e 46 consultores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) pediu demissão nesta segunda-feira (29). O órgão é ligado ao Ministério da Educação, e é responsável por avaliar os programas de pós-graduação de mestrado e doutorado no país, autorizando ou não seu funcionamento.

Em carta aberta à direção do Capes, os funcionários apontaram como motivo para a decisão a falta de apoio e respaldo ao trabalho deles.

 

Prévias do PSDB

O PSDB conheceu ontem (28) o seu pré-candidato ao Palácio do Planalto. Em uma eleição com muita confusão, inclusive no modelo de votação, o governador de São Paulo, João Dória, ganhou a preferência da maioria do partido para concorrer à presidência em 2022. Dória obteve 53,99%, e bateu Eduardo Leite (44,66%) e Arthur Virgílio (1,35%).

Essa foi a primeira vez que o partido recorreu à realização de prévias para escolher o pré-candidato à presidência da República. A candidatura apenas será oficializada quando for registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prazo se encerra em agosto do ano que vem.

 

Economia

Inflação do aluguel desacelera em novembro, diz FGV. Alta na inadimplência, de acordo com a CNC. Saldo da Black Friday. Novas modalidades de pix: saque e troco.

Foto: Andre Borges/ Agência Brasil
Foto: Andre Borges/ Agência Brasil

Inflação do aluguel desacelera

A Fundação Getúlio Vargas divulgou que o Índice Geral de Preços- Mercado (IGP-M) desacelerou no mês de novembro, ficando praticamente estável, com uma alta de 0,02%. O principal responsável por esse recuo, foi o preço das commodities, segundo André Braz, Coordenador dos Índices de Preços. “As quedas nos preços de grandes commodities – com destaque para minério de ferro, soja e milho- favoreceram a manutenção da inflação ao produtor em terreno negativo”, destacou o coordenador.

Este número ficou abaixo do que era esperado pelo mercado, que previa uma alta de 0,28%.

Com esse resultado, o acumulado do ano é de 16,77% e o acumulado em 12 meses é de 17,89%.

 

Alta na inadimplência

Segundo a Confederação Nacional do Comércio (CNC), a inadimplência subiu em novembro, atingindo o maior índice do ano, com 26,1% de famílias relatando dívidas ou contas em atraso. A alta na inflação e o desemprego, são dificuldades para o brasileiro manter as contas em dias.

De cada quatro famílias brasileiras, uma tem dívidas a vencer, como cheque pré-datado, cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, prestação de carro e de casa. São 75,6% das famílias endividadas, 1 ponto percentual a mais que em outubro, e 9,6 pontos acima do visto em novembro de 2020.

Para famílias com até 10 salários mínimos, saltou para 77% o número de endividadas, com um crescimento de quase 10 pontos percentuais a mais que no mesmo período no ano passado. Já para as famílias com renda de mais de 10 salários mínimos, a proporção de endividados também aumentou 11 pontos percentuais comparado ao ano passado, chegando a 70,3% e, no mês passado esse número tinha sido de 69,5%.

 

Saldo do Black Friday

A Black Friday 2021 no Brasil teve lojas com pouca movimentação e descontos mornos no e-commerce. Entre as justificativas, estão o alto índice de inflação do país e a desvalorização do real frente ao dólar.

Levantamento realizado pela Neotrust aponta que o número total de compras realizadas pela internet desde o primeiro minuto de quinta-feira (25) até às 17h da última sexta-feira (26) chegou a 5,6 milhões — praticamente a mesma quantidade registrada em 2020. Ao todo, o valor teve um crescimento de 5% em relação ao mesmo período.

A categoria de alimentos foi a mais procurada na data e o número de pedidos de alimentos e bebidas no comércio online cresceu 10%, e o volume de vendas, 17%.

 

PIX

Começou a valer hoje (29) duas novas modalidades de PIX: saque e troco. Os usuários poderão fazer saques em padarias, lojas de departamento, supermercados e não apenas em caixas eletrônicos.

Segundo o Banco Central (BC), a opção de oferecer esses serviços é opcional, cabendo aos locais decidirem se vão oferecer ou não.

A modalidade PIX saque determina que para ter acesso aos recursos em espécie, o cliente fará um PIX para o agente de saque, em dinâmica similar à de um PIX normal, a partir da leitura de um QR Code ou do aplicativo do prestador do serviço. Já a modalidade de troco funcionará praticamente da mesma maneira, mas a diferença é que o saque de recursos em espécie pode ser feito durante o pagamento de uma compra ao estabelecimento. Nesse caso, o PIX é feito pelo valor total, ou seja, da compra mais o saque. No extrato do cliente aparecerá o valor correspondente ao saque e à compra.

De acordo com o BC, não haverá a cobrança de tarifas para pessoas naturais (pessoas físicas e microempreendedores individuais) por parte da instituição financeira até oito transações mensais. Na nona, as instituições financeiras podem cobrar tarifas. Lembrando que, o limite das transações durante o dia do PIX é R$500 e durante a noite é de 100 reais.


 

Cultura

Morre Virgil Abloh, diretor criativo da Louis Vuitton e dono da Off-White, aos 41 anos. “Encanto” estreia e desbanca “Eternos”. Jack Dorsey, CEO e co-fundador do Twitter, deixa o comando da rede social.

O estilista americano Virgil Abloh na passarela após o desfile da coleção masculina da Off-White da temporada primavera-verão 2019 na Semana de Moda de Paris - Foto: Thibault Camus/AP
O estilista americano Virgil Abloh na passarela após o desfile da coleção masculina da Off-White da temporada primavera-verão 2019 na Semana de Moda de Paris - Foto: Thibault Camus/AP

Adeus a Abloh

Morreu ontem (28) o designer de moda Virgil Abloh. Nascido em Illinois, nos Estados Unidos, e filho de pais ganeses, Abloh era diretor artístico da coleção masculina da Louis Vuitton, e  CEO da marca Off White, fundada por ele em 2013. O estilista de 41 anos morreu em decorrência de um angiossarcoma cardíaco, uma forma rara de câncer em que o tumor ocorre no coração. Segundo comunicado divulgado pela família, Abloh estava em tratamento desde 2019.

Virgil Abloh foi o primeiro diretor criativo negro contratado pela Louis Vuitton. Abloh deixa sua esposa, Shannon Abloh, e seus filhos Lowe e Gray Abloh. A Louis Vuitton anunciou que apresentará a última coleção feita por Abloh, amanhã (30) em Miami.

 

“Encanto”

Após três semanas como líder de bilheteria, o filme “Eternos”, da Marvel, viu o novo filme da Disney, “Encanto”, assumir a liderança. A produção da Disney arrecadou R$4 milhões, e levou 270 mil pessoas para as salas de cinema. Os números são da ComScore, e referentes ao período de 25 a 28 de novembro.

A produção da Marvel foi para a segunda colocação, arrecadando R$3,4 milhões, seguido de “Casa Gucci”, também estreante, que arrecadou R$2,7 milhões. No total, os 10 filmes mais vistos arrecadaram R$12,8 milhões, e levaram 822 mil pessoas às salas de cinema.

 

De saída

Após especulações nas últimas semanas, o CEO e fundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou sua renúncia ao cargo nesta segunda-feira (29). O empresário seguirá no conselho administrativo da empresa até maio de 2022, quando termina seu mandato e ele deixará o órgão. Para substituir Dorsey, o conselho de diretores escolheu de forma unânime o indiano Parag Agrawal, atual diretor de tecnologia do Twitter.

No final da tarde, as ações do Twitter tinham queda de 1,83% na bolsa de Nova York, cotadas a US$ 46,21.

 

Esportes

Prêmio Bola de Ouro, da France Football. O Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América. Sorteio do Mundial de clubes. O Flamengo demite Renato Portaluppi.

Franck Fife/ AFP
Foto: Franck Fife/ AFP

Sete vezes Messi

O argentino Lionel Messi, jogador do Paris Saint-Germain, ganhou hoje (29) sua sétima bola de ouro. O argentino superou Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, e o ítalo-brasileiro Jorginho, do Chelsea. O brasileiro Neymar ficou na 16ª posição.

A conquista colocou Messi ao lado do Rei Pelé, como os maiores vencedores do prêmio Bola de Ouro. O português Cristiano Ronaldo é o segundo, com 5 troféus.

No futebol feminino, a meio-campista do Barcelona, Alexia Putellas, levou o prêmio. O prêmio “Luva de Ouro”, foi para o italiano Gianluigi Donnarumma, do Paris Saint-Germain. E o troféu Kopa, de melhor jogador sub-21 do mundo, foi para o meio-campo Pedri, do Barcelona.

 

A América é verde

O Palmeiras conquistou no último sábado (27) o tricampeonato da Copa Conmebol Libertadores da América. Em um jogo difícil contra o Flamengo, no Estádio Centenário, em Montevidéu, veio da perna canhota do camisa 9 Deyverson, o gol do tricampeonato.

Nos 90 minutos regulamentares, Raphael Veiga para o Palmeiras, e Gabriel  para o Flamengo marcaram os gols. No começo da prorrogação, após vacilo de Andreas Pereira na saída de bola, Deyverson foi mais esperto e saiu cara a cara com Diego Alves, o atacante ajeitou o corpo e bateu com a perna esquerda, a bola ainda chegou a tocar no pé do goleiro rubro-negro, mas acabou no fundo das redes, Palmeiras 2 a 1.

O Palmeiras que já havia sido campeão da Libertadores 2020, em final disputada no início deste ano no Maracanã, se tornou o único time a conquistar duas Libertadores em um mesmo ano.

 

Mundial

Aconteceu hoje (29) o sorteio do Mundial de Clubes, que acontecerá entre os dias 3 e 12 de fevereiro em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. Além do Palmeiras, campeão da Libertadores, participam da competição: Chelsea, campeão da Ligas dos Campeões da Europa, Al Hilal, campeão da Champions da Ásia, Al Ahly, campeão da Champions da África, Monterrey, campeão da Champions da Concacaf, Auckland City, representante da Oceania e Al Jazira, campeão da liga dos Emirados e representante do país sede.

Pelo regulamento, Chelsea e Palmeiras entram na competição apenas na semifinal. Veja os confrontos:

Reprodução FIFA
Reprodução FIFA

 

Demitido

O Flamengo anunciou na tarde desta segunda-feira (29) a demissão do técnico Renato Portaluppi. A demissão vem após a perda do título da Libertadores para o Palmeiras, no último sábado (27). A torcida já pressionava pela queda de Renato antes mesmo da final, após a queda na Copa do Brasil para o Athletico-PR, e a perda do título do Campeonato Brasileiro para o Atlético-MG.

Renato deixou a Gávea pouco mais de 4 meses depois de sua chegada. Portaluppi disputou 37 jogos, venceu 24, empatou oito e perdeu cinco. O auxiliar Mauricio Souza comandará a equipe nas rodadas finais do brasileirão.

 

Tags:
Os jornalistas Mari Palma e Phelipe Siani produziram neste fim de semana (27 e 28) um curso voltado para o público interessado em comunicação.
por
Vitória Nunes de Jesus
|
28/11/2021 - 12h

Phelipe Siani, Rafael Batista, Wllian Lopes, Mariana Palma e a consultora e assessora de marketing e comunicação, Ana Lima possuem uma produtora de vídeos e eventos, a Albuquerque Content. Por meio da empresa, foi feito o Recomunica, um conjunto de palestras, bate papos e mentorias com cada profissional citado.

O curso foi dividido em dois dias. O primeiro foi composto por 5 palestras dinâmicas e interativas com conteúdos diversos como: autenticidade, empreendedorismo, mercado de influência e conteúdo digital. Os palestrantes ainda deram dicas de como pode ser fácil gravar vídeos com qualidade e de uma forma simples, por exemplo, melhorando a iluminação do ambiente ao colocar um abajur.

Em entrevista, Mari Palma explica a importância da autenticidade: “Descobrir-se e mostrar sua personalidade para os outros cria uma conexão com seu público”. Ela ainda traz uma reflexão: “por que ainda não começou a ser quem você é?” 

O evento ainda teve direito a comida! Café da manhã, almoço, lanche e até happy hour, um momento no fim do primeiro dia, onde os “alunos” puderam conversar com os profissionais, tirar fotos e dar uma descontraída.

Registro de todos os participantes do 1º dia no Recomunica. Foto: Albuquerque Content.
Registro de todos os participantes do 1º dia no Recomunica. Foto: Albuquerque Content.

A jornalista Anne Almeida, participante do primeiro dia do curso dá sua opinião sobre ele: “Foi incrível. É difícil aprendermos algo diferente do que vimos na faculdade, mas eles encontraram uma maneira diferente de passar o conteúdo”. 

Com base em relatos do evento, a estudante de jornalismo Cecília Mayrink diz que considera que experiências como a que o Recomunica ofereceu são importantes para a formação de pessoas na área da comunicação e para aqueles que desejam ingressar:

“Gostaria de ter participado. Este curso é diferente de todos os outros que já fiz, os alunos também tiveram a oportunidade de falar e não parece ter sido algo monótono. Sem contar que é legal aprender sobre conteúdo digital”. 

O segundo dia foi marcado por mentorias. Os palestrantes dividiram os inscritos em pequenos grupos, onde eles tiveram a oportunidade de conversar individualmente, apresentar conteúdos e projetos. Todas as turmas receberam atenção dos comunicadores, que compartilharam suas experiências.

 

Mentoria em grupo no 2° dia. Foto: Albuquerque Content.
Mentoria em grupo no 2° dia. Foto: Albuquerque Content.

Vale ressaltar que a autora desta reportagem participou do primeiro dia. Foi uma experiência única. Além de ter aprendido bastante, o curso teve importância na minha vida pessoal. A palestra da Mari sobre autenticidade mexeu comigo e me inspirou ainda mais a ser quem eu sou e levar minha essência em qualquer coisa que eu faça. 

O curso é pago. O primeiro dia (pacote "HD") tem o valor de R$800,00 e os dois (pacote "4K") 1.600,00. As refeições e o primeiro drink do happy hour estiveram inclusos. As vagas foram limitadas. 

Phelipe Siani revelou que recebeu retornos positivos dos participantes do curso e disse que seu objetivo é “colocar conteúdo de qualidade no mercado”. Nos comentários em uma rede social, Siani mencionou que haverá outras edições do evento. Basta ficar atento(a) para não perder este anúncio e se juntar à essas feras da comunicação.

Tags:
Nova variante do coronavírus causa temor no mercado financeiro por nova onda de restrições; OMS classifica a nova variante como "variante de preocupação". Anvisa recomenda restrições, mas Bolsonaro nega a possibilidade. E mais.
por
Aline Freitas
Beatriz Gabriele
Bruno Scaciotti
Luan Leão
Tábata Santos
|
26/11/2021 - 12h

Atualização de dados da Pandemia. Nova mutação do coronavírus; ANVISA recomenda restrições.

Anvisa recomenda restrições
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Pandemia

De acordo com o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (CONASS), o Brasil registrou 12.126 novos casos e 303 óbitos nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia o Brasil acumula um total de 22.005.238 casos confirmados e 613.642 óbitos decorrentes do novo Coronavírus. O Ministério da Saúde aponta que 158.447.249 pessoas receberam a primeira dose e 131.649.449 foram totalmente imunizados, sendo esse número equivalente a 61,72% da população brasileira.

Nova variante

Nesta sexta-feira (26) a nova variante do Coronavírus encontrada na África do Sul, foi classificada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “variante de preocupação” e recebeu o nome de “Ômicron”.

A decisão foi decretada em uma reunião de urgência convocada pelo grupo de trabalho sobre a COVID-19 da OMS, que realiza o monitoramento global contínuo de variantes do coronavírus, classificando-as em diferentes níveis “variantes de preocupação”, “variantes de interesse” e “sob monitoramento”, ao considerar aspectos de transmissibilidade e risco à saúde.

Anvisa recomenda restrições

Após o registro da nova variante do Coronavírus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou em nota técnica nesta sexta-feira (26) que o governo brasileiro adote medidas de restrições para voos e viajantes vindos da África do Sul, Botsuana, Wswatini, Lesoto, Namíbia e do Zimbábue.

A recomendação restritiva é de caráter temporário e se justifica com base na classificação emitida pela OMS. “Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), essa nova variante parece ter maior transmissibilidade e provavelmente está ligada ao aumento contínuo de infecções por SARS-CoV-2 nos referidos países, cuja cobertura vacinal ainda encontra-se baixa", disse à Agência em nota.

A ANVISA pede além da suspensão imediata dos voos, a suspensão, em caráter temporário, da autorização de desembarque no Brasil de viajante estrangeiro com passagem pelos mesmos países da região nos últimos 14 dias, bem como a realização de quarentena, logo após o desembarque no Brasil, para viajantes brasileiros e seus acompanhantes legais que tenham passado por esses locais nas últimas duas semanas que antecedem a entrada no país.

 “A efetivação das medidas, contudo, depende de portaria interministerial editada conjuntamente pela Casa Civil, pelo Ministério da Saúde, pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública”, enfatiza a Agência.

 

Bolsonaro discute com apoiador, diz que não vai fechar aeroportos e que é preciso “aprender a conviver com o vírus”. STF começa a julgar no plenário virtual, portaria que proíbe demissão de não vacinados. 1ª mulher presidente da OAB-SP. Prévias do PSDB.

 

Presidente Jair Bolsonaro
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

"Vocês tem que aprender a conviver com o vírus"

Nesta sexta- feira (26) o presidente Jair Bolsonaro discutiu com um apoiador no 'cercadinho' do Palácio da Alvorada. Bolsonaro reclamava da atitude da imprensa, quando foi interrompido por um apoiador que sugeria fechar os aeroportos para evitar a disseminação da nova variante descoberta recentemente na África do Sul, denominada "omicron". "Quer dizer que fechou o aeroporto o vírus não entra? Ah, pelo amor…já tá aqui dentro”, respondeu subindo o tom de voz.

No entanto, o apoiador insistiu, tentando explicar o que queria dizer, mas logo, foi interrompido pelo presidente dizendo que o apoiador estava "vendo muita Globo". O presidente encerrou o assunto dizendo "vocês têm que aprender a conviver com o vírus, infelizmente”. 

STF começa a julgar portaria que proíbe demissão de não vacinados

O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar nesta sexta- feira (26) se mantém ou não a decisão do Ministro Luís Roberto Barroso contra a portaria do governo federal que impede empresas de exigirem dos funcionários comprovante de vacinação contra a COVID-19. O julgamento vai ser realizado em plenário virtual e os ministros devem depositar seus votos no sistema até a próxima sexta-feira, 3 de dezembro.

Ao contrário da portaria editada pelo Ministério do Trabalho, com a decisão de Barroso os empregadores podem, agora,  voltar a exigir comprovante de vacinação, podendo haver demissão caso ocorra recusa de mostrar o comprovante. Até o momento, além do relator, apenas o ministro Edson Fachin votou, seguindo a linha do relator na decisão. 

PGR pede providências ao STF com base no relatório da CPI

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira (26) dez pedidos de providências a partir dos elementos reunidos no relatório da CPI da Covid.

No material enviado, constam pedidos de investigação, inclusão de fatos apurados em casos já em andamento na Corte e envio de fatos para análises em outras instâncias da justiça. 

As providências evidenciam o fatiamento feito pela procuradoria dos temas investigados pela CPI. Foram distribuídas para a relatoria de ministros, que vão avaliar as análises feitas pela equipe do procurador-geral da República, Augusto Aras.

Os relatores serão os ministros: Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Roberto Barroso e Kássio Nunes Marques.

1ª mulher presidente da OAB-SP

Prestes a completar 90 anos de fundação, a Ordem de Advogados pelo Brasil de São Paulo elegeu sua primeira presidente mulher. 

Patrícia Vanzolini tem mestrado e doutorado em direito pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), além de ser advogada criminalista e professora na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Uma das principais bandeiras da campanha da presidente eleita é promover a modernização da seccional paulista que é a maior do Brasil. 

Vanzolini foi eleita com 35,80% dos votos, com 64.207 votos. O segundo colocado foi Caio Santos, candidato à reeleição que obteve 32,79%, com 58.821 votos. 

Prévias do PSDB: agora vai (?)

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, informou nesta sexta-feira (26) que o partido irá retomar amanhã (27) as prévias que escolherão o candidato presidencial da sigla para 2022. A votação começou no domingo passado (21), e foi interrompida por conta de instabilidade no aplicativo de votação dos filiados. Disputam as prévias o ex-senador Arthur Virgílio, o governador de São Paulo, João Dória e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.  

A previsão é que a votação tenha início às 8h e termine às 17h. A expectativa é de que o vencedor seja anunciado às 20h.

 

Ibovespa cai 4% com temor da nova cepa da COVID-19. Black Friday 2021. IPCA-15: a inflação chega a 10,73% nos últimos 12 meses. Confiança da indústria cai pelo 4º mês seguido. 

Painel da B3 em São Paulo
Foto: Nelson Almeida/AFP

Efeito "ômicron"

O mercado operou com nervosismo nesta sexta-feira (26). Com a descoberta de uma nova variante do coronavírus mais resistente à vacina, o Ibovespa chegou a recuar mais de 4% hoje (26). Ações de companhias aéreas chegaram a despencar 12%, junto a operadoras de turismo, diante da onda de novos casos da nova variante no exterior. O dólar operou em alta, e bateu R$5,66.

A notícia da nova variante, chamada de “omicron”, causou temor de uma nova crise econômica global. As principais bolsas internacionais operaram em queda, e os preços do barril de petróleo chegaram a ter baixa de mais de 5%.

Black Friday

Uma das datas mais aguardadas por lojistas e consumidores, a Black Friday teve origem nos Estados Unidos e hoje é adotada em diversos países do mundo, incluindo o Brasil. No ano passado, a data movimentou R$7,72 bilhões, incluindo a CyberMonday, o que representou um aumento de 27,7% em relação a 2019, segundo dados da empresa de inteligência de mercado Neotrust/Compre&Confie. 

Para este ano, a Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que a Black Friday vai movimentar R$3,93 bilhões. Embora lojistas tenham a expectativa de vender mais este ano, a alta da inflação deve corroer os ganhos e ofuscar a volta gradual dos consumidores às compras. 

Apesar disso, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) prevê um crescimento de 19% nas vendas neste ano, para R$2,9 bilhões. Mesmo com a inflação, o crescimento das vendas deve girar em torno de 7%, de acordo com a Abrasce.

Por falar nela...

Ontem (26) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que serve como prévia da inflação do país. O IPCA-15 ficou em 1,17% em novembro, depois de ter registrado 1,20% em outubro. Segundo o IBGE, é a maior variação para um mês de novembro desde 2002.

Com o resultado, o IPCA-15 acumula uma alta de 9,57% e de 10,73% nos últimos 12 meses. Essa é a maior taxa para um intervalo de 1 ano desde fevereiro de 2016, quando foi registrado 10,84%. A gasolina foi a vilã mais uma vez, com alta de 6,61%. De acordo com o IBGE, todos os nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram aumento no mês de novembro.

Confiança em queda

A Fundação Getúlio Vargas divulgou hoje (26) o Índice de Confiança da Indústria (ICI). Pelo 4º mês consecutivo o ICI apresentou queda, recuando 3,1 pontos, e indo para 102,1 pontos em novembro. Esse é o menor índice desde agosto de 2021, quando bateu 98,7 pontos. Nas médias trimestrais móveis, o ICI manteve tendência de queda ao cair 1,6 pontos.

“A retração da confiança ocorre em um momento em que a inflação avança, reduzindo a capacidade de compra dos consumidores, ao mesmo tempo em que o desemprego continua elevado. Soma-se a esses pontos choques de custos e gargalos de logística. Como resultado, o setor pode terminar 2021 com o otimismo em queda”, afirmou Cláudia Perdigão, economista do FGV IBRE. 

 

Ômicron: países anunciam restrições devido a nova variante. A nova variante já foi identificada em Israel, Bélgica e Hong Kong. A Ucrânia está pronta para escalada militar com a Rússia, diz presidente ucraniano.

Aeroporto de Johannesburgo, África do Sul
Foto: Jerome Delay/AP Photo

Novas restrições

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta sexta-feira (26) que o país vai impor restrições a voos vindos da África do Sul e de outros sete países, em razão da nova variante do coronavírus, a “ômicron”. As restrições passam a valer a partir do dia 29 de novembro, próxima segunda-feira. Outros países também já anunciaram restrições:

-A Alemanha não vai aceitar voos vindos da África do Sul, e alemães que voltarem do país terão que fazer quarentena de 14 dias.

-Bahrein e Croácia vão proibir voos de alguns países.

-A França suspendeu voos da África do Sul.

-Hong Kong anunciou a proibição de visitantes vindos de 8 países do sul da África: África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Malawi, Moçambique, Namíbia e Zimbábue, caso tenha permanecido nesses países nos últimos 21 dias.

-A Itália proibiu a entrada de qualquer pessoa que tenha estado nos mesmo 8 países do sul da África.

-Já Israel anunciou a entrada de sete países: África do Sul, Botsuana, Suazilândia, Lesoto, Moçambique, Namíbia e Zimbábue na lista vermelha sanitária, que impede a entrada de estrangeiros.

-O Reino Unido colocou seis países na lista vermelha de restrições de viagem devido à pandemia de COVID-19: África do Sul, Botsuana, Suazilândia, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

-A Suíça proibiu voos diretos saindo da África do Sul e dos outros cinco países da região, além de Israel, Hong Kong e Bélgica, que já detectaram a nova variante.

Índia, Japão e a União Europeia estudam restrições.

Alerta

Casos da nova variante B.1.1.529 foram identificados em pelo menos mais três países fora do continente africano. Na Europa, o primeiro caso confirmado foi na Bélgica, de um paciente que chegou do Egito em novembro. Além disso, já foram confirmados casos em Israel e em Hong Kong

Nesta sexta (26), a Organização Mundial da Saúde (OMS) realizou uma reunião para tratar da nova variante, a qual classificou como “variant of concern” que serve para descrever as variantes mais preocupantes até agora, como delta, gama, e demais. 

Tensão

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse nesta sexta-feira (26) que a Ucrânia está preparada para uma possível escalada militar com a Rússia, acusada de ter mobilizado tropas perto das fronteiras ucranianas. “Há uma ameaça hoje de que pode acontecer uma guerra amanhã. Estamos completamente preparados para uma escalada”, afirmou Zelensky.

O presidente disse ainda ter descoberto uma tentativa de golpe com participação dos russos e que ocorreria na semana que vem. 

Nas últimas semanas, os Estados Unidos, a União Europeia e a Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan) externaram preocupação com a movimentação de tropas russas na fronteira com a Ucrânia. Os movimentos provocaram temor de uma possível invasão que o governo russo nega.

 

Prêmio Jabuti 2021. Segundo dia de ENEM 2021: prova será de exatas e ciências da natureza. 

Prêmio Jabuti 2021
Nelson Cruz e João Luiz Guimarães agradecem o Prêmio Jabuti 2021 de Livro do Ano. Foto: Reprodução

Prêmio Jabuti 2021

O prêmio Jabuti 2021, havia previamente reduzido para 5 o número de concorrentes em suas categorias, anunciou seus vencedores ontem (25). O maior prêmio do evento, "Livro do ano", ficou com a história infantil "Sagatrisuinorana", dos autores João Luiz Guimarães e Nelson Cruz. Além disso, o livro ainda foi premiado na categoria infantil. A história é um reconto de "Os Três Porquinhos" e retrata o rompimento das barragens de Brumadinho e Mariana.

Entre os outros vencedores está o livro-reportagem "A República das Milícias", de autoria do jornalista Bruno Paes Manso, que levou o prêmio referente a "biografia, reportagem e documentário". O livro "O Avesso da Pele", de Jeferson Tenório, levou na categoria de romance literário. 

Durante a 63ª edição do evento, o autor Ignácio de Loyola Brandão foi homenageado como personalidade literária do ano. Em sua fala, citou a situação crítica atual das livrarias.

ENEM 2021

Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) farão neste domingo (28) o segundo dia de prova. Neste segundo dia, o exame vai abordar questões de matemática, física, química e biologia. 

A entrada nos locais de realização do exame começa ao meio dia, os portões fecham às 13h, e a prova tem início 13h30, no horário de Brasília.

 

Sorteio de repescagens para a Copa do Mundo 2022.  Especial Libertadores: A véspera da decisão. Aposentadoria de Formiga.

Repescagem da Copa do Mundo 2022

Na tarde desta sexta (26) foram definidos os confrontos da repescagem europeia das eliminatórias para a Copa do Mundo 2022. Na chave C, foi confirmada a presença de duas potências do futebol mundial, Itália e Portugal. Por estarem na mesma chave, apenas uma delas poderá ir à Copa do Mundo. Veja as chaves:

Chaves da repescagem europeia
Foto: Reprodução/FIFA 

Final da Libertadores

É oficial, estamos a um dia do jogo mais importante do futebol Sul-Americano na temporada: a final da Libertadores. Em Montevidéu desde a quarta-feira (24), hoje foi o último dia de treinos de Palmeiras e Flamengo no Uruguai antes da decisão. Abel Ferreira e Renato Gaúcho buscam esconder ao máximo a escalação de suas equipes, antes do grande jogo.

O provável Palmeiras de Abel é com Weverton, Mayke, Gustavo Gomez , Luan e Piquerez; Felipe Melo, Danilo (Gustavo Scarpa), Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu e Rony. 

O Flamengo de Renato deve ir a campo com Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel.

O trio de arbitragem será argentino, Néstor Pitana é o dono do apito, auxiliado por Juan Belatti e Gabriel Chade. O quarto árbitro é o também argentino Facundo Tello. Na cabine do VAR, estará o chileno Julio Basuñan. 

A partida será amanhã (27), às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu.

Inesquecível, histórica, eterna!

A volante Formiga se despediu da seleção brasileira feminina após mais de 20 anos de dedicação a camisa canarinho. Em partida válida pelo torneio internacional de futebol feminino de Manaus, na Arena da Amazônia, o Brasil derrotou a Índia por 6 a 1. No final do jogo, Formiga recebeu diversas homenagens, inclusive de Marta que viajou de última hora para acompanhar a despedida da amiga.

Além da despedida, o destaque ficou por conta da Dona Celeste, mãe de Formiga, que foi pela primeira vez a um estádio de futebol, driblando o medo de avião para acompanhar pela primeira e última vez sua filha atuando com a camisa do Brasil.

No total, a eterna camisa 8 da seleção acumulou 234 jogos pela seleção, disputando sete Olimpíadas e Copa do Mundo.

Tags:
O presidente Jair Bolsonaro foi considerado culpado dos cinco crimes a ele imputados pela acusação no júri simulado. do Tribunal do Genocídio, realizado no TUCA, nesta manhã (25)
por
Ana Beatriz Vilela
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
25/11/2021 - 12h

Ocorrido na manhã desta quinta-feira (25), no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o Tuca, o júri simulado do Tribunal do Genocídio colocou em julgamento a conduta do governo federal na gestão da pandemia. O Tribunal foi presidido pela desembargadora aposentada Kenarik Boujikian, a acusação foi realizada pela ex-Procuradora Geral da República Deborah Duprat, e o advogado criminalista Fábio Tofic Simantob foi o responsável pela defesa.

O júri foi formado visando a pluralidade, segundo o Coletivo André Naveiro Russo, grupo de professores e estudantes da PUC-SP, organizadores do evento. Integraram o júri: Arthur Chioro, médico sanitarista e ex-Ministro da Saúde, Frei David Santos, diretor executivo do Educafro Brasil, Edson Kayapó, membro do parlamento indígena, João Pedro Stédile, membro do coletivo da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Luana Hansen, DJ, produtora, ativista feminista e da causa LBGT, Lucineia Rosa, doutora e mestre em direito pela PUC-SP, Sheila de Carvalho, advogada internacional de direitos humanos e conselheira da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD). 

Jurados do Tribunal do Genocídio
Foto: Reprodução/TVPUC

Acusações

A acusação imputou cinco crimes a Bolsonaro e sua gestão da pandemia, foram eles:

Crime contra a humanidade, previsto no Tribunal Penal Internacional, baseado no artigo 7º, nº1K, estatuto de Roma, que consiste em atos desumanos que cause grandes sofrimentos, e afete gravemente a integridade física ou  a saúde física ou mental.

Crime de genocídio, com base no artigo 2C da Convenção Internacional de Prevenção e Repressão do crime de genocídio, no artigo 6 do mesmo dispositivo, do Tribunal Penal Internacional, e do artigo 1º da lei nacional 2..889 de 1956, que classifica o crime como a “intenção de destruir todo ou em parte, grupo nacional, étnico, racial ou religioso”. 

Crime de epidemia, previsto no artigo 267 do Código Penal brasileiro, que consiste na propagação de germes patogênicos, a acusação é a mesma imputada pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia

Crime de infração a medida sanitária, previsto no artigo 268 do Código Penal brasileiro, por ter provocado aglomerações em unidades da federação que tinham disposições específicas para evitar aglomerações

Crime de charlatanismo, tipificado no artigo 283 do Código Penal, que classifica a conduta como “inculcar ou anunciar cura por meio secreto ou infalível”. 

Kenarik Boujikian, juíza da ação
Foto: Reprodução/TVPUC

A sentença foi unânime, e venceu a quesitação do advogado de defesa, Fábio Tofic, para que fosse retirado o classificação do crime de genocídio. “Em cumprimento ao veredicto do conselho de sentença, em cumprimento ao deliberado pelo conselho de sentença estendido, eu considero o acusado Jair Messias Bolsonaro culpado nos cinco crimes que foi imputado na acusação apresentada pela Dra. Deborah Duprat”, disse Boujikian ao iniciar o anúncio da sentença. “Que o Tribunal Penal Internacional cumpra seu papel, que o poder judiciário brasileiro, que o ministério público brasileiro, faça o seu papel e faça o julgamento devido em relação aos crimes que lhe foram imputados. Que outras esferas, com crimes de outras categorias, crimes de responsabilidade, também sejam efetivamente julgados. Nós temos mais de uma centena de representações referentes a impeachment, e até hoje isso não aconteceu”, a juíza concluiu dizendo que o tribunal é um grito por justiça, e foi aplaudida por todos os presentes. “Este tribunal é um grito de clamor pela justiça, é isso que a gente quer”. 

Os votos

Cada membro do júri teve cerca de 10 minutos para discursar e dizer se considerava ou não o presidente culpado pelos cinco crimes apresentados pela Dra. Deborah Duprat. Arthur Chioro, primeiro jurado convocado a falar suas observações, declarou Bolsonaro culpado de todos os cinco crimes, incluindo genocídio. Em sua fala, Chioro expôs que “de cara, considera o presidente da república, Jair Bolsonaro, culpado”, além disso, culpabilizou o Ministério da Saúde, pela negligência. “Entre defender a saúde e a economia, típico daqueles que defendem a visão neoliberal sem qualquer freio ético”. O médico também comentou que “a Covid não é democrática, matou de forma diferente os pretos, pobres e os indígenas, quanto a isso, Jair Bolsonaro nada fez”. O ex-ministro da Saúde encerrou sinalizando seu voto. “Condeno Bolsonaro por mais do que se omitir, ter atrapalhado o quanto pode o enfrentamento da pandemia”.

Frei David Santos foi o segundo a proferir voto, e iniciou seu discurso dizendo que "das 613 mil mortes que o Brasil sofreu, pelo menos 400 mil delas teriam sido evitadas se a presidência da república fosse responsável”. Como diretor executivo do Educafro Brasil, também questionou quantas dessas 400 mil mortes evitáveis eram pessoas afro-brasileiras. Ao falar do povo negro, Frei David se emocionou.  “Quem vai pagar por tudo isso ?”. O Frei afirmou que “tem culpado sim''. Também condenou Jair Bolsonaro pelos cinco crimes acusados. 

Edson Kayapó foi o terceiro a votar, e comentou que para o povo indígena “os tempos de Covid foram avassaladores e uma tragédia humanitária”. Kayapó expôs ainda que 1.234 indígenas faleceram da doença desde o início da pandemia e 61.568 foram contaminados. Ressaltou também que para os povos indígenas “o Governo Federal foi e ainda continua sendo o principal agente do genocídio”, o que classificou como um “projeto histórico”. O membro do parlamento indígena considerou Bolsonaro culpado em todas as acusações.

João Pedro Stédile foi o quarto a proferir voto, e iniciou discutindo “os crimes ambientais cometidos pelo governo, que levou ao desmatamento, queimadas e invasão de áreas indígenas”. Ainda criticou a forma que o Estado vem lidando com as questões dos sem-terra. “Paralisando a reforma agrária e políticas públicas quanto à produção de alimentos e habitação rural”. Segundo Stédile, sua proposta de condenação é que “o nome de Jair Bolsonaro, sua vida e obra devem ser depositados na lata do lixo da história”. Por fim, demandou que Bolsonaro “devolva o cargo de presidente ao povo brasileiro”.

Luana Hansen, a quinta jurada a votar, iniciou sua fala dizendo que não tem dúvidas de que Bolsonaro é culpado. Também comentou que “se Bolsonaro não é genocida, ele é assassino, porque ele tira a vida de todos da periferia”. A ativista criticou também a economia ao expor que “as pessoas na periferia quando recebem um cartão de alimentação de R$100 agradecem como se fosse uma barra de ouro, então se o problema dele era a economia, então ele já foi um péssimo administrador”. Para Hansen, Bolsonaro é um privilegiado. “Privilegiado, pois tem um júri falando que ele é culpado, já as mortes que ocorrem na periferia pela polícia, é sem julgamento, a gente já é condenado”, disse ela. Além disso, denunciou o fato de que aumentou o número de pessoas em situação de rua e isso “é culpa de uma economia fracassada, de um presidente fracassado”, afirmou. Hansen considerou o presidente culpado em todas as acusações.

Lucineia Rosa foi a sexta a votar, e expôs as falas racistas do presidente no começo de seu discurso. “Estamos vendo o extermínio da população negra à luz de um período pandêmico, de um negacionismo total do governo”, afirmou ela. Continuou sua fala declarando que “ainda estamos lutando contra essa pandemia, a necessidade de um distanciamento, a necessidade de se ter uma proteção total contra esse vírus, e o que a gente vê do chefe do estado? A lei do negacionismo total, as fake news, a não possibilidade de se ter a maior compra de insumos e fabricação de vacinas, e ao mesmo tempo estamos vendo o genocídio da população negra”. A doutora e mestre em direito pela PUC-SP encaminhou seu voto dizendo que “o sorriso a gente tem que permanecer”, e enfatizou, “houve sim um crime de genocídio”.

A última jurada a proferir voto, Sheila de Carvalho recordou que a primeira pessoa a falecer da Covid-19 no Brasil foi uma empregada doméstica. “Ninguém sabe o nome dessa mulher, ninguém sabe sua história, e nem quem sofreu a morte dela, mas a primeira morte por Covid no Brasil ser de uma mulher negra e empregada doméstica, já nos dava o caminho do que seria essa pandemia e que o vírus não atingiria de forma igual a todos”, contou ela. Quanto às acusações feitas por Deborah Duprat, Sheila foi taxativa. “Não há dúvidas de que o hall de crimes se aplica”, disse a advogada. “Para que nunca mais aconteça, que Bolsonaro seja condenado por genocídio”.

 

Tags:
Acusado por cinco crimes, dentre eles o de genocídio, Bolsonaro foi defendido pelo criminalista Fábio Tofic Simantob, no Tribunal do Genocídio na manhã de hoje (25)
por
Beatriz Gabriele
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
25/11/2021 - 12h

No julgamento do Tribunal do Genocídio, realizado na manhã de hoje (25), no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o TUCA, e presidido pela ex-desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian, o advogado criminalista e especialista em dogmática penal e política criminal, Fábio Tofic Simantob, foi o responsável por fazer a defesa do acusado, e estava acompanhado do advogado assistente Gustavo Neno Altman. Integravam o júri: Arthur Chioro, médico sanitarista e ex-Ministro da Saúde, Frei David Santos, diretor executivo do Educafro Brasil, Edson Kayapó, membro do parlamento indígena, João Pedro Stédile, membro do coletivo da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Luana Hansen, DJ, produtora e ativista feminista e LGBT, Lucineia Rosa, doutora e mestre em direito pela PUC-SP e Sheila de Carvalho, advogada internacional de direitos humanos e conselheira da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD).

Após sustentação oral de cerca de meia hora, feita por Deborah Duprat, que realizou a acusação, Tofic começou dizendo que não faria apologia ao bolsonarismo e às ações “nefastas”do presidente, ele reforçou que vem trazer o exemplo de aplicação da legalidade penal, fazendo a “defesa possível”.

O advogado afirmou que Bolsonaro poderia ser condenado por todas as acusações feitas pela promotora Deborah Duprat, e pela CPI, mas que por genocídio ele não deve ser acusado. Ele considera que essa acusação “um erro, é cometer um arbítrio”. “Condenar por genocídio, senhoras e senhores, é cometer um erro crasso, é cometer um arbítrio daqueles que nós nunca toleramos, é usar o princípio de que os fins justificam os meios, de que a legalidade só serve para proteger os meus, é se igualar a Sérgio Moro, é se igualar a Dallagnol”, disse o criminalista.

Fábio Tofic Simantob, advogado de defesa, Tribunal do Genocídio
Foto: Reprodução/TVPUC

“Que nós sejamos um exemplo de como se deve aplicar a lei penal em um Estado de Direito, de que nós não somos eles, de que nós não usamos o Direito Penal como vingança, para sacrificar os nossos inimigos”, afirmou Tofic. O criminalista completou dizendo que é necessário dar ao governo Bolsonaro a “pena justa”, com respaldo na legalidade. Ele explica que o crime de genocídio é relativamente novo e diz não ver genocídio pelo fato da COVID- 19 ter acometido todos, independente de grupos nacionais, étnicos ou religiosos conforme a definição do termo.

Em seguida, ele destacou episódios que considera sombrios da política utilizada pelo Governo Bolsonaro, mas acredita que o termo “genocídio”não deve ser utilizado. “Crime contra a humanidade sim, porque o crime contra a humanidade é uma espécie de gênero, eu não preciso ter a distinção racial, pode ser um ataque contra um população inteira, ok, mas não genocídio”, disse o advogado. 

A tréplica

O advogado de defesa iniciou a tréplica colocando que é tudo verdade o que Duprat disse. "Os discursos contra a população indígena são abomináveis, todos nós conhecemos. A demarcação de terras indígenas é inexistente nesse governo, há uma política anti-indigenista, a nossa Funai hoje, é digna de todas as críticas, enfim, lamento por todos nós, mas não é disso que estamos tratando. Estamos tratando da pandemia", disse Tofic. Ele ressaltou que, apesar de todas essas questões, o que está em julgamento é se houve uma adoção de uma política especialmente voltada com a intenção de acabar com a população indígena e chegou a conclusão que não. "A política criminosa do governo Bolsonaro foi aplicada a todos, indiscriminadamente". Deste modo, fez um raciocínio de que os crimes contra a humanidade dos quais Bolsonaro foi acusado, tem similaridade com essa acusação de genocídio e, novamente coloca que, se usado o termo, um erro será cometido. "Só é crime o que está na lei (...) Eu não posso aqui afirmar que a política criminosa do governo foi criada com esta intenção. Isso não é verdade". 

A defesa encerrou colocando que o crime contra a humanidade já contém o genocídio pois traz "ataque generalizado e sistemático contra qualquer população civil havendo conhecimento desse ataque". Ele concluiu dizendo que, não acusando o presidente da república de genocídio, eles não estão o absolvendo, mas apenas colocando a correto enquadramento que seria, segundo ele o "crime contra a humanidade". “O que se requer é apenas isso, eu acho que nós sairemos maiores, se nós soubermos dizer “sim” a todo resto, mas dizer “não”, a aquilo que é estapafúrdio, que é improcedente, que é excessivo, e que vai retirar toda a importância de todo o resto que vossas excelências quiserem proclamar”, encerrou Tofic. 

 

Tags:
Deborah Duprat, responsável pela acusação, imputou ao presidente da República cinco crimes
por
Beatriz Gabriele, Letícia Coimbra e Luan Leão
|
25/11/2021 - 12h

A mestre de cerimônia Profª Vânia Penafieri, convidou a ex-desembargadora do Tribunal de Justiça de São Paulo, Kenarik Boujikian, para assumir a presidência do tribunal. Kenarik declarou iniciados os trabalhos, e começou chamando os membros que compuseram o corpo de jurados do julgamento. Em ordem, foram chamados Arthur Chioro, médico sanitarista e ex-Ministro da Saúde, Frei David Santos, diretor executivo do Educafro Brasil, Edson Kayapó, membro do parlamento indígena, João Pedro Stédile, membro do coletivo da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Luana Hansen, DJ, produtora e ativista feminista e LGBT, Lucineia Rosa, doutora e mestre em direito pela PUC-SP e Sheila de Carvalho, advogada internacional de direitos humanos e conselheira da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD). Após tomarem seus assentos, o júri foi convidado a, individualmente, fazer o juramento. 

CPI da Covid

A pedido da ex-Procuradora Geral da República Deborah Duprat, foi reproduzido um vídeo do Senador Randolfe Rodrigues (REDE- AP), no qual resumiu e recuperou todas as descobertas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. O senador ressaltou, principalmente, a omissão do governo na busca e na compra dos imunizantes, deixando de responder mais de 81 e-mails da Pfizer e desconfiando da vacina Coronavac. Além da omissão, Randolfe lembrou das suspeitas de corrupção na compra de vacinas com a aplicação de um golpe de mais de 1 bilhão aos cofres públicos. Com o aprofundamento das investigações, a CPI chegou a descobrir envolvimento de planos de saúde com o chamado gabinete paralelo, usando seres humanos como cobaias no uso do Kit Covid, como no caso da Prevent Sênior em São Paulo.

No final do vídeo, o senador lembrou que a CPI apontou em seu relatório 80 indiciados, incluindo Jair Bolsonaro acusado de 10 crimes: Responsabilidade por homicídio; crime de epidemia com resultado de morte; infração de medida sanitária preventiva; crime de charlatanismo, incitação ao crime por Fake News; falsificação de documento particular ( quando falsificou um documento dizendo que seria do TCU): emprego irregular de verbas públicas; prevaricação (Caso Covaxin); crimes contra humanidade; incompatibilidade com dignidade, honra e decoro com o cargo, todos sancionados com impeachment. Todos esses crimes, segundo Randolfe, dão 78 anos de prisão ou mais conforme a aplicação de cada caso. 

Debates orais

Após o vídeo, teve início os debates orais, começando pela acusação, conduzida pela ex-Procuradora Geral da República, Deborah Macedo Duprat de Britto Pereira. Duprat começou fazendo um apanhado de todos os crimes que poderiam ser atribuídos ao presidente. “Nós poderíamos atribuir ao presidente Bolsonaro uma série de crimes, como por exemplo, o retorno à fome no Brasil, como por exemplo, nós termos na atualidade 9% dos domicílios brasileiros em situação de fome, 11% no meio rural. Nós poderíamos acusar o presidente Bolsonaro de 55% dos lares brasileiros estarem em situação de insegurança alimentar, de alguma forma. Ou então, de ter oferecido um auxílio emergencial no início da pandemia de 200 reais quando a cesta básica, em qualquer unidade da federação, era superior a 400 reais e quando ele reduziu o auxílio emergencial a 300 reais quando a cesta básica estava em média, 500 reais. Nós poderíamos acusar o presidente Bolsonaro pelo desemprego absurdo ou mesmo por corrupção”. No entanto, a promotora apontou ser mais importante, neste momento, rever todas as ações do governo Bolsonaro e as 613 mil mortes decorrentes do coronavírus. “Mas eu entendo, que ‘num’ tribunal popular, nós não podemos perder a centralidade do que de fato importa: 613 mil mortes”.

Deborah Duprat, acusação no Tribunal do Genocídio
Foto: Reprodução/TVPUC

Ela iniciou sua acusação mostrando que, apesar da aprovação da Lei 13.979 que foi promulgada por Bolsonaro, que previa medidas de isolamento social, uso de máscaras, quarentena e distanciamento, o presidente foi à Flórida (um dos locais com mais infectados naquele momento) e, mesmo após saber que grande parte da sua comitiva tinha sido infectada, resolveu promover uma reunião na qual começa seu discurso sobre a imunidade de rebanho que até janeiro deste ano, foi repetido por ele mais de 30 vezes.

Em seguida, a acusação apontou a defesa feita por Bolsonaro em relação ao isolamento vertical e à saída da população às ruas, assinando, inclusive, um decreto de atividades consideradas essenciais por ele (com atividades como ginástica, salões de beleza, barbearias, etc.). A promotoria inseriu em sua acusação o Kit Covid, medicações aclamadas pelo presidente, que não apenas não trazem nenhum benefício para o tratamento, como também causam efeitos colaterais graves. Ela lembrou também que, dois ministros saíram do governo por não concordarem com as políticas pensadas pelo presidente. Duprat recordou ao júri que Bolsonaro quis desobrigar, inclusive, o uso de máscara em estabelecimentos, templos religiosos, estabelecimentos de ensino, fornecimento gratuito de EPI 's, uso de máscaras em locais prisionais, entre outros locais.

Trazendo dados da CPI, a promotora ressaltou que Bolsonaro foi um dos principais propagadores de fake news sobre a pandemia, promovendo inclusive aglomerações em diversas cidades sem o uso de máscaras, tendo até um episódio em que tira a máscara de uma criança em um encontro no Rio Grande do Norte.

A acusação trouxe um dado, também descoberto pela CPI, no qual Bolsonaro alterou um relatório dizendo que no ano de 2020, 50% das mortes de Covid, não foram de Covid, no entanto, ele introduziu o logo do Tribunal de Contas da União (TCU) no documento. O TCU desmentiu o presidente sobre a realização do estudo e sobre a autoria do documento. “E aí ele introduz o logo do TCU no documento, e aí o TCU tem que falar: “olha, não é nosso esse documento, o TCU nunca provou, nem houve auditoria do TCU sobre isso”. Mentira, mentira!”, falou Duprat. A promotora colocou que se o Brasil tivesse usado de maneira contundente as medidas não farmacológicas, a transmissão teria sido reduzida em 40%, ou seja, 120 mil mortes teriam sido evitadas.

Por último, ela falou sobre a demora na sinalização sobre a vacina do Butantan, além de colocar falas do presidente desautorizando a compra da vacina Coronavac, colocando em descrédito o imunizante e tendo atitudes xenófobas a respeito da China. Na sequência, ela colocou dados sobre a letalidade dos indígenas na pandemia. “O Observatório de covid da Fiocruz, vai informar que a possibilidade de morte de indígenas a partir de 50 anos, é 150 vezes superior aos não indígenas”. Duprat trouxe a informação de que foi vetado pelo presidente um Projeto de Lei do Subsistema de Saúde Indígena que levava leitos e auxílio aos indígenas. A ausência de médicos em aldeias e a entrega desenfreada de cloroquina, levaram uma letalidade imensa dos indígenas. “O outro dado, que o dado da CPI demonstra é que houve uma distribuição em larga escala em áreas indígenas de cloroquina, Ivermectina, Azitromicina, sendo que, é rara a área indígena que conta com médico”.

A promotora acusou o presidente por cinco crimes. Um crime previsto no Tribunal Penal Internacional que são atos desumanos que causam grande sofrimento e afetam gravemente a integridade física ou a saúde física ou mental que é o Artigo 7, número 1K, do Estatuto de Roma; O segundo crime é o de genocídio, com base no mesmo Estatuto que é o Artigo 2C; O crime de pandemia; crime de infração a medida sanitária e crime de charlatanismo. 

A réplica

"O genocídio nasce não só com o evento morte, mas com a evento da superioridade. Com a noção de que há segmentos superiores que devem comandar os demais", disse Deborah Duprat em sua réplica. Ela concorda que "genocídio" é um crime contra uma etnia, um segmento religioso, moral. Mas explica. "Tem um dispositivo que diz o seguinte: submeter intencionalmente o grupo a condições de existência capazes de ocasionar a destruição física, total ou parcial". Ou seja, o grupo que é submetido a condições externas que ele deixa de existir como grupo, deste modo, elas podem não morrer individualmente, mas deixam de existir enquanto povo. "Eu quero lembrar que por ocasião da Covid, grandes lideranças indígenas morreram e com a morte das lideranças, a gente perde um vetor importante  de transmissão de conhecimento, de transmissão de valores, de transmissão de histórias e, até hoje, a história de indígenas e de negros foi contada pelos brancos”. Duprat, citou uma série de falas de Bolsonaro a respeito dos indígenas. O presidente já afirmou que se dependesse dele “não vai ter um centímetro demarcado para terra indígena e quilombola".

 

Tags:
Monica Melo e Leonardo Sakamoto abriram o Tribunal do Genocídio, um júri simulado sobre a condução da pandemia no Brasil, realizado na manhã desta quinta-feira (25) no TUCA.
por
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
25/11/2021 - 12h

 

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (25) o Tribunal do Genocídio, organizado pelo coletivo Professor André Naveiro Russo, no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o TUCA. A Profª Vânia Penafieri foi a mestre de cerimônia e conduziu o começo dos trabalhos. De início, chamou para a abertura do evento, o jornalista e professor da PUC-SP, Leonardo Sakamoto, e a Pró-Reitora de Cultura e Relações Comunitárias da PUC-SP, Mônica Melo.

Sakamoto foi o primeiro a discursar, questionando: “Como um país que conta com um dos melhores sistemas, um dos melhores programas de imunização do mundo e um sistema público de saúde conseguiu chegar a marca de 613 mil mortes por COVID-19?”. Em seguida, chamou a conduta do governo de “morticínio” e comparou com uma bomba atômica que tivesse atingido a cidade de Joinville, Cuiabá ou Feira de Santana, matando todos os habitantes.

Leonardo Sakamoto
Foto: Reprodução/TVPUC

O jornalista e professor destacou também a alta da fome e a inflação. “No final, a sabotagem presidencial acabou piorando a crise econômica. Chegamos a um recorde de 14,8 milhões de desempregados, e estimativas desatualizadas de dezembro do ano passado apontavam para 19,1 milhões de famintos”, afirmou ele.

Sakamoto ressaltou ainda a insistência do presidente da República em defender remédios comprovadamente ineficazes, citando o caso da Prevent Senior, que realizou testes com hidroxicloroquina e azitromicina em pacientes sem o consentimento dos pacientes e familiares, além de omitir os efeitos colaterais e seis mortes. Segundo o dossiê entregue à CPI da Pandemia, o estudo foi um desdobramento de um acordo entre a Prevent Senior  e Bolsonaro para disseminar a cloroquina. No dia 18 de abril de 2020, o presidente publicou em seu perfil no Facebook: “Segundo o CEO Fernando Parrillo, a Prevent Senior reduziu de 14 para 7 dias o tempo de uso de respiradores e divulgou hoje, às 1:40 da manhã, o complemento de um levantamento clínico feito”, além de divulgar a notícia falsa de que não houveram óbitos.

Encerrando sua fala, o professor Sakamoto citou a morte de André Russo, jornalista e professor da PUC-SP, vítima da COVID-19 em junho, a uma semana de tomar a primeira dose da vacina contra a doença, e que dá nome ao coletivo de professores e estudantes da PUC-SP que organizou o julgamento. “Não perdemos André Russo para a pandemia, perdemos ele para a necropolítica”, disse o jornalista.

"Alcançar a marca de 613 mil mortos não é para qualquer um. Esse é um projeto à várias mãos, coordenado por alguém que, como já disse, não tem apreço à vida. A importância de um julgamento como este está em garantir que as mortes e seus culpados não sejam esquecidos e que o Brasil aprenda com seus erros.”

Em seguida à fala de Sakamoto, Mônica Melo, Pró-Reitora de Cultura e Relações Comunitárias da PUC-SP, salientou a importância deste julgamento simbólico. "Tribunal simbólico, mas não duvidemos da força dos símbolos e de sua possibilidade de sintetizar, no momento histórico, desejos de mudança e transformação, afinal cabe ao povo brasileiro decidir”, afirmou.

A Pró-reitora destacou ainda a importância de não nos deixarmos ser anestesiados pela “magnitude dos números de mortos, de familiares e amigos enlutados, de sobreviventes com sequelas”, e enfatizou, “por trás dos números há pessoas, há projetos de vida, interrompidos à órfãos”.

Por fim, citou o ideograma africano “Sankofa”, representado por um pássaro mítico que voa para a frente com a cabeça voltada para trás, segurando no bico um ovo, o futuro. “Precisamos manter viva nossa indignação, nossa capacidade reativa, coletiva de mirar o passado, para poder ressignificar o presente e construir o futuro”, disse Mônica. “Não iremos esquecer. Não compactuaremos com mentiras. Queremos memória, verdade e justiça”, reforçou.

A pró-reitora encerrou seu discurso convidando os presentes a prestar uma homenagem às pessoas que faleceram em decorrência da covid-19, com um minuto de silêncio.

Tags: