Informalidade na venda de alimentação é a saída possível para fazer frente à inflação
por
Gustavo Zarza
|
15/06/2022 - 12h

 

Por Gustavo Zarza

Depois de acordar cedo e trabalhar o dia inteiro, você ainda tem que ir à faculdade, o que te faz pensar duas vezes se vai ou não, mas acaba indo. Chegando no prédio você vê tantas pessoas vendendo comida que te dá fome e você decide comprar algo. Observa uma senhora muito simpática, que chama cada um dos seus clientes de amor, vê que ela vende maravilhosos brownies e compra um. Quando você prova é maravilhoso. Aquele pequeno bolinho, molhadinho por dentro e sequinho por fora faz o teu dia e mata sua fome. 

Provavelmente muitas pessoas já tiveram experiências como essas, talvez não só com brownies, mas com um pastel, um churrasquinho ou uma pamonha. Há sempre aquele vendedor que sabe fazer do melhor jeito e do jeito que você gosta. O que não se sabe, às vezes, é que esses vendedores têm uma história por trás, tem uma vida e um preparo para que você possa ter um pequeno momento de alegria. 

Vera, de 70 anos, é viúva e vende brownies na frente da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Ela é muito conhecida pelos estudantes que estão ali, chama todos de amor e sempre os agradece, mesmo aos que se recusam a comprar seus brownies. "É para completar a renda" disse Vera, ao ser questionada sobre porque vende os bolinhos. Disse ter passado por muitos apertos, nunca lhe faltou nada, mas teve que economizar muita coisa. Ela, que ainda tem a ajuda da pensão do marido, acorda todos os dias às sete horas da manhã, vai à universidade às nove, para vender sua produção, volta para casa a uma, prepara mais alguns, retorna para a universidade e fica lá até às nove horas da noite, fazendo isso todos os dias, com a intenção de ajudar na renda dela e de sua filha. Ela trabalhou por muito tempo no ramo de alimentação. Já teve um buffet e morou seis anos na Inglaterra preparando e vendendo almoço. Agora, por questões financeiras voltou a trabalhar neste ramo. 

Essa é uma das histórias de vidas de várias pessoas que se encontram vendendo algo ou prestando algum serviço. Muitos precisam fazer algo a mais para completar a sua renda, muito por conta do problema econômico que ocorre no Brasil. Segundo um levantamento da consultoria IDados feita no segundo trimestre de 2021, havia 48,7% da população ocupada  na  informalidade. Isso significa que o Brasil hoje tem mais de 42,7 milhões de trabalhadores informais. Mesmo sem a crise, o trabalho de ambulante é uma opção de muitos, já que não há um patrão e o vendedor controla o seu próprio negócio. Por isso é uma boa saída para quem busca um empreendimento lucrativo e seguro. E para isso é preciso investir.

Célio vende mini pizzas na frente da PUC-SP faz 20 anos e vive somente disso. Quando era motoboy fez uma entrega próximo da universidade. Ao ver o tanto de gente por ali, percebeu que havia uma grande oportunidade. Ele comprou uma máquina de fazer pizzas e começou o seu próprio negócio. Ao passar dos anos seu negócio foi crescendo, os alunos gostando e ele ficou, sempre melhorando e se reinventando. A pandemia também chegou a afetar o seu empreendimento. "Muitos dos alunos que eram meus clientes se formaram e não estão mais aqui, outros são novos, tenho que reconquistar os clientes", disse Célio. 

Esses vendedores são muito bons em ganhar os seus clientes, seja pela qualidade do seu produto ou por sua simpatia. Aqueles que de vez em quando querem comer algo sempre pensam em comprar com aquela pessoa que faz muito bem e vende muito bem, até mesmo porque, há uma história de vida que acompanha o produto em cada venda.

 

Tags:
Bolsonaro ataca Fachin, Rússia anuncia corredor humanitário em Severodonetsk, BTS anuncia pausa da banda e mais
por
José dos Santos
Letícia Coimbra
|
14/06/2022 - 12h

Política

Bolsonaro diz que eleição é tema de segurança nacional e ataca o ministro Edson Fachin, presidente do TSE. 

 

Mais ataques 

Nesta terça-feira (14), durante a cerimônia de abertura do 5º Fórum de Investimentos Brasil, o BIF, em São Paulo (SP), o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez referência à fala do vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, sobre políticos que disseminarem fake news terem seus mandatos cassados em tom de ironia. 

“Por que quem duvidar do sistema eletrônico vai ter registro cassado e ser preso? Sou obrigado a confiar? Eu posso apresentar falhas? Posso dizer, como foi em 2014, que no meu entendimento técnico o Aécio ganhou? E eu, com documentação que tenho do próprio TSE, falar que ganhei no 1º turno? Não posso falar isso? Vão cassar o meu registro?”, disse.

Além disso, o presidente teceu elogios ao ofício enviado pelo ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, na última sexta ao TSE, no qual o remetente afirma que as Forças Armadas não se sentem prestigiadas pela instituição. 

“Uma nota do ministro da Defesa —são 23 itens e vale a pena ler — termina dizendo que é temerário concluirmos um processo eleitoral sob o manto da desconfiança. As eleições são questões de segurança nacional”, disparou.

Ainda durante o discurso, o chefe do Executivo criticou os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso e sugeriu mais uma vez que pode descumprir decisões do Supremo Tribunal Federal.

 

Economia

Setor de serviços cresce pelo segundo mês seguido.

 

Crescimento

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor de serviços apresentou um crescimento de 0,2% no mês de abril em comparação com março, sendo a segunda alta consecutiva. 

Apesar disso, a porcentagem é menor do que o esperado segundo uma pesquisa feita pela agência Reuters, que previa um ganho de 0,4%.

Em relação a abril de 2021, a alta foi de 9,4%. Comparando com o patamar pré-pandemia, em fevereiro de 2020, os serviços estão 7,2% acima do nível apresentado na época.

O aumento no setor de serviços de março para abril foi impulsionado pela alta nas atividades de informação e comunicação (0,7%) e serviços prestados a famílias,(1,9%). 

Em contrapartida, o baixo índice foi influenciado pela queda no transporte (-1,7%); profissionais, administrativos e complementares (-0,6%) e outros serviços (-1,6%).

 

Internacional

Guerra na Ucrânia: Rússia anuncia corredor humanitário e oferta de rendição para a Ucrânia no Donbass; Papa Francisco critica Rússia, mas diz que Guerra poderia ter sido provocada; agência da UE afirma que o conflito pode agravar problema das drogas.

 

Corredor humanitário  

O Ministério de Defesa russo anunciou que irá abrir um corredor humanitário na cidade de Severodonetsk, cidade que está sendo o centro de conflitos entre tropas russas e ucranianas há semanas, além disso, afirmou que irá ofertar às tropas ucranianas uma rendição para esta quarta-feira. Isso ocorreu depois das tropas russas conseguirem destruir a última ponte que liga a região de Donbass a Kiev, assim conseguindo vencer as tropas da resistência ucraniana, é estimado que ainda há 10 mil refugiados presos na cidade ainda.

 

Críticas

O jornal jesuíta La Civiltà Cattolica publicou nesta terça declarações feitas pelo Papa Francisco no mês passado. O Papa condenou a crueldade e ferocidade das tropas russas contra a Ucrânia, mas afirma também que a guerra foi “provocada”. Francisco relatou à revista, ter se encontrado, meses antes do inicio do conflito, com um chefe de Estado – sem revelar o nome – que teria afirmado que a OTAN estava “latindo nos portões da Rússia" e incentivando-a a revidar, com a insistência no convite ao ingresso da Ucrânia no bloco  

 

Drogas

O Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT) afirma, em seu relatório anual, que a guerra na Ucrânia contribui com a incerteza quanto à situação das drogas no continente. Segundo o órgão, os refugiados, ex-dependentes ou em processo de largar o vício, terão que ser atendidos de uma forma que consigam continuar o tratamento, o relatório diz também que a fuga de uma situação de guerra pode levar essas pessoas a abusarem de substâncias, além de causar mudanças na rota do tráfico.  

 

Saúde

Atualização dos dados da pandemia. 

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 44.441 novos casos de COVID-19, e 174 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 144. No total, o país acumula 31.541.479 casos confirmados, e 668.354 óbitos por COVID-19. 

 

Cultura

Banda BTS anuncia pausa após 9 anos de carreira.

 

Solo

A banda sul-coreana BTS anunciou nesta terça-feira (14) que o grupo fará uma pausa na carreira para os membros trabalharem individualmente em suas respectivas carreiras. A novidade foi contada durante a transmissão ao vivo de um jantar comemorativo dos nove anos da boyband, na mesma semana em que houve o lançamento da coletânea que rememora todos esses anos de carreira.

Segundo o líder do grupo, RM, apesar do compartilhado entre eles, cada um precisa crescer individualmente e que esse período de hiato será utilizado para pensarem em novas direções do BTS e dos próprios integrantes.

De acordo com os integrantes, essa é uma difícil decisão principalmente pela possível decepção causada nos fãs. Ao contrário, a reação dos admiradores nas redes sociais foi de apoio e carinho ao grupo.

Tags:
Mulher de Dom Phillips diz que PF disse ter encontrados os corpos, Michelle Bachelet, alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, relata preocupação com ameaças a ambientalistas e indígenas no Brasil, Terceiro caso de varíola dos macacos no país e mais
por
Ana Beatriz Villela
Letícia Coimbra
Luan Leão
Vitor Simas
|
13/06/2022 - 12h

 

Política

Fachin defende diálogo entre TSE e Forças Armadas. 

 

Ministro Luiz Edson Fachin, presidente do TSE - Foto: Reprodução/TV Justiça
Ministro Luiz Edson Fachin, presidente do TSE - Foto: Reprodução/TV Justiça

 

“Em prol do fortalecimento da democracia brasileira”

Nesta segunda-feira (13) o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, enviou um ofício ao Ministério da Defesa. No documento, o magistrado defendeu o diálogo com as Forças Armadas e disse ter “elevada consideração” pela organização. Fachin reforçou informações sobre processos de fiscalização e auditoria das urnas eletrônicas, que foram alvos de críticas do ministério. 

"Renovo [...] os nossos respeitosos cumprimentos a vossa excelência [ministro da Defesa], igualmente expressando nossa elevada consideração às Forças Armadas e a todas as instituições do estado democrático de direito no Brasil", afirmou Fachin no ofício.

Na última sexta-feira (10), o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira enviou um ofício ao ministro Fachin a respeito das sugestões feitas pelas Forças Armadas ao processo eleitoral, afirmando que a organização não se sente devidamente prestigiada pelo TSE. 

No ofício, Fachin agradeceu as contribuições que as Forças Armadas tiveram e destacou que o processo eleitoral brasileiro conta com participação de vários atores políticos nas fases de auditoria e afirmou que entidades poderão fiscalizar o sistema eletrônico no pleito deste ano.

 

Meio Ambiente

Segundo a mulher de Dom Phillips, foram encontrados os corpos do jornalista e do indigenista Bruno Pereira; autoridades ainda não confirmam. Bolsonaro diz que indícios "levam a crer que fizeram alguma maldade" com Dom e Bruno. 

Indigenista Bruno Pereira, à esquerda, e jornalista inglês Dom Phillips, à direita, estão desaparecidos desde o dia 5 - Foto: Reprodução
Indigenista Bruno Pereira, à esquerda, e jornalista inglês Dom Phillips, à direita, estão desaparecidos desde o dia 5 - Foto: Reprodução

 

 

Nada confirmado

Na manhã desta segunda-feira (13) a mulher do jornalista britânico Dom Phillips, Alessandra Sampaio, disse ter sido informada de que os corpos de seu marido e do indigenista Bruno Pereira, que estão desaparecidos há mais de uma semana na Terra Indígena Vale do Javari, no Amazonas, haviam sido encontrados.

Segundo Alessandra, a Polícia Federal telefonou informando a localização de dois corpos, afirmando ainda a necessidade de serem periciados para a confirmação da identidade.

Em nota, a PF informou a Agência Maurício Tragtenberg que não procede as informações divulgadas pela imprensa de que os corpos foram encontrados. A instituição afirmou que foram encontrados materiais biológicos que serão periciados e que, assim que for encontrado os corpos, a família e a imprensa serão comunicados.

No final de semana, o Comitê de crise, coordenado pela PF do Amazonas, disse que foram percorridos 25 quilômetros pela selva em trilhas existentes na região, áreas de igapós, e furos do Rio Itaquaí. Nessas buscas foram encontrados objetos pessoais dos desaparecidos, sendo um cartão de saúde e roupas pertencentes ao indigenista, e botas, roupas e uma mochila com roupas de Dom. De acordo com as autoridades, os objetos estavam próximos da casa de Amarildo Costa de Oliveira, suspeito de envolvimento no desaparecimento.

 

“Vai ser muito difícil encontrá-los com vida”

Nesta segunda-feira (13) o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “indícios levam a crer que fizeram alguma maldade” com o jornalista inglês Tom Phillips e o indigenista Bruno Pereira, que desapareceram há mais de uma semana na Terra Inidígena Vale do Javari, no Amazonas. A declaração foi feita em entrevista à rádio CBN de Recife (PE).

O presidente afirmou ainda acreditar ser difícil encontrá-los com vida devido ao tempo passado. "Já temos hoje oito dias, indo para o nono dia que isso tudo aconteceu, vai ser muito difícil encontrá-los com vida… Foram encontradas vísceras humanas, que já estão aqui em Brasília para fazer o [exame de] DNA”, disse o presidente. “Eu peço a Deus que isso aconteça, que os encontremos com vida, mas os informes, os indícios levam para o contrário no momento”.

Durante a entrevista, Bolsonaro seguiu com o que havia dito na Cúpula das Américas, alegando que o governo federal reagiu imediatamente após o desaparecimento, mas diversas entidades locais discordam e afirmam que, na verdade, houve demora nas buscas. Na sexta-feira (10) a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) apresentou uma petição no Supremo Tribunal Federal (STF) relatando que o governo não estava fazendo o suficiente para localizar os desaparecidos.

 

 

Internacional

Michelle Bachelet, alta Comissária de Direitos Humanos da ONU, relata preocupação com ameaças a ambientalistas e indígenas no Brasil. Guerra da Ucrânia: Russos expulsam tropas ucranianas da região de Severodonetsk. 

Foto: Reprodução/ ONU
Foto: Reprodução/ ONU

"Alarmada"

 

Durante a abertura do Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra, nesta segunda-feira (13),  a Alta Comissária de Direitos Humanos, Michelle Bachelet, disse estar preocupada com as ameaças constantes a ambientalistas e indígenas no Brasil.

"No Brasil, estou alarmada por ameaças contra defensores dos Direitos Humanos e ambientais e contra indígenas, incluindo a contaminação pela exposição ao minério ilegal de ouro", declarou Bachelet. "Peço às autoridades que garantam o respeito aos direitos fundamentais e instituições independentes".

Bachelet também falou sobre ameaças de ataques a legisladores e candidatos que participarão das eleições do Brasil, particularmente negros, mulheres e membros da comunidade LGBTQIA+. Também chamou atenção para "casos recentes de violência policial e racismo estrutural" no Brasil. 

 

Guerra da Ucrânia

O exército da Ucrânia revelou nesta segunda-feira (13) que as tropas russas expulsaram soldados ucranianos do centro de Severodonetsk, cidade estratégica do leste da Ucrânia e cenário de combates há várias semanas.

"Com o apoio da artilharia, o inimigo executou um ataque a Severodonetsk, com um triunfo parcial e expulsou nossas unidades do centro da cidade. Os combates continuam", informou o exército em um comunicado no Facebook.

 

 

Saúde

Atualização dos dados da pandemia. Brasil tem terceiro caso de varíola dos macacos. 

Foto: iStock
Foto: iStock

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 40.173 novos casos de COVID-19, e 70 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 163. No total, o país acumula 31.479.038 casos confirmados, e 668.180 óbitos por COVID-19. 

 

Terceiro caso 

Mais um caso de varíola foi confirmado no Brasil, o diagnóstico foi notificado na noite do domingo (12), pelo Instituto Adolf Lutz de São Paulo. Trata-se de um paciente residente em Porto Alegre, do sexo masculino, 51 anos, que viajou para Portugal, com retorno ao Brasil no dia 10 deste mês.

“O paciente está em isolamento domiciliar, junto com os seus contatos, apresenta quadro clínico estável, sem complicações e está sendo monitorado pelas secretarias de Saúde do estado e do município”, diz nota do Ministério da Saúde.

Até o momento, o Brasil registra três casos confirmados, sendo dois em São Paulo e um no Rio Grande do Sul. Estão em investigação seis casos suspeitos. Todos seguem isolados e em monitoramento.

 

Esportes

Brasileirão: Rodada é movimentada para times que disputam o G-6. NBA: Celtics e Warriors disputam o jogo 5.

Foto: Cesar Greco/Divulgação
O Palmeiras venceu o Coritiba por 2 a 0 neste sábado, garantindo a liderança - Foto: Cesar Greco/Divulgação

Brasileirão 

Para fechar a 11ª rodada do Campeonato Brasileiro série A, nesta segunda-feira (13), às 20h, o Botafogo joga contra o Avaí no estádio Nilton Santos. Ambas as equipes tentam se recuperar dos resultados ruins obtidos recentemente. Na última rodada, o Botafogo foi goleado por 4 a 0 pelo Palmeiras, enquanto o Avaí perdeu para o Atlético-GO por 2 a 1. 

Por falar no Palmeiras, a equipe alviverde recuperou a ponta da tabela ao vencer o Coritiba por 2 a 0, no Couto Pereira. No sábado (11), o Corinthians havia vencido o Juventude, na Arena NeoQuimica, por 2 a 0 e assumido a liderança, com a vitória do rival Palmeiras, a equipe caiu para a segunda colocação. 

Quem também venceu e se recuperou nesta rodada foi o São Paulo, com um placar magro de 1 a 0 contra o América-MG, no Morumbi. O Atlético-MG até saiu na frente, mas viu o Santos, com um jogador a menos, empatar, deixando o jogo em 1 a 1, no Mineirão. No Maracanã, o Fluminense foi surpreendido pelo Atlético-GO e perdeu por 2 a 0.

Jogando fora de casa, o RB Bragantino ficou no 1 a 1 contra o Cuiabá. No Beira-Rio, o Internacional venceu o Flamengo por 3 a 1, na estreia de Dorival Júnior sob o comando da equipe carioca. Jogando em casa, na Serrinha, o Goiás empatou em 1 a 1 contra o Ceará. No Castelão, o Fortaleza empatou sem gols com o Athletico-PR. 

Com os resultados, o Palmeiras segue em 1° com 22 pontos, o Corinthians é o 2° com 21, seguido pelo São Paulo em 3° com 18 pontos, o Internacional é o 4° também com 18 pontos. Fechando o G-6 estão Athletico-PR em 5° e Atlético-MG em 6°, ambos com 17 pontos. Na outra ponta da tabela, o Cuiabá abre a zona de rebaixamento na 17ª posição com 12 pontos, o Avaí é o 18° com 11 pontos, logo atrás vem o Juventude em 19° com 10 pontos e na lanterninha do campeonato está o Fortaleza com 7 pontos.


 

Finais da NBA 

As finais da NBA, liga de basquete americana, estão de volta a São Francisco, casa do Golden State Warriors. Depois de dois jogos em Boston, com uma vitória para cada lado, as finais voltam a ter mando dos Warriors no jogo 5, nesta segunda-feira (13), em partida prevista para às 22h (horário de Brasília).

A série melhor de 7 jogos está empatada em 2 a 2, com direito a virada emocionante do Golden State no último quarto do jogo 4. Quem vencer a partida desta segunda-feira (13) terá a chance de se sagrar campeão já no próximo jogo, marcado para a quinta-feira (16), no TD Garden, casa do Boston Celtics. É emoção até o fim na NBA! 







 

 

Tags:
2ª turma do STF derruba decisão de Nunes Marques e mantém cassação de deputado bolsonarista, Bolsonaro na Cúpula das Américas, IBGE divulga que a renda média do brasileiro é a menor em 10 anos e mais
por
Letícia Coimbra
Luan Leão
|
10/06/2022 - 12h

Política

STF: 2ª turma derruba decisão de Nunes Marques e mantém cassação de deputado bolsonarista. AGEMT Explica: Verbas públicas para a cultura.

Deputado Valdevan Noventa teve o mandato cassado Cleia Viana / Câmara dos Deputados/Divulgação
Deputado Valdevan Noventac(PL) teve o mandato cassado - Cleia Viana / Câmara dos Deputados/Divulgação

 

Decisão derrubada 

Nesta sexta-feira (10) a segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a decisão do Ministro Nunes Marques e manteve a cassação do deputado federal Valdevan Noventa (PL-SE). Por 3 a 2, o colegiado manteve o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que havia decidido de forma unânime pela cassação do mandato.

Votaram pela manutenção da sentença do TSE os ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Edson Fachin. Além de Nunes Marques, apenas o ministro André Mendonça votou pela devolução do mandato ao deputado.

Valdevan Noventa do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, é acusado de abuso de poder econômico e compra de votos na eleição de 2018. A votação segue no plenário virtual da segunda turma do STF até às 23h59 desta sexta-feira (10). 

Essa é a segunda vez nesta semana que a segunda turma julga a cassação de um deputado aliado do presidente Bolsonaro. A primeira votação foi sobre o deputado estadual Fernando Francischini (União Brasil-PR), acusado de disseminar notícias falsas sobre o sistema eleitoral nas eleições de 2018. Assim como no caso de Valdevan, Nunes Marques levou a decisão para o plenário da segunda turma mas foi derrotado, tendo sido acompanhado apenas por André Mendonça - novamente - no voto a favor do restabelecimento do mandato do deputado estadual. 
 

AGEMT Explica: Verbas públicas para a cultura 

O AGEMT Explica desta semana vai falar sobre a polêmica da destinação de dinheiro público para financiar eventos culturais. Você sabe quais são as formas de destinação de verbas envolvidas na confusão ? E a Lei Rouanet ? E as destinações de verbas diretas ? Calma, AGEMT Explica!

O “AGEMT Explica” é uma iniciativa da Agência Maurício Tragtenberg para explicar semanalmente, de uma forma fácil, questões que envolvem assuntos de relevância para a sociedade. Você não entendeu ? AGEMT Explica!

 

Internacional

Cúpula das Américas: Bolsonaro fala sobre desaparecidos em discurso e diz que governo faz "busca incansável". O presidente também se disse "maravilhado" com Biden. 

Foto: Reuters
Foto: Reuters

 

"Busca incansável"

Em discurso na IX Cúpula das Américas em Los Angeles, nos Estados Unidos, nesta sexta-feira (10), o presidente Jair Bolsonaro disse que o governo faz "busca incansável" pelo jornalista Dom Phillips e pelo indigenista Bruno Pereira, desaparecidos desde o domingo (05) no Vale do Javari, na Amazônia. 

Mais cedo, o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos pediu para que o governo brasileiro "redobre" os recursos e os esforços nas operações de buscas. A porta-voz da ONU, Ravina Shamdasani, criticou o governo brasileiro pela demora para iniciar as buscas.

"Desde o último domingo, quando tivemos a informação de que dois cidadãos, um britânico, Dom Phillips, e o brasileiro Bruno Araújo [Pereira], desapareceram na região do Vale do Javari, as nossas Forças Armadas e a Polícia Federal têm se destacado na busca incansável para alcançar essas pessoas. Pedimos a Deus que sejam encontrados com vida" - Jair Bolsonaro 

 

"Maravilhado"

Após diversos ataques indiretos e diretos desde a eleição de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos em 2020, o presidente Jair Bolsonaro se disse "maravilhado" com o chefe de estado americano. A fala foi concedida em entrevista à CNN nesta sexta-feira (10), após a reunião bilateral entre os presidentes.

"Foi excepcional, estou muito feliz. Posso dizer que estou maravilhado com ele. Não estou errando em falar dessa maneira. Ficamos quase meia hora conversando reservadamente" - Jair Bolsonaro 

Bolsonaro foi um dos últimos presidentes do mundo a reconhecer o resultado da eleição de Biden na conturbada eleição contra o Republicano Donald Trump. Notório admirador do Republicano, Bolsonaro e Trump já trocaram elogios públicos. No começo da semana, na chegada aos EUA, o presidente brasileiro falou sobre a relação a jornalistas.

"Não vim aqui tratar das eleições americanas, isso é passado. Todos sabem que eu tinha uma ótima relação com o presidente Donald Trump, mas o presidente agora é Joe Biden, é com ele que converso, ele é o presidente" - Jair Bolsonaro 
 

 

Economia

IBGE: Renda média do brasileiro cai e é a menor em 10 anos; Comércio tem alta pelo 4º mês consecutivo. 

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

 

Renda menor

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra a Domicílios (PNAD) mostram que a renda do brasileiro caiu 6,9% em 2012, chegando ao menor valor da série, que é realizada desde 2012. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo levantamento, as regiões norte e nordeste são as que apresentam os menores valores.

Na região Norte, a média salarial fica em R$817, enquanto na região Nordeste o valor é de R$843. As regiões Sul e Sudeste permaneceram como as maiores médias de renda, tendo R$1.656 e R$1.645, respectivamente. 

O Norte e o Nordeste também foram as regiões que apresentaram as menores perdas em 2020 e 2021, com 9,8% e 12,5%.

De 2020 a 2021, a quantidade de Domicílios beneficiários de programas sociais, incluindo o auxílio-emergencial, subiu de 15% para 23%. No mesmo período, no entanto, a renda mensal de todos os trabalhos caiu 3,1%, indo de R$223,6 bilhões para R$216,7 bilhões.

O Brasil teve o pior rendimento médio mensal por pessoa da década chegando a R$1.353. Todos esses números, na prática, mostram que as famílias mais empobrecidas, que ganhavam cerca de R$75 reais mensais em 2012, viram esse valor cair para R$39 reais no ano passado. 

 

Alta do comércio 

Pelo quarto mês seguido o comércio registrou alta nas vendas, segundo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (10). De acordo com o IBGE, as vendas do comércio varejista subiram 0,9% em abril na comparação com março, com o ajuste sazonal.

Na comparação com abril de 2021, sem o ajuste sazonal, o setor teve alta de 4,5%. As vendas do varejo restrito, acumularam uma aceleração de 2,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em 12 meses, houve uma alta de 0,8%. 

Com o ajuste sazonal, o varejo ampliado, que inclui atividades de material de construção e de veículos, as vendas subiram 0,7% em abril com relação a março. Se comparado a abril de 2021, sem o ajuste sazonal, o varejo ampliado teve alta de 1,5% em abril de 2022. No ano, o varejo ampliado acumula alta de 1,4% no ano; e elevação de 2,2% em 12 meses.

 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 56.491 novos casos de COVID-19, e 170 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 141 . No total, o país acumula 31.417.341 casos confirmados, e 667.960 óbitos por COVID-19. 
 

Cultura

Dica AGEMT: Feira do livro ao ar livre em SP.

Foto: Lia Lubambo/Divulgação
Foto: Lia Lubambo/Divulgação

 

Feira do livro

Se você está em São Paulo, temos uma dica cultural para aproveitar o final de semana. Começou na quarta-feira (08) a Feira do Livro em frente ao estádio do Pacaembu, na Praça Charles Miller, na zona oeste de São Paulo. A Feira é gratuita e abre no sábado (11) e no domingo (12), das 10h às 21h.

O evento contará com mais de 55 convidados e a participação de 120 editoras e livrarias, espalhadas pela rotatória em frente ao estádio. Oficinas de cultura, batalha de poesia falada, tenda de autógrafos e mediações de leituras estão entre as atrações. 

As mesas literárias estão montadas as mesas literárias estão montadas no Palco da Praça e no Auditório Armando Nogueira, dentro do Museu do Futebol e tem lotação limitada. As conversas acontecem simultaneamente. 

A programação do evento para este final de semana conta com escritores como a angolana Yara Nakahanda Monteiro, o francês Bill François e a espanhola María Duenas. Vale a pena conferir!
 

Esportes

Brasileirão: Palmeiras reassume a liderança ao golear; veja a rodada do final de semana. NBA: Celtics e Warriors se enfrentam no quarto jogo. 

Foto: Divulgação/Palmeiras
Foto: Divulgação/Palmeiras

 

Brasileirão

O Palmeiras reassumiu a ponta do Campeonato Brasileiro série A ao final da 10ª rodada. Jogando em casa contra o Botafogo, na noite de quinta-feira (09), o verdão amassou o time carioca e venceu por 4 a 0, com destaque para as atuações de Rony, com dois gols, e Gustavo Scarpa, autor de duas assistências e um gol. O resultado fez o alviverde paulista chegar aos 19 pontos, assumindo a primeira colocação da tabela. 

Também na noite de quinta-feira (09), Coritiba e São Paulo empataram em 1 a 1, no Couto Pereira. Na Arena Castelão, Fortaleza e Goiás também empataram pelo mesmo placar.

Com os resultados, o Palmeiras é o 1° do campeonato com 19 pontos; seguido por Corinthians com 18 pontos; em terceiro vem o Atheltico-PR com 16 pontos; mesma pontuação do quarto colocado Atlético-MG. Fechando o G-6 estão, em 5°, o Coritiba com 15 pontos e em 6° o São Paulo, com os mesmos 15 pontos. 

Na parte inferior da tabela, abrindo o Z-4, está o Cuiabá com 11 pontos, seguido por Atlético-GO com 10, Juventude com 10 e Fortaleza é o lanterna com 6 pontos conquistados até aqui. 

Para o final de semana, os destaques são as partidas entre Atlético-MG e Santos, no sábado (11), às 19h, em Belo Horizonte. Ainda no sábado (11), porém mais tarde, às 21h, Internacional e Flamengo se enfrentam no gigante da Beira-Rio. O Rubro-Negro terá a estreia de Dorival Júnior no comando. No domingo (12), o destaque é o jogo entre o líder Palmeiras e o 5° colocado Coritiba, às 18h, no Couto Pereira. 
 

Finais da NBA

O TD Garden, em Boston, volta a ser palco de mais um duelo entre Boston Celtics e Golden State Warriors pelas finais da NBA, liga de basquete americana. A partida 4 da série melhor de 7 acontece nesta sexta-feira (10), e a bola sobe a partir das 22h (horário de Brasília).

Os Celtics estão em vantagem (2 a 1), após vencerem o jogo 3 da decisão. Melhor defesa da liga, a equipe mostrou força para bater os campeões da Conferência Oeste no último jogo. Já o Golden State precisa repetir a boa atuação exibida no jogo 2, quando venceram com folga. 

Após o jogo desta sexta-feira (10), as finais voltam a São Francisco, caso dos Warriors, na segunda-feira (13), para a realização do jogo 5.  

Tags:
Ato em Londres cobra respostas sobre o desaparecimento do jornalista britânico Dom Phillips e indigenista Bruno Pereira, Bolsonaro vai a Los Angeles para participar da Cúpula das Américas, inflação desacelera em maio e mais
por
Letícia Coimbra
Luan Leão
Vitor Simas
|
09/06/2022 - 12h

 

Política

Bolsonaro sugere que os supermercados tenham o “menor lucro possível”. Senador Fernando Bezerra lê o relatório sobre mudanças no ICMS. 

O presidente Jair Bolsonaro (PL), durante evento da Associação Brasileira de Supermercados. Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro (PL), durante evento da Associação Brasileira de Supermercados. Foto: Reprodução

 

“Menor lucro possível”

Nesta quinta-feira (9), o presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu que os supermercados tivessem o “menor lucro possível”, como uma maneira de combater os altos índices de inflação no Brasil. O apelo foi feito no Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento, promovido pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), no qual o chefe do Executivo e o ministro da Economia, Paulo Guedes, participaram de forma virtual. 

“O apelo que eu faço aos senhores, para toda a cadeia produtiva, é que os produtos da cesta básica, cada um obtenha o menor lucro possível, para a gente poder dar uma satisfação a uma parte considerável da população, em especial os mais humildes”, disse.

O presidente se queixou das pessoas o culparem pela “inflação e aumento dos gêneros alimentícios”. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a inflação desacelerou para 0,47% em maio. Apesar disso, de acordo com o UOL, ela ainda acumula alta de 11,73% em 12 meses.
 

Leitura do relatório

Nesta quinta-feira (9) o senador Fernando Bezerra fez a leitura do relatório com análise pela aprovação do projeto de lei que fixa em 17% o teto do ICMS sobre combustíveis, telecomunicações, energia elétrica e transporte. É esperada a votação da proposta na próxima segunda-feira (13).

“Já existem algumas sinalizações de que, se esse projeto cumprir os objetivos que se espera dele, porque esse projeto tem a capacidade de poder reduzir o IPCA em dois pontos percentuais até o final do ano. Se isso ocorrer, se o projeto for efetivo, o Brasil poderá ter uma inflação menor do que a inflação americana, depois de muito tempo ao longo da sua história”, argumentou o senador.

A aprovação da proposta é defendida pelo governo, que incluiu a redução dos tributos estaduais sobre combustíveis como uma das soluções para tentar conter a disparada dos preços e, consequentemente, da inflação.

 

Economia

IBGE: Inflação desacelera em maio. 

Reprodução/ UGT (União Geral dos Trabalhadores)
Reprodução/ UGT (União Geral dos Trabalhadores)

 

Inflação em 0,47%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, desacelerou para 0,47% em maio, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (09). 

Em abril, o IPCA havia ficado em 1,06%, sendo a maior variação para o mês desde 1996. Com os novos dados, a inflação chegou a 11,73% no acumulado dos últimos 12 meses. Neste ano, os preços ao consumidor subiram 4,78%. A inflação de 12 meses acumulados em maio é a maior desde 2003, quando registrou 17,24%.

Oito dos noves grupos pesquisados tiveram avanço nos preços no mês de maio. A maior aceleração foi no grupo de vestuário, com alta de 2,11%, contribuindo 0,09 ponto percentual para o IPCA mensal. O grupo que mais teve impacto no dado mensal foi o de transportes, com 0,30 ponto percentual, tendo alta de 1,34%.

O único grupo que registrou desaceleração nos preços foi o de habitação, com -1,70%, impactando -0,26 ponto percentual no IPCA do mês. 

No acumulado, o IPCA está em dois dígitos desde setembro de 2021. Caso continue, ficará fora da previsão para inflação deste ano feita pelo Banco Central, que tem como teto 5%. 

 

Meio Ambiente

Frente fria se aproxima, e o final de semana promete ser gelado. Ministro da Defesa diz não ter noção do que pode ter acontecido com jornalista e indigenista desaparecidos; ato em Londres cobra respostas.

Irmã do jornalista Dom Phillips, Sian Phillips, segura rosa em ato que cobra respostas sobre o desaparecimento do jornalista e de Bruno Pereira, em Londres, em 9 de maio de 2022. — Foto: Toby Melville/ Reuters
Irmã do jornalista Dom Phillips, Sian Phillips, segura rosa em ato que cobra respostas sobre o desaparecimento do jornalista e de Bruno Pereira, em Londres, em 9 de maio de 2022. — Foto: Toby Melville/ Reuters

 

Nova frente fria

De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe) nova frente fria se aproxima pelo Sul do país com temperaturas previstas abaixo de 0 ° C em áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina; no Sudeste há chance de geadas. A mudança de tempo começará a partir de sexta-feira (10) e irá se intensificar nas demais regiões do Brasil a partir de sábado. 

 

Sem respostas

Manifestantes em Londres, Reino Unido e em Los Angeles, nos Estados Unidos exigem respostas sobre o sumiço do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips.

Representantes do Greenpeace, que organizaram o protesto em Londres, questionaram a lentidão das buscas e pediram mais recursos, como helicópteros. A Marinha, que realiza as buscas junto do Exército e da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, afirmou ter enviado aeronaves para ajudar no trabalho.

A União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), que também faz buscas, afirma que não houve nenhum sobrevoo na área até agora.

Apenas um dos suspeitos pelo desaparecimento foi preso pela Polícia Militar do Amazonas, desde domingo (5).

Em audiência na Câmara dos Deputados que ocorreu na quarta-feira (8), o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira afirmou que não houve atraso das Forças Armadas para atuar na busca dos desaparecidos "Tão logo surgiu a notícia, passei uma mensagem ao grupo dos comandantes das Forças [Armadas] e mandei imediatamente colocar o que tinha de perto à disposição."

        

Internacional

Bolsonaro vai a Los Angeles para participar da Cúpula das Américas

Alan Santos/Divulgação Presidência
Foto: Alan Santos/Divulgação Presidência

 

Primeiro encontro dos líderes

Nesta quinta-feira (9) o presidente Jair Bolsonaro chegou em Los Angeles, nos Estados Unidos, para encontro de líderes na Cúpula das Américas, cujo tema será “Construindo um futuro sustentável, resiliente e equitativo”.  Esta é a primeira vez que Bolsonaro e o presidente americano, Joe Biden, se encontram oficialmente desde as eleições americanas em 2020.

Antes do encontro, ao ser perguntado por jornalistas a respeito de sua relação com o ex-presidente Donald Trump, Bolsonaro, que nunca escondeu sua admiração pelo republicano, falou que sua relação com ele ficou para trás. 

"Não vim aqui tratar desse assunto. Já é um passado. Vocês sabem que eu tive um excelente relacionamento com o presidente Trump. O presidente agora é Joe Biden, é com ele que eu converso, ele é o presidente e não se discute mais esse assunto", afirmou o chefe do Executivo, na saída do hotel.

Considerando sua reeleição, o presidente destacou a necessidade de aprofundar o relacionamento, afirmando que “serão oito anos” com o líder americano. 

Bolsonaro disse também que espera um encontro tranquilo e que não levou nenhum pedido específico. No que diz respeito a isso, o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, disse a jornalistas americanos que Biden não pretende aceitar exigências feitas pelo presidente brasileiro e que na reunião conversarão sobre meio ambiente e eleições livres. Segundo Sullivan, não haverá temas proibidos.
 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 45.073 novos casos de COVID-19, e 143 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 123. No total, o país acumula 31.360.850 casos confirmados, e 667.790 óbitos por COVID-19. 

 

Esportes

Brasileirão: Palmeiras pode assumir a liderança caso vença; resultados da rodada. NBA: Celtics vence o terceiro jogo das finais. 

Foto: Marcelo Gonçalves/FFC
Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

 

Brasileirão 

Nesta quinta-feira (09) às 19h, o Palmeiras entra em campo contra o Botafogo, no Allianz Parque, e pode assumir a liderança do campeonato brasileiro. Mais tarde, às 20h, o Goiás visita o Fortaleza, no Castelão; e o Coritiba recebe o São Paulo, no Couto Pereira. 

Na quarta-feira (08), o Atlético-MG perdeu para o Fluminense por 5 a 3, no Maracanã, e desperdiçou a chance de chegar na liderança do torneio. O RB Bragantino venceu o Flamengo por 1 a 0, em Bragança. O resultado movimentou os bastidores no Ninho do Urubu, e o técnico Paulo Sousa deve ser demitido; Dorival Júnior, atualmente no Ceará, deve assumir o posto. 

Por falar no Ceará, os alvinegros foram até Belo Horizonte e venceram o América-MG por 2 a 0. Quem também venceu fora de casa foi o Athletico-PR, que aplicou 3 a 1 no Juventude, em Caxias do Sul. Jogando em casa, o Atlético-GO venceu o Avaí por 2 a 1. Na Vila Belmiro, Santos e Internacional ficaram no 1 a 1.

 

Finais da NBA

Na noite de quarta-feira (08), no primeiro jogo em casa na série das finais da NBA, liga de basquete americana, o Boston Celtics venceu o Golden State Warriors por 116 a 100. Com o resultado, os Celtics abriram 2 a 1 na série melhor de sete jogos. 

O ala-armador dos Celtics, Jaylen Brown, foi um dos destaques da partida com 27 pontos. As equipes voltam a se enfrentar, ainda em Boston, na sexta-feira (10), às 22h (horário de Brasília). 

Tags:
Lula com 16 pontos à frente de Bolsonaro, polícia prende suspeito de envolvimento no desaparecimento de jornalista e indigenista, relatório mostra que número de pessoas sem ter o que comer dobra durante a pandemia e mais.
por
Ana Beatriz Villela
Letícia Coimbra
Luan Leão
Vitor Simas
|
08/06/2022 - 12h

 

Política

Eleições: No primeiro turno, Lula tem 46% e Bolsonaro 30%, diz Quaest. Presidente do Senado se reúne com governadores para discutir proposta que mexe no ICMS; Lula diz que proposta de Bolsonaro não vai funcionar.

Foto: Alan Santos/PR e Ricardo Stuckert
Foto: Alan Santos/PR e Ricardo Stuckert

 

Pesquisa Eleitoral

A Genial/Quaest divulgou nesta quarta-feira (08) mais uma pesquisa eleitoral, e mais uma vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece na liderança da pesquisa, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A Genial/Quaest entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 2 e 5 de junho, e tem 95% de confiança.

Em pesquisa estimulada de 1º turno, Lula (PT) aparece com 46%; Bolsonaro (PL) vem logo atrás com 30%. O candidato Ciro Gomes (PDT) tem 7%; o deputado federal André Janones (AVANTE) aparece com 2%; Simone Tebet (MDB) e Pablo Marçal (PROS) somam 1% cada. Segundo o levantamento, Luiz Felipe D’Ávila (Novo), José Maria Eymael (DC), Luciano Bivar (União Brasil), Leonardo Péricles (UP), Santos Cruz (Podemos), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU) não somaram nenhum ponto. 

Indecisos somaram 6%. Branco, nulos ou pessoas que disseram que não iriam votar eram 7%. Considerando apenas o cenário de votos válidos, ou seja, excluindo brancos e nulos, Lula registra 52,87% dos votos, contra 34,48% de Bolsonaro.

Na pesquisa espontânea, quando os nomes não são apresentados ao entrevistado, Lula segue na liderança com 32% dos votos. Bolsonaro tem 20% e Ciro aparece com 1%. Brancos, nulos e não vão botar somam 1%. Os indecisos chegam a 42%.

Na pesquisa estimulada de um segundo turno entre Lula e Bolsonaro, o ex-presidente também segue na liderança. Nesse recorte, Lula aparece com 54% das intenções de voto, contra 32% de Bolsonaro. Os indecisos somam 3%, brancos, nulos e não vão votar são 9%. Em um cenário entre Lula e Ciro Gomes, o petista aparece com 52%, enquanto o pedetista soma 25% das intenções. Os indecisos somam 4%, e brancos, nulos e não vão votar aparecem com 19%. 

Em um cenário entre o ex-presidente Lula e a candidata do bloco da chamada “terceira via”, que reúne MDB, Cidadania e espera apoio do PSDB, Simone Tebet, o ex-presidente também lidera e aumenta a margem de diferença. Lula tem 56% e Simone Tebet aparece com 20%. 

 

Razões do voto 

Para 44% dos eleitores, a economia é o fator principal para a eleição, destes, 23% apontam a inflação em específico. 46% dos eleitores se disseram preocupados com a Covid-19. E de acordo com 63% dos entrevistados, o presidente Jair Bolsonaro errou mais do que acertou no combate à Pandemia. 

 

ICMS na pauta 

O presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), se reuniu nesta quarta-feira (08) com um grupo de governadores e secretários estaduais de Fazenda, para discutir a proposta que limita o ICMS sobre os combustíveis.

A reunião durou cerca de duas horas e participaram os governadores Rui Costa (Bahia), Paulo Câmara (Pernambuco), Rodrigo Garcia (São Paulo), Paulo Velten (governador em exercício do Maranhão) e Mauro Mendes (governador do Mato Grosso). Além deles, participaram os secretários estaduais de Fazenda e Décio Padilha, presidente do Comitê Nacional de Secretários Estaduais de Fazenda, Finanças, Receitas ou Tributação dos Estados e Distrito Federal (Comsefaz). Outro grupo de governadores e secretários já haviam se reunido com Pacheco na noite de terça-feira (07).

Nos dois encontros também esteve presente o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), relator da proposta do Senado. A previsão é de que Bezerra apresente ainda nesta quarta-feira (08) o relatório sobre o projeto e que a votação do tema aconteça na próxima segunda-feira (13). 

O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Bens e Serviços), é um imposto estadual que influencia no preço da maioria dos produtos vendidos no país, dentre eles os combustíveis. A proposta do governo federal, já aprovada na Câmara dos Deputados, é de que haja um teto para a cobrança do ICMS. 

Os estados pedem uma compensação para a queda de arrecadação que ocorrerá com a criação deste teto. Outras negociações devem ocorrer na quinta-feira (09).
 

Meio Ambiente

Polícia prende suspeito de envolvimento no desaparecimento de jornalista e indigenista. 

Foto: Reprodução/CUT
Foto: Reprodução/CUT

 

Desaparecimento Jornalista e indigenista 

Homem suspeito com o envolvimento do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e o jornalista britânico Dom Phillips na Amazônia, foi preso pela Polícia Militar do Amazonas nesta quarta-feira (8).

O procurador jurídico da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari, Eliesio Marubo, informou em entrevista que são três suspeitos envolvidos no desaparecimento. “Temos três suspeitos. Tivemos a detenção de um deles e esperamos que esses dois sejam capturados nas próximas horas, para apresentarem sua versão, de tudo que foi imputado a eles", disse Marubo.

 

Economia

Número de pessoas sem ter o que comer dobra durante a pandemia, mostra relatório da Rede PENSSAN. Economia mundial crescerá 5 vezes meses que a do Brasil, diz OCDE.

Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

 

Tem gente com fome 

Cerca de 33 milhões de pessoas passam fome no Brasil, é o que mostram dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia de Covid-19 no Brasil, feito pela Rede PENSSAN (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional), divulgados nesta quarta-feira (08). Esse número é quase o dobro do registrado em 2020.

No 1º inquérito, divulgado em abril de 2021, o relatório estimava que cerca de 19 milhões de pessoas não tinham o que comer em 2020. Em 2018 esse número era de 10,3 milhões. Atualmente, 58,7% da população vive em insegurança alimentar. 

Em termos populacionais, o levantamento mostrou que 125,2 milhões de brasileiros estão em domicílios com insegurança alimentar e mais de 33 milhões de forma grave. A forma grave é quando existe a falta de alimento entre todos os moradores da casa, incluindo crianças; nesse estágio as pessoas convivem com a fome. A Rede atribui a situação a “continuidade do desmonte de políticas públicas, a piora da crise econômica, o aumento das desigualdades sociais e o segundo ano da Pandemia da COVID-19”. 

“O país regrediu para um patamar equivalente ao da década de 1990” - afirma o relatório

O levantamento mostrou que a insegurança alimentar é mais comum na zona rural, atingindo cerca de 18% da população. Entre as famílias com insegurança alimentar grave, 25,7% estão no norte e 21% no nordeste. A pesquisa mostra também que a fome é presente em 43% das famílias com renda per capita (por pessoa) de até 1/4 do salário mínimo. Dessas famílias, a maioria é chefiada por mulheres que se denominam parda ou preta. 

Ao todo, a pesquisa ouviu adultos em 12.745 domicílios brasileiros, nos 26 estados e no Distrito Federal, nas zonas rural e urbana, entre novembro de 2021 e abril de 2022.

 

E o crescimento ó…

Na divulgação de seu estudo semestral com previsões para a economia mundial nesta quarta-feira (08), a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) anunciou que a economia brasileira deve crescer apenas 0,6% em 2022. Para a economia mundial, a previsão de crescimento é de 3%.

Para a entidade, as incertezas políticas em relação a eleição de outubro, a alta da inflação e os impactos da guerra na Ucrânia colaboram para essa desaceleração da economia. Segundo as estimativas, a economia brasileira crescerá menos do que a da Colômbia (6,1%), da Argentina (3,6%) e do México (1,9%).

A OCDE também revisou para baixo as expectivas de crescimento do Produto Interno Bruto global, passando de 4,5% para 3%. "O preço da guerra pode ser ainda mais elevado. O conflito afeta a distribuição de alimentos básicos e de energia, alimentando a alta da inflação em todo o mundo, ameaçando particularmente os países mais pobres", disse no relatório o economista-chefe do estudo, Laurence Boone. 

O estudo pede que o Brasil "reforce devidamente" as leis de combate ao desmatamento ilegal "para proteger os recursos naturais da Amazônia". A Organização também sugere a exploração de energias alternativas como a eólica e a solar. 

 

Internacional

Ponte desaba no México. Acidente com trem deixou pelo menos 17 mortos no Irã. Guerra da Ucrânia: Porta-voz do Kremlin fala que reunião entre Putin e Zelensky tem que ser “bem preparada”. 

Foto: Reprodução/CUT
Ponte desaba em Cuernavaca, no México, durante cerimônia de inauguração — Foto: Reprodução

 

Ponte cai no Mexico 

Durante sua reinauguração, uma ponte desabou  na cidade de Cuernavaca, em Morelos, no México. O acidente aconteceu na manhã de quarta-feira (8) e, segundo a imprensa local, pelo menos oito pessoas ficaram feridas, sendo que duas delas foram levadas para o hospital com ferimentos graves.

Pelo menos 20 pessoas estavam na ponte suspensa quando ela desabou, incluindo o prefeito de Cuernavaca, sua esposa, quatro vereadores, jornalistas e o administrador municipal.

Por ordens do governador local, agentes da Proteção Civil foram enviados para o lugar do acidente. No Twitter, a organização informou que "os feridos foram transferidos para diferentes hospitais para atendimento médico".

Ainda não se sabe exatamente o que motivou a queda da ponte. Assim, as investigações acerca do acidente, conforme narrado pela imprensa mexicana, devem ficar a cargo do próprio município de Cuernavaca.

 

Acidente de trem no Irã

Ao menos 17 pessoas morreram e 50 ficaram feridas em um acidente de trem na área de Tabas, no Irã, nesta quarta-feira (8). O veículo colidiu com uma escavadeira que estava no local.

"17 pessoas morreram e, dos feridos, 37 foram transferidos para o hospital. O número de vítimas pode aumentar porque muitos dos feridos estão em condições críticas", informou o porta-voz dos serviços de resgate iraniano, Mojtaba Khaledi, à imprensa oficial.

De acordo com o canal Iribnews, o acidente aconteceu em uma área desértica próxima de Tabas, a 900 quilômetros ao Sudoeste de Teerã, na linha que percorre o trajeto entre as cidades de Mashhad e Yazd. Imagens divulgadas pela agência estatal Isna mostram um vagão tombado na ferrovia e outros quatro arrastados pelo acidente.

 

Negociações Rússia x Ucrânia

Nesta quarta-feira (8), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, falou a repórteres que qualquer reunião entre os presidentes russo, Vladimir Putin, e o ucraniano, Volodymyr Zelensky, deve ser “produtiva e bem preparada”.

Sobre a crise alimentar, Peskov disse que as sanções ocidentais devem ser suspensas para que os grãos russos possam ser entregues ao mercado internacional, já que não houve “discussões substantivas” sobre o levantamento dessas sanções. 

O porta-voz do Kremlin também culpou as sanções pelas dívidas da Rússia, já que congelaram quase metade das reservas em moeda estrangeira do país.

 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.  Julgamento do Rol Taxativo. 

Protesto contra o rol taxativo acontece em Santos nesta quarta-feira (8) — Foto: Reprodução
Protesto contra o rol taxativo acontece em Santos nesta quarta-feira (8) — Foto: Reprodução

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 49.614 novos casos de COVID-19, e 299 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 121. No total, o país acumula 31.315.777 casos confirmados, e 667.647 óbitos por COVID-19. 

 

Mudança

 

A segunda turma do Superior Tribunal de Justiça, em sessão que aconteceu nesta quarta-feira (8) estabeleceu a cobertura taxativa sobre o rol de procedimentos listados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para os planos de saúde.

Até agora, o rol da ANS era considerado exemplificativo pela maior parte do Judiciário, os pacientes que tivessem procedimentos, exames, cirurgias e medicamentos que não constassem na lista poderiam recorrer à Justiça e conseguir essa cobertura. 

Uma alteração na lei n°14.307/2022, que foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro no dia 4 de março, tratando sobre a atualização das coberturas no âmbito da Saúde suplementar, abriu essa discussão. A sanção tornou lei uma medida provisória e tinha por objetivo a modificação das regras de atualização do rol da ANS.  

Com a decisão do STJ, os planos de saúde não são mais obrigados a cobrir tratamentos que não estejam definidos no rol. Entre os tratamentos que podem ser negados estão medicamentos, procedimentos cirúrgicos essenciais aos pacientes prescritos pelos médicos, atendimentos terapêuticos para autistas, entre outros.

 

Esportes

Brasileirão: Corinthians perde e pode perder a liderança ainda nesta rodada; jogos desta quarta-feira (08). 

Foto: AssCom Dourado
Foto: AssCom Dourado

 

Brasileirão 

O 3° colocado Atlético-MG entra em campo nesta quarta-feira (08), às 21h30, de olho na liderança, contra o Fluminense, no Maracanã. No mesmo horário, na Vila Belmiro, o Santos enfrenta a equipe do Internacional.

Mais cedo, às 19h, dois jogos abrem a rodada de futebol da quarta-feira (08): América-MG e Ceará, no Independência; e Juventude e Athletico-PR, no Alfredo Jaconi. Às 20h30, Atlético-GO e Avaí medem forças no estádio Antônio Accioly.

Na próxima quinta-feira (09), três jogos fecham a rodada. Às 19h, o Palmeiras recebe o Botafogo no Allianz Parque. Jogando no Couto Pereira, às 20h, o Coritiba vai jogar contra o São Paulo. No mesmo horário, encerrando a 10ª rodada, o Fortaleza recebe o Goiás, no Castelão

Na terça-feira (07), o líder Corinthians foi até o Mato Grosso enfrentar o Cuiabá e perdeu por 1 a 0. Em uma partida com pouca inspiração, a equipe paulista viu a "lei do ex" castigar mais uma vez, quando o lateral-esquerdo Uendel marcou o gol da vitória do time mato-grossense. Com a derrota, o Corinthians que tem 18 pontos pode perder a liderança do Brasileirão ainda nesta rodada para Palmeiras e Atlético-MG, que ainda jogam.

Tags:
Aumento de mortes causadas pela chuva em Pernambuco, Bolsonaro nega reajuste salarial de servidores, Demi Lovato anuncia show no Brasil e mais.
por
Ana Beatriz Villela
Letícia Coimbra
Sônia Xavier
|
07/06/2022 - 12h

Política

“Que sejam encontrados brevemente”, diz Bolsonaro sobre jornalista e indigenista desaparecidos. Bolsonaro diz que "pelo que tudo indica" não deve haver aumento para servidores neste ano. 2ª Turma do STF decide manter cassação do mandato de Fernando Francishini. 

Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

 

“A gente espera e pede a Deus para que sejam encontrados brevemente”

Ainda em entrevista ao SBT nesta terça-feira (7) o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou esperar que o indigenista Bruno Araújo e o jornalista inglês Dom Phillips, desaparecidos na Amazônia desde domingo (5), sejam encontrados “brevemente”.

Bolsonaro chamou a viagem que os dois faziam da comunidade Ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte de “uma aventura que não é recomendável", afirmando que a região é “completamente selvagem” e “onde tudo pode acontecer”. Segundo o chefe do Executivo, duas pessoas foram detidas pela Polícia Federal e estão sendo investigadas.

"O que nós sabemos até o momento? Que no meio do caminho teriam se encontrado com duas pessoas, que já estão detidas pela Polícia Federal, estão sendo investigadas. E, realmente, duas pessoas apenas num barco, numa região daquela, completamente selvagem, é uma aventura que não é recomendável que se faça. Tudo pode acontecer. Pode ser um acidente, pode ser que eles tenham sido executados. Tudo pode acontecer. A gente espera e pede a Deus para que sejam encontrados brevemente. As Forças Armadas estão trabalhando com muito afinco na região", afirmou Bolsonaro.
 

Reestruturação prevista para 2023

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta terça-feira (7) que o salário dos servidores federais não será reajustado neste ano e descartou o aumento de 5% sugerido pelo governo desde abril, dizendo que o faria em um eventual segundo mandato. A afirmação foi feita em uma entrevista dada ao SBT.

“Lamento. Pelo que tudo indica, não será possível dar nenhum reajuste para os servidores no corrente ano. Mas já está na legislação. Para o ano que vem, teremos reajustes e reestruturações”, disse o presidente.

Sobre mudanças na lei do teto de gastos, o chefe do Executivo disse que “pode mexer no teto, como já propôs a própria equipe do Guedes. Mas vamos deixar para discutir isso depois das eleições”.
 

Cassação restabelecida

Nesta terça-feira (7), a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por três votos a dois, derrubar o mandato que o ministro Kassio Nunes Marques havia devolvido ao deputado Fernando Francischini (União-PR). Seu mandato foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no ano passado por ter divulgado informações falsas a respeito das eleições.

Nunes Marques havia devolvido o mandato de Franceschini na semana passada, mas com a nova decisão da Segunda Turma, a decisão original do TSE fica restabelecida.

Os ministros André Mendonça e Nunes Marques votaram a favor da devolução do mandato ao deputado, mas Edson Fachin, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes formaram maioria para restaurar a cassação.
 

Meio Ambiente

Deslizamento de terra devido a chuvas fez o número de mortes em Pernambuco subir para 129. Esposa de jornalista desaparecido faz apelo para que se intensifique as buscas; irmã pede urgência das autoridades brasileiras.

Foto: Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo

 

129 mortos no Recife

Nesta terça-feira (7), houve um deslizamento de terra em Recife, que deixou um adolescente morto e mais três feridos. Com isso, o número de mortes subiu para 129.  Lucas Daniel Nunes da Silva, de 14 anos, foi socorrido e enviado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, mas chegou sem vida ao local, às 6h20, segundo a assessoria da unidade de saúde.

O deslizamento aconteceu durante a madrugada, nas ruas José Amarino dos Reis e Vencedora, no bairro da Linha do Tiro, na Zona Norte de Recife. Cinco casas foram atingidas, segundo uma equipe de apuração da Globo.

 

Família de jornalista desaparecido cobra autoridades

A esposa do jornalista inglês Dom Phillips, Alessandra Sampaio, que está desaparecido na Amazônia com o indigenista Bruno Pereira, desde domingo (5) fez um apelo às autoridades para que haja um reforço nas buscas. 

“Eu queria fazer um apelo para o governo federal e para os órgãos competentes, para intensificarem as buscas, porque a gente ainda tem um pouquinho de esperança de encontrar eles. Mesmo que eu não encontre o amor da minha vida vivo, eles têm que ser encontrados, por favor. Intensifiquem essas buscas. Eu não quis falar antes porque a família toda está muito chocada e a gente não está sabendo reagir. Mas eu estou fazendo esse apelo, por favor, para intensificar essas buscas”, disse Alessandra em um vídeo gravado para a TV Bahia. 

A irmã do jornalista também gravou um vídeo cobrando as autoridades: "Meu irmão Dom vive no Brasil com a mulher dele, ele ama o país e se preocupa muito com as pessoas lá. Nós sabíamos que era um lugar perigoso, mas o Dom realmente é um jornalista talentoso e estava fazendo pesquisas para um livro quando desapareceu ontem. Nós estamos muito preocupados com ele e pedimos urgência às autoridades brasileiras para que façam tudo (...) se alguém puder ajudar e aumentar os recursos para as buscas, seria ótimo, pois o tempo é crucial."
 

Economia

Brasileiros com mais de 50% da renda comprometida com dívidas aumentaram, diz CNC. 

Foto: Andrew Khoroshavin / Pixabay
Foto: Andrew Khoroshavin / Pixabay

 

Maior inadimplência em 12 anos

Segundo dados divulgados nesta terça-feira (7) pela Confederação de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 28,7% das famílias brasileiras estavam inadimplentes no mês de maio, maior nível desde janeiro de 2010, quando estava em 29,10%.

Dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) também apontam que 10,8% dos endividados não têm condições de pagar as dívidas e que o número de inadimplentes com 50% da renda comprometida com dívidas é o maior em 5 anos.

Segundo a CNC, do total de endividados no Brasil, 22,2% destinam mais da metade da renda mensal para pagar as contas, maior proporção registrada desde dezembro de 2017. 

A confederação justificou que a dificuldade em pagar as dívidas é influenciada pela inflação “persistente acima dos 12% anuais”. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o país registrou a maior taxa de inflação acumulada em 12 meses desde 2003 em maio
 

Internacional

Embaixador russo deixa reunião da ONU após acusação sobre crise alimentar. Ucrânia perdeu “pessoas demais para simplesmente ceder” território, diz Zelensky. 

Foto: Reuters
Foto: Reuters

 

Discordâncias

Vassily Nebenzia, embaixador da Rússia na ONU, se retirou da reunião do Conselho de Segurança da ONU nesta segunda (6) após Charles Michel, presidente do conselho europeu, acusar o Kremlin de gerar uma crise alimentar internacional com a invasão à Ucrânia.

A reunião era sobre os relatos de violência sexual cometidos por tropas russas, Nebenzia refutou e condenou essas acusações, afirmando que eram mentirosas. Porém Michel acusou as tropas de cometerem crimes de guerra e contra a humanidade por conta dos relatos.

Em entrevista à agência Reuters o embaixador disse que não poderia ficar na reunião por conta das mentiras que Charles Michel estava distribuindo.

 

Sem concessões

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou nesta terça (7), que não está disposto a fazer concessões por um acordo de paz com a Rússia. Para ele o impasse não é uma opção no quesito de entrar para entrar na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e afirmou que a Ucrânia não cederá território.

Para o Presidente ucraniano, eles haviam perdido muitas pessoas para simplesmente ceder território, que eles precisam alcançar o controle total do território e ainda afirmou que a aliança militar deve receber a Ucrânia, não havendo necessidade de perder tempo discutindo sobre a adesão.

O discurso atual do Presidente vai na contramão do que ele havia dito antes quando as negociações com a Rússia ainda eram recorrentes, quando insinuou que poderia não entrar na aliança. 

 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 71.045 novos casos de COVID-19, e 307 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 96. No total, o país acumula 31.266.163 casos confirmados, e 667.348 óbitos por COVID-19. 

 

Cultura

Demi Lovato anuncia shows em SP e BH antes do Rock In Rio. 

Foto: Reprodução/Instagram @ddlovato
Foto: Reprodução/Instagram @ddlovato

 

Demi Lovato no Brasil

Demi Lovato anunciou em seu Instagram, que irá realizar mais dois shows no Brasil, em São Paulo, dia 30 de agosto e em Belo Horizonte, no dia 2 de setembro. A cantora também se apresentará no Rock In Rio no dia 4 de setembro.

Na última segunda (6), Demi também anunciou que seu novo álbum “Holy Fvck” será lançado no dia 19 de agosto.

O show em São Paulo, vai acontecer no Espaço Unimed, já em BH, será no Estádio do Mineirão. Os ingressos estão à venda no site oficial da cantora: http://www.demilovato.com/

Tags:
Início da Cúpula das Américas, jornalista e indigenista da Funai desaparecem no Amazonas, sobe para 35 o número de cidades em estado de emergência em Pernambuco e mais
por
Letícia Coimbra
Luan Leão
Vitor Simas
|
06/06/2022 - 12h

 

Política

Bolsonaro diz que caso seja reeleito pode criar mais três ministérios; presidente também afirmou que ministro Paulo Guedes ficará no ministério da Economia.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Mais ministérios

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta segunda-feira (6) que em um possível segundo mandato, poderá criar mais três ministérios. A afirmação foi feita em entrevista à TV Terraviva, do Grupo Bandeirantes.

"Pretendemos, em havendo reeleição, dividir melhor os ministérios, criar no máximo mais três, para que possamos melhor administrar nosso País", afirmou. "É positivo restabelecer o Ministério da Segurança Pública. Acho que é positivo o restabelecimento, não só desse, como de outros, como Indústria e Comércio, até a questão da pesca pode ser estudada".

O presidente ressaltou que ficaria apenas para 2023. “Agora não, porque dependeria da criação de cargos e não temos margem, manobra para isso aí”, disse.

Quando era ainda candidato à Presidência, em 2018, Bolsonaro prometeu reduzir os ministérios para apenas 15, “no máximo”, criticando o que chamava de “loteamento do Estado”. Na época, o ex-presidente Michel Temer governava com o auxílio de 29 ministros. O atual presidente conta com 23.
 

Guedes fica

Ainda durante a entrevista, o presidente Bolsonaro afirmou que em uma possível reeleição, o ministro da Economia, Paulo Guedes, continuará na pasta apesar da pressão para troca.

“Com toda certeza, [fica] sim. Depende dele, né? Eu vejo ele de vez em quando cansado, o que é natural. É um ministro que no passado era muito trocado, De vez em quando alguns querem que eu troque ele, entre outros, para resolver certos assuntos. Eu prefiro conversar com eles”, afirmou.

Sem detalhes, o chefe do Executivo alegou que espera de Guedes uma solução para diminuir o preço dos combustíveis nos próximos dias e negou possível interferência na política de preços da Petrobrás.

Pensando nas eleições, uma ala da base do governo tem culpado Guedes por não ter conseguido impedir a alta dos combustíveis. O ministro é contra a realização de um fundo de auxílio para amortecer o impacto dos valores dos combustíveis, defendido por parte dos aliados de Bolsonaro.
 

Meio Ambiente

Jornalista e indigenista da Funai desaparecem no Amazonas. Sobe para 35 o número de cidades em estado de emergência em Pernambuco. 

Foto: Divulgação/Funai e Reprodução Twitter/@domphillips
Foto: Divulgação/Funai e Reprodução Twitter/@domphillips

 

Jornalista e indigenista desaparecidos

O indigenista Bruno Araújo Pereira da Fundação Nacional do Índio (Funai), e o jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian, estão desaparecidos no Vale do Javari, na Amazônia, desde o domingo (05). 

Os dois trabalhavam juntos na região para consolidar estratégias entre ribeirinhos e indígenas na vigilância das invasões de grileiros e madeireiros no território. Tema que seria abordado na reportagem investigativa. Há alguns dias o indigenista já havia revelado ter sido vítima de ameaças.

O Ministério Público Federal, a Polícia Federal e o Exército estão atuando na busca.

 

Estado de emergência

Considerada a 2ª maior tragédia climática da história de Pernambuco. Sobe para 37 cidades em estado de emergência, cerca de 71 mil pessoas perderam suas casas e foram confirmadas 128 mortes por conta das fortes chuvas que estão ocorrendo no estado. 

Os sobreviventes estão abrigados em 111 instituições, como escolas e entidades públicas por 27 municípios Pernambucanos. Os números foram emitidos pela coordenadoria de Defesa Civil do Estado.

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) prevê que o acumulado de chuvas esperado para junho de 2022 deve ultrapassar a média histórica para o mês. A maior apreensão é se as chuvas serão dispersadas ao longo de Junho ou concentrada como aconteceu no final do mês de Maio.

 

Economia

Projeção de inflação chega a quase 9% e a previsão para o PIB tem alta, segundo o BC. Ministério da Economia anuncia corte de R$6,96 bilhões no Orçamento de 2022.

Foto: Mauro Schaefer / CP
Foto: Mauro Schaefer / CP

 

Relatório Focus

De acordo com divulgação do Banco Central (BC) nesta segunda-feira (6), o mercado financeiro prevê alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, de 8,89%, neste ano. A informação consta no Boletim Focus.

A média da previsão dos últimos 30 dias prevê inflação em 8,89% , mas caso considere somente os últimos cinco, a média fica em 9%. Ainda para este ano, o boletim estima um crescimento de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, segundo a previsão mediana de 30 dias. De acordo com a estimativa de cinco dias, o crescimento é de 1,5%. 

Já para o ano de 2023, o relatório considera uma inflação em 4,39% (mediana de 30 dias) ou 4,5%, na projeção que considera cinco dias. Para o próximo ano, considerando os últimos 30 dias, espera-se que o PIB aumente em 0,76% ou queda em 0,47%, pensando nos últimos cinco dias.

Segundo o relatório, a taxa básica de juros, a Selic, deverá fechar o ano em 13,25% ao ano. Atualmente está em 12,75% ao ano. Há a expectativa de que o dólar fique em R$5,05 em 2022 e que permaneça estável.

O Relatório Focus  reúne a projeção de aproximadamente 100 instituições do mercado para os principais indicadores econômicos do país. Após cinco semanas de suspensão devido à greve dos servidores do BC, que seguem paralisados, esta é a primeira vez que o boletim é divulgado. O documento, porém, não possui previsões completas. 

 

Corte no Orçamento

O Ministério da Economia anunciou nesta segunda-feira (6) o bloqueio de R$6,96 bilhões no orçamento para conter despesas e cumprir o teto de gastos.

O governo já havia informado o valor total do corte orçamentário, mas foi divulgada apenas hoje a distribuição dos cortes.

As pastas que sofreram maior corte foram:

  • Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações - R$2,5 bilhões

  • Ministério da Educação - R$1,598 bilhão

  • Ministério da Saúde - R$1,253 bilhão

O restante dos ministérios tiveram cortes menores que R$1 bilhão.

 

Internacional

Começa Cúpula das Américas. Partygate: Boris Johnson enfrenta votação que pode tirá-lo do cargo. 

O presidente do México, López Obrador - Foto: Reuters/Henry Romero
O presidente do México, López Obrador - Foto: Reuters/Henry Romero

 

Cúpula das Américas 

Começa nesta segunda-feira (06), em Los Angeles, nos Estados Unidos, a Cúpula das Américas. O evento deve durar até a próxima sexta-feira (10). Por sediar a Cúpula, coube aos Estados Unidos a atribuição de escolher os convidados que devem participar do evento. 

Três países não receberam convites, o que provocou um mal estar nas Américas. Alegando preocupações com direitos humanos e falta de democracia, Cuba, Nicarágua e Venezuela não foram convidados para a Cúpula. Como consequência, o presidente do México, Manuel López Obrador, disse que apenas participaria das reuniões se todos os líderes do hemisférios ocidental fossem chamados. 

Os EUA também estabeleceram os cinco pilares das discussões, são eles: saúde, resiliência nas Américas, futuro verde, aceleração de transição para energia limpa, transformação digital e governança democrática. O evento tem como tema a frase: "Construindo um futuro sustentável, resiliente e igualitário". 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deve comparecer a Cúpula e também pode se encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. 

 

Partygate

Nesta segunda-feira (06) o Primeiro-Ministro do Reino Unido, Boris Johnson, enfrentou um voto de desconfiança provocado por parlamentares do próprio partido descontentes com o premiê. Johnson se manteve no cargo recebendo apoio de 211 dos 359 parlamentares conservadores, 148 votaram a favor da saída dele do cargo de líder do partido.

O desgaste vem desde o escândalo de festas durante a Pandemia na residência oficial do primeiro-ministro. Boris e a mulher chegaram a ser multados, ele assumiu a culpa, mas não foi o suficiente. 

Parlamentares conservadores pedem a saída de Johnson desde que a polêmica veio à tona, nomeada como "Partygate". Além disso, a resposta do governo à alta da inflação, maior dos últimos 40 anos, é motivo de descontentamento na população. Durante as comemorações do jubileu de platina da Rainha Elizabeth II, o premiê chegou a ser vaiado na frente da igreja St. Paul.

Para enfrentar o voto de desconfiança, ao menos 54 legisladores (15% da bancada conservadora) precisaram entregar cartas, que são secretas, pedindo a abertura do processo. O presidente do Comitê 1922, Sir Graham Brady, não revelou quantas caras foram entregues.

Caso fosse aprovado o voto de desconfiança, Boris Johnson perderia o cargo de líder do Partido Conservador e seria forçado a sair do cargo de Primeiro-Ministro, para que isso acontecesse, era necessário o voto de 180 parlamentares conservadores - maioria simples. Em caso de destituição, Johnson não poderia tentar disputar a eleição para voltar à liderança do partido. Com a vitória, Boris assegurou a liderança do partido e o cargo de premiê do Reino Unido.

A antecessora de Johnson, Theresa May, também sofreu um voto de desconfiança em dezembro de 2018. Na ocasião, May enfrentava problemas com o Brexit, processo de saída do Reino Unido da União Europeia. Apesar da pressão, saiu vitoriosa do processo por 200 a 117. Apesar da vitória, o desgaste foi inevitável e serviu como estopim para sua renúncia, em abril de 2019.  

 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) o Brasil registrou 35.783 novos casos de COVID-19, e 36 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 75. No total, o país acumula 31.195.118 casos confirmados, e 667.783 óbitos por COVID-19. 

 

Cultura

Morre Alec John Such, um dos fundadores do Bon Jovi.

O músico Alec John Such - Theo Wargo/AFP
O músico Alec John Such - Theo Wargo/AFP

Grande perda na música

Morre aos 70 anos o baixista fundador do grupo Bom Jovi, Alec John Such. A informação foi divulgada nas redes sociais da banda na tarde de domingo (5).

No Twitter, o cantor Jon Bon Jovi lamentou a morte do amigo. “Como membro fundador do Bon Jovi, Alex foi fundamental para a formação da banda”, escreveu. O motivo da morte não foi divulgado.

 

 

Esportes

Brasileirão: Corinthians vence e volta a liderança da série A. Brasil vence o Japão em amistoso. NBA: Warriors vence e empata a série. Nadal vence em Roland Garros. 

Corinthians volta a liderança da série A - Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Corinthians volta a liderança da série A - Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

 

Brasileirão 

O Campeonato Brasileiro tem novo líder. Novo, porém conhecido. Após vencer o Atlético-GO por 1 a 0, fora de casa. Ainda no sábado (04), o América-MG venceu o Cuiabá por 2 a 1; Athletico-PR e Santos empataram em 2 a 2; Ceará e Coritiba ficaram no 1 a 1; mesmo placar do jogo entre Avaí e São Paulo. 

E atenção, caro leitor! A equipe do resumo pede desculpas pela indicação do jogo entre Palmeiras e Atlético-MG, na tarde de domingo (05), no Allianz Parque. O jogo que colocava frente a frente líder e vice-líder, não foi lá grande coisa. Sem inspiração e com pouca emoção, as equipes não saíram do 0 a 0 e caíram uma posição na tabela. Em compensação, no mesmo horário, no Maracanã, Flamengo e Fortaleza fizeram um jogo cheio de emoções, com vitória da equipe cearense por 2 a 1, com gol no último lance. 

Antes desses jogos, o Juventude venceu o Fluminense por 1 a 0, em um jogo que parecia pólo aquático de tanta água no Alfredo Jaconi. Já encerrando a rodada do domingo, em Bragança, o Internacional venceu o RB Bragantino por 2 a 0, com gols no finalzinho, encerrando a sequência de empates da equipe gaúcha. 

Fechando a 9ª rodada, na noite desta segunda-feira (06), o Botafogo recebe o Goiás, no estádio Nilton Santos. 

Com apenas um jogo para acontecer, o Brasileirão tem o Corinthians na ponta com 18 pontos, seguido por Palmeiras (2°) e Atlético-MG (3°) com 16 pontos, e Coritiba com 14 pontos. Fechando o G-6 estão América-MG (5°) e São Paulo (6°) com 14 pontos. Na zona de rebaixamento, em 17° está o Goiás com 9 pontos (ainda joga na rodada), o Cuiabá com 8 pontos é o 18°, o Atlético-GO tem 7 e é o 19°, apesar de.ter vencido, o Fortaleza ainda é o lanterna com 5 pontos. 
 

É o brasa!

O Brasil venceu o Japão por 1 a 0, em amistoso realizado em Tóquio, nesta segunda-feira (06). O jogo ocorreu no Estádio Nacional do Japão, local que tem um lugar especial na memória afetiva do brasileiro. Quem não lembra daquela final da Copa do Mundo de 2002 ?!

No jogo desta segunda-feira (06), que começou às 07h20, mesmo horário da final em 2002, a seleção brasileira contou com gol de Neymar de pênalti para definir a partida. A seleção ainda teria uma outra partida marcada para o dia 11 de junho, porém, o jogo contra a Argentina foi cancelado. A CBF ainda tentou marcar um amistoso contra alguma seleção do continente africano, mas sem sucesso. 

 

Série empatada

Jogando em casa, o Golden State Warriors venceu o Boston Celtics no domingo (05), e empatou a série de 7 jogos nas finais da NBA, liga de basquete americana. Com uma arrancada espetacular no último quarto, os Warriors venceram por 107 a 88. No último quarto, a equipe de São Francisco abriu a maior vantagem de pontos de um time em um quarto nas Finais: 35 a 14. 

Depois de anotar 34 pontos na primeira partida, Stephen Curry mais uma vez foi um destaque do lado do Golden State, com 29 pontos. Ainda pelo lado dos donos da casa, Jordan Poole fez 17 pontos. Outro destaque inquestionável foi a atuação defensiva dos Warriors, as perdas de bola do Boston geraram 33 pontos. 

Pelo time visitante, destaque para Jayson Tatum, sempre ele, anotando 28 pontos. Jaylen Brown marcou 17. Somando o restante do time, a contribuição chega em 43 pontos. 

Agora as finais saem de São Francisco e vão para Boston. O jogo 3 acontece na quarta-feira (08), às 22h (horário de Brasília); e o jogo 4 acontece na próxima sexta-feira (10), no mesmo horário. 
 

14 vezes Nadal

O tenista espanhol Rafael Nadal conquistou o seu 14° título de Roland Garros, em Paris, no último domingo (05). A vitória levou Nadal ao seu 22° título de grand slam, ampliando sua vantagem como maior vencedor de torneios no masculino. Além disso, o fez subir uma posição no ranking mundial, ele agora é o 4° melhor tenista do mundo, de acordo com ranking da ATP divulgado nesta segunda-feira (06).

Nadal venceu o norueguês Casper Ruud com facilidade por 3 sets a 0, parciais de 6/3, 6/3 e 6/0. 

"Não sei o que vai acontecer no futuro, mas eu vou continuar lutando para voltar aqui muitas vezes" - Rafael Nadal 

 

Tags:
Inclusão de identidade de gênero e orientação sexual no IBGE, ONU alerta risco de crise de fome na Ucrânia e no mundo, atualização das chuvas em Pernambuco
por
Ana Beatriz Villela
Letícia Coimbra
Luan Leão
Vitor Simas
|
03/06/2022 - 12h

Política

Justiça determina inclusão de identidade de gênero e orientação sexual no IBGE. Eleições: Nova pesquisa mostra cenário estável e liderança do ex-presidente Lula. PT aciona STF contra devolução do mandato do deputado bolsonarista Valdevan Noventa (PL-SE).

Deputado Valdevan Noventa (PSL-PE) - Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação
Deputado Valdevan Noventa (PSL-PE) - Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação

 

LGBTQIA+ no censo

Nesta sexta-feira (3), a Justiça Federal do Acre acatou um pedido do Ministério Público Federal, ordenando que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inclua dados sobre orientação sexual e identidade de gênero no Censo 2022. 

A ação tem validade em todo o território nacional. O instituto tem 30 dias para informar à Justiça as medidas tomadas para o cumprimento da determinação. Segundo a decisão, ele poderá utilizar a metodologia que julgar adequada. 

“A omissão que o Estado brasileiro, historicamente, tem usado em desfavor da população LGBTQIA+ é relevante e precisa ser corrigida”, escreveu o magistrado. “Ignorando-os, o Brasil não se volta às pessoas LGBTQIA+ com o aparato estatal que garante, minimamente, dignidade. Nega-se até mesmo a própria personalidade dessas pessoas".

Como uma das justificativas, o documento aponta a necessidade de dados que permitam a criação de políticas públicas em favor da população LGBTQIA+.

É importante destacar que a orientação sexual se refere à inclinação afetiva e sexual de uma pessoa, enquanto a identidade de gênero está relacionada ao gênero com o qual ela se reconhece.

 

Ação no STF

Nesta sexta-feira (3) o Partido dos Trabalhadores recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do ministro Kassio Nunes Marques, que devolveu o mandato ao deputado federal Valdevan Noventa (PL-SE), que havia sido cassado por abuso de poder econômico. A solicitação foi encaminhada ao ministro Luiz Fux, o presidente do STF. 

Devido a ação de Nunes Marques, o deputado que tomou posse no lugar de Valdevan, Marcio Macedo (PT-SE), deve perder seu mandato. Segundo os relatores, a medida do magistrado “violou a competência do Tribunal Superior Eleitoral”.

"A supressão de instância, no presente caso, viola a ordem pública, motivo pelo qual a decisão liminar do ministro Nunes Marques deve ser cassada e representa uma afronta às regras processuais impostas, além de violar a competência do Tribunal Superior Eleitoral e o princípio da segurança jurídica", diz o documento do PT.

O deputado bolsonarista é acusado de ter gastado R$ 551 mil durante a campanha eleitoral de 2018, dos quais apenas 353 teriam sido declarados. De acordo com as investigações, ele recebeu R$ 85 mil de pessoas físicas sem origem identificada.

Porém, segundo Nunes Marques, a defesa de Valdevan foi impedida de recorrer à decisão do colegiado devido ao TSE não ter publicado ainda os termos gerais do julgamento que o condenou, tratando-se de um “cerceamento de defesa”. 

“Não é razoável que o requerente seja penalizado pela execução da decisão colegiada sem que se lhe oportunize o instrumento recursal constitucionalmente assegurado”, argumentou o ministro.

  

Estável

Nesta sexta-feira (3) foi divulgado o resultado do levantamento eleitoral realizado pela XP/Ipespe. Na pesquisa estimulada, na qual os eleitores recebem uma lista com os nomes dos candidatos, o ex-presidente Lula (PT) se mantém estável, com 45% das intenções de votos, com vantagem de 21% sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL), que conta com 34%. 

Em terceiro lugar está o cearense Ciro Gomes (PDT), que ganhou 1 ponto e marcou 9%, seguido pela senadora Simone Tebet (MDB), que manteve os 3%. O deputado federal André Janones (Avante),  Vera Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal (PROS) ficaram com 1%. Os demais candidatos não pontuaram, 7% dos eleitores não escolheram nenhum.

Em um possível segundo turno entre o ex-presidente e o atual, Lula marcou 53%, enquanto Bolsonaro ficou com 35%.

Já na pesquisa espontânea, quando os eleitores já têm um nome em mente sem necessitar consultar a lista, o petista pontuou 39% e o atual chefe do Executivo 29%.

Além disso, o governo de Jair Bolsonaro foi avaliado como ruim ou péssimo por 50% dos participantes, regular por 18% e boa ou ótima por 31%. Os eleitores também classificaram as características mais importantes para o próximo governante:

  • Honestidade - 81%

  • Preocupação com as pessoas - 77%

  • Competência - 72%

  • Inteligência - 66%

  • Equilíbrio - 65%

  • Pulso firme - 60%

  • Ideias novas e modernas - 59%

  • Experiência - 59%

As entrevistas foram feitas por telefone nos dias 30 e 31 de maio, contando com 1.000 participantes do Brasil inteiro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais. 
 

Clima

Região metropolitana de Recife volta a ter chuva forte, e a previsão até domingo é de mais chuvas; até o momento o governo informou 128 mortes. 

Chuvas no Recife - Foto: Sergio Maranhão/AFP
Chuvas no Recife - Foto: Sergio Maranhão/AFP

Mais chuva à caminho

Considerada a 2ª maior tragédia climática da história de Pernambuco. Subiu para 128 o número de mortos e 9.302 de pessoas desabrigadas por conta das fortes chuvas que estão ocorrendo no estado. Os sobreviventes estão abrigados em 111 instituições, como escolas e entidades públicas. A nova atualização foi divulgada pelo governo estadual.

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) prevê que o acumulado de chuvas esperado para junho de 2022 deve ultrapassar a média histórica para o mês. A maior apreensão é se as chuvas serão dispersadas ao longo de Junho ou concentrada como aconteceu no final do mês de Maio.

 

Economia

IBGE: Indústria cresce mas segue abaixo de período pré-pandemia.

Foto: Arquino ANPr
Foto: Arquino ANPr

 

Desaceleração 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (03) números sobre o crescimento da indústria no mês de abril. Em comparação com março, quando registrou 0,6%, o setor desacelerou para 0,1%, na série com ajuste sazonal. 

Se comparado com abril de 2021, houve uma queda de 0,5%, sendo o nono resultado negativo consecutivo, quando feito essa comparação. No acumulado do ano, ainda em comparação com 2021, a indústria apresentou uma desaceleração de 3,4%. 

O compilado dos últimos 12 meses recuou 0,3% no último mês, marcando o primeiro resultado negativo desde março de 2021, quando registrou -3,1%. O resultado mantém a tendência de queda iniciada em agosto de 2021 (7,2%).

O levantamento mostrou que houve alta em 16 dos 26 ramos da pesquisa. Entre os puxadores das altas estão os produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (4,6%), bebidas (5,2%) e outros produtos químicos (2,8%). Na contramão, bens de consumos duráveis (-13,2%) e bens de capital (-5,1%) frearam o crescimento do setor em abril.

 

Internacional

Boris Johnson é vaiado na chegada à missa em comemoração ao Jubileu do reinado de Elizabeth II, na Igreja St. Paul. Guerra da Ucrânia: No centésimo dia da invasão russa, autoridades da ONU alertam para risco de fome no mundo. 

Foto: Hannah McKay/Reuters
Foto: Hannah McKay/Reuters

 

Sob vaias 

Em meio à pressão por conta dos escândalos envolvendo festas privadas durante os períodos mais intensos da Pandemia, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson foi recebido com vaias ao chegar à Catedral de St. Paul nesta sexta-feira (03), em missa de celebração ao Jubileu de platina do reinado de Elizabeth II. A rainha assistiu à missa de casa, no Castelo de Windsor, devido a "problemas de mobilidade episódica", segundo informou a assessoria do Palácio de Buckingham.

O premiê britânico e sua esposa, Carrie Johnson, subiram a escadaria do lado de fora da igreja, diante dos principais membros das Forças Armadas e da igreja, sob vaias de parte da multidão reunida na parte externa do evento. Alguns apoiadores presentes ensaiaram palmas e gritos em favor de Johnson. 

A pressão sobre o mandatário se intensificou nas últimas semanas, e há até membros do Partido Conservador, do qual faz parte, cobrando a renúncia do político. O escândalo nomeado como "Partygate", envolve a realização de festas na residência oficial do primeiro-ministro, com a participação de Johnson e funcionários de Downing Street. 

Os ex-Primeiros-ministros, entre eles Tony Blair e David Cameron, foram recebidos sob aplausos discretos. 

Quem também chegou à cerimônia em um misto de vaias e aplausos foi o príncipe Harry e sua esposa, a duquesa de Sussex, Meghan Markle. Além deles, compareceram à celebração o príncipe Charles e sua esposa, duquesa Camilla, e o príncipe William e sua esposa, duquesa Kate. 

 

100 dias 

Nesta sexta-feira (3), data que marca o centésimo dia desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, autoridades da Organização das Nações Unidas (ONU) alertaram para as consequências de um conflito prolongado não apenas para os países envolvidos como para o mundo.

Segundo Amin Award, coordenador de crise da ONU, ao menos 15,7 milhões de pessoas precisam de assistência e proteção com urgência na Ucrânia, e o número cresce com o passar dos dias. 

"100 dias de guerra, 100 dias de sofrimento, devastação, destruição em grande escala… as vidas de milhões foram destruídas" - Amin Award, coordenador de crise da ONU 

Ainda de acordo com Award, um terço da população ucraniana, cerca de 14 milhões de pessoas, foram forçadas a fugir da guerra. Entre 15 e 16 milhões de pessoas ficaram em casas mas perderam suas formas de se manter (trabalho, alimentos e etc). 

Rússia e Ucrânia respondem a um terço da oferta global do trigo. Os russos também são importantes exportadores de fertilizantes, enquanto os ucranianos fornecem milho e óleo de girassol. A guerra vem aumentando o nível dos preços de grãos, óleo de cozinha, combustível e fertilizantes em todo o mundo.

A ONU tenta destravar um acordo para desbloquear as exportações de grãos na Ucrânia. O presidente russo, Vladimir Putin, se disse disposto a negociar desde que as sanções contra o país fossem aliviadas. Para Matthew Hollingworth, funcionário do Programa Mundial de Alimentos, a solução para essa crise passa pela liberação dos portos do Mar Negro.
 

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.
 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o Brasil registrou 39.659 novos casos de COVID-19, e 41 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 93. No total, o país acumula 31.137.479 casos confirmados, e 666.971 óbitos por COVID-19

 

Cultura

Encerramento da SPFW. Dica AGEMT: Festival Pinheiros. 

Meninos Rei, do Projeto Sankofa, abrindo o desfile do SPFW - Foto: Glamour
Meninos Rei, do Projeto Sankofa, abrindo o desfile do SPFW - Foto: Glamour

 

SPFW

A SPFW termina neste sábado (4), com o tema IN-PACTOS, a semana começou com um único desfile da marca À La Garçonne, na terça-feira (31). Já o encerramento ficará com a grife Isaac Silva, uma marca jovem ativista, que desafia o preconceito racial através de criações repletas de referências afro-brasileiras e indígenas . A edição contou com desfiles que levantaram debates sobre sustentabilidade, inclusão e política. 

"É um chamado para que novos pactos possam surgir em torno do compromisso com as mudanças urgentes que precisam acontecer para criarmos um ambiente mais humano e saudável para todos”, disse Paulo Borges, criador da SPFW. 

Os desfiles estão acontecendo no Senac Lapa e no Komplexo Tempo. A ideia de realizá-los no Senac, é que os estudantes de moda possam participar dos bastidores da semana de moda e auxiliar na produção. Já o Komplexo Tempo, é um espaço recém-inaugurado na Mooca, e homenageia o bairro pioneiro na indústria têxtil da cidade. 

 

Festival Pinheiros

Acontecerá neste próximo domingo (5) o Festival Pinheiros, uma grande festa ao ar livre produzida pelo projeto Ponto da Música, que começa às 9h e termina às 19h. 12 atrações locais farão apresentações, se revezando em 3 palcos. 

Também haverá feiras de produtores locais, que estimulam a economia local e o consumo consciente, com setores de acessórios, arte, design, gastronomia, artesanato, papelaria e muito mais. Além disso, no local estarão funcionando restaurantes, bares, lojas de pets e boutiques.

Para as crianças serão promovidas brincadeiras de rua, que incentivam a interação entre a família com momentos de muita diversão. Os pets também não ficam fora da programação, que conta com uma “cãominhada” logo pela manhã.

Para quem quer deixar a carteirinha de vacinação em dia, no evento terá uma tenda de vacinação, sendo necessário levar apenas um documento com foto e a carteira de vacinação.

Endereço: Rua dos Pinheiros - Pinheiros, São Paulo 
 

Esportes

Rodada do Campeonato Brasileiro. NBA: Celtics vence o primeiro jogo das finais. Liga das Nações de vôlei feminino. 

Na NBA, o Boston Celtics venceu o Golden State Warriors por 120 a 108 - Foto: Reprodução/Instagram @celtics
Na NBA, o Boston Celtics venceu o Golden State Warriors por 120 a 108 - Foto: Reprodução/Instagram @celtics

 

Brasileirão

O final de semana será recheado de jogos válidos pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro série A. Abrindo a rodada no sábado (04), América-MG e Cuiabá se enfrentam no Independência, às 16h30. Mais tarde, às 19h, o Atheltico-PR recebe o Santos, na Arena da Baixada; o Ceará joga contra o Coritiba, no Castelão; e o Avaí joga contra o São Paulo, na Ressacada. Às 20h30, o Corinthians visita o Atlético-GO, no estádio Antônio Acioly, de olho na liderança. 

No domingo (05), às 11h, o Juventude mede forças com o Fluminense, no Alfredo Jaconi. Às 16h, para o que você estiver fazendo, é jogaço entre líder e vice-líder, é Palmeiras e Atlético-MG, no Allianz Parque. A partida vale a liderança do torneio, atualmente, os dois times estão empatados em 15 pontos, e a equipe alviverde lidera a competição pelos critérios de desempate. No mesmo horário, o Fortaleza vai ao Maracanã enfrentar o Flamengo, em busca da primeira vitória no campeonato.

ncerrando a noite de domingo (05), às 19h, o RB Bragantino recebe o Internacional, no Nabi Abi Chedid. Na segunda-feira (06), fechando a rodada, o Botafogo joga contra o Goiás, às 20h, no estádio Nilton Santos. 

 

Finais da NBA 

A noite de quinta-feira (02) marcou o início das finais da NBA, a liga de basquete americana, e com um jogão entre Golden State Warriors e Boston Celtics. Jogando em casa por ter tido a melhor campanha na temporada regular, os Warriors foram surpreendidos pelos Celtics, que tiveram um último quarto perfeito e venceram por 120 a 108. 

Essa foi a primeira derrota do Golden State durante os playoffs, antes o time acumulava nove vitórias. Os Celtics contaram com atuações inspiradas de Al Horford, com 26 pontos, Jaylen Brown, com 24 pontos e Derrick White com 21 pontos. Jayson Tatum foi o garçom do time com 13 assistências. Pelos Warriors, Stephen Curry anotou 34 pontos, cinco assistências e seis rebotes; enquanto Andrew Wiggins marcou 20 pontos e cinco rebotes, Klay Thompson fez 15 pontos. 

Com a derrota o time de São Francisco perdeu a vantagem do mando de quadra. Antes de viajar para Boston, os Warriors ainda jogam a partida 2, no domingo (05), às 21h (horário de Brasília), em seus domínios. 
 

Vôlei feminino 

Nesta sexta-feira (03) a seleção feminina de vôlei joga contra a República Dominicana, às 19h (horário de Brasília), em jogo válido pela terceira rodada da Liga das Nações Feminina de Vôlei, nos Estados Unidos. Na quinta-feira (02), o Brasil venceu a seleção da Polônia por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/21 e 25/22. Na terça-feira (31), a seleção já havia vencido a Alemanha por 3 a 1.

Com o resultado, a seleção assumiu provisoriamente a liderança do grupo, com 6 pontos, tendo duas vitórias em dois jogos. 

Tags:
70 anos de reinado da Rainha Elizabeth II, aumenta para 126 mortos o número de vítimas da chuva em Pernambuco, vitória da seleção e mais
por
Letícia Coimbra
Luan Leão
Sônia Xavier
Vitor Simas
|
02/06/2022 - 12h

Política

Eleições: Fachin defende justiça eleitoral e diz que atacá-la é "atentar contra a própria democracia".

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Sem fraude

Nesta quinta-feira (2) o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, declarou que disseminar desinformação é “atentar contra a Justiça Eleitoral”, e destacou que não há “qualquer indício de fraude comprovado”. A afirmação foi feita no início da sessão plenária do TSE, enquanto discursava a respeito das missões de observação eleitoral que acompanharão as eleições de outubro deste ano.

"Assacar inverdades, disseminar desinformação, criar celeumas fictícias, fermentar dúvidas infundadas contra o sistema eletrônico de votação - em vigor há 26 anos no país, sem qualquer indício de fraude comprovado - significa atentar contra a atuação escorreita da Justiça Eleitoral", disse Fachin. "Significa, e digamos com todas as letras, atentar contra a própria democracia", completou.

O magistrado destacou a importância de instituições nacionais também fazerem parte das missões. Neste ano, órgãos brasileiros também foram convidados. 

"Termino este breve registro fazendo, em nome da Justiça Eleitoral, um apelo, quiçá uma verdadeira convocação às entidades, organizações da sociedade civil, instituições acadêmicas de ensino superior, públicas ou privadas, e institutos que pesquisam a temática eleitoral para que se credenciem para Missões de Observação Eleitoral Nacional nas Eleições Gerais de 2022 até o prazo devido".

 

Meio Ambiente

Chuvas na região metropolitana de Pernambuco já deixaram 126 mortos.

Foto: Reprodução/Twitter João Campos
Foto: Reprodução/Twitter João Campos

 

Sem trégua

As chuvas em Pernambuco continuam deixando estragos. Subiu para 126 o número de mortos e já são mais de 9 mil pessoas desabrigadas. Essas pessoas estão sendo direcionadas a 111 instituições, como escolas e entidades públicas. A nova atualização foi divulgada pelo governo estadual na tarde desta quinta-feira (02).

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), as chuvas reduziram de volume, mas devem continuar com intensidade moderada até sexta-feira (03). 

 

Economia

IBGE: PIB cresceu 1% no primeiro trimestre de 2022

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O setor de serviços cresceu nos três primeiros meses deste ano - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Crescimento do PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,0% no primeiro trimestre de 2022, se comparado ao trimestre anterior, segundo números divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 1,7%. No acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento foi de 4,7%.

Em valores correntes, o PIB do primeiro trimestre de 2022 totalizou R $2,243 trilhões.

Enquanto o setor agropecuário apresentou queda(- 0,9%), o crescimento no de Serviços (1%) impulsionou os números do primeiro trimestre, em comparação com o quarto trimestre de 2021 (de outubro a dezembro). O setor de Indústria permaneceu estável (0,1%).

O consumo das famílias teve alta de 0,7%, enquanto o do governo variou 0,7% e os investimentos caíram 3,5%. O setor de exportação de bens e serviços cresceu 5%, e na contramão disso, as importações caíram 4,6%. Sobre o aumento do consumo das famílias, a gerente da pesquisa, Rebeca Palis, disse que não tem como saber o impacto da inflação nesse consumo. 

"A gente tem um crescimento importante da ocupação, mas com os rendimentos reais em queda. O consumo das famílias é muito direcionado pela massa salarial, que por sua vez é muito influenciada pela inflação" - Rebeca Palis, gerente da pesquisa. 

 

Internacional

Jubileu de Platina: Rainha Elizabeth II completa 70 anos de reinado. Quatro palestinos foram mortos na Cisjordânia em menos de 48 horas.

Foto: Tim Rooke/Shutterstock
Foto: Tim Rooke/Shutterstock

 

70 anos de reinado 

Nesta quinta-feira (02) a monarca Elizabeth II comemora o seu jubileu de platina, já são 70 anos de reinado. Da sacada no Palácio de Buckingham e acompanhada pelo seu primo, o duque de Kent, coronel da Guarda Escocesa, a rainha saudou as tropas. Cerca de 1.500 militares da Guarda Real, incluindo as bandas musicais e cavalos, abriram o primeiro dos quatro dias de comemorações com o tradicional "Desfile do Estandarte".

Até domingo (05), estima-se que serão mais de 200 mil eventos planejados, com um milhão de participantes e aproximadamente um bilhão de telespectadores. Nesta quinta-feira (02), milhares de pessoas se reuniram ao redor do Palácio de Buckingham para acompanhar o evento. 

Tropas aéreas britânicas fizeram um show de cores no céu de Londres, cerca de 70 aviões da frota inglesa, incluindo réplicas da Segunda Guerra, sobrevoaram a cidade.

O desfile é organizado há 250 anos e celebra o aniversário do monarca britânico. A celebração tem origem nas antigas preparações para as guerras, quando todas as bandeiras do exército eram apresentadas aos soldados para que fossem reconhecidas durante as batalhas. Em 2020 e 2021 a cerimônia foi cancelada por conta da Pandemia.

De acordo com a assessoria do Palácio, a rainha sofreu com desconfortos durante o evento. O comunicado diz ainda que é provável que a monarca não participe de uma missa programada para a sexta-feira (03). 

Além de Elizabeth II e o duque de Kent, participaram da cerimônia o Príncipe Charles e a esposa, a duquesa Camilla, e o príncipe William e a duquesa Kate, acompanhados de seus filhos. 
 

Ataques israelenses

O exército de Israel segue com sua ocupação e operações quase diárias no território da Cisjordânia, após uma série de ataques no país. Nos últimos dois dias, quatro palestinos morreram em incidentes na região. 

De acordo com o Ministério da Saúde palestino, a identidade da última vítima foi confirmada como Odeh Odeh, de 17 anos. O jovem foi morto com um tiro no peito, próximo ao povoado de Al Maldiya, a oeste da capital, Ramallah. 

Por uma rede social, o exército israelense afirmou que "três suspeitos lançaram bombas incendiárias" contra os soldados na região, que "responderam com fogo contra os suspeitos". 

Na quarta-feira (01), uma Palestina já havia sido morta após se aproximar de um soldado com uma faca, segundo a versão do exército de Israel, em uma região perto do campo de refugiados palestinos de Al Arub, perto de Hebron, no sul da Cisjordânia.

Saúde

Atualização dos dados da Pandemia.

 

Pandemia 

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), o Brasil registrou 37.805 novos casos de COVID-19, e 129 mortes em decorrência da doença nas últimas 24 horas. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 107. No total, o país acumula 31.097.822 casos confirmados, e 666.930 óbitos por COVID-19.
 

Abraço de par romântico diminui estresse, afirma estudo da revista PLOS One

Foto: iStockphoto
Foto: iStockphoto

 

Mais amor, por favor

De acordo com um estudo publicado pela revista científica “PLOS One”, o nível do hormônio do estresse, o cortisol, diminui significativamente nas mulheres após serem abraçadas por seus respectivos parceiros. 

O resultado é consequência da liberação de ocitocina durante a ação, que reduz o cortisol circulante e com isso diminui o estresse.

A pesquisa, que foi feita com 76 pessoas, mostrou que a queda não é tão grande nos homens. Apesar disso, não significa que não exista.

Além da redução do estresse, o ato de abraçar também diminui a pressão arterial, inflamações, aumenta a resistência a infecções e auxilia na recuperação de doenças virais.

 

Esportes

Seleção brasileira vence amistoso contra a Coreia do Sul. Confira os jogos da série B. 

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

 

Passeio em Seul 

O Brasil jogou nesta quinta-feira (02) contra a Coreia do Sul, em Seul, e venceu sem dificuldades. Por questões de fuso horário, o jogo foi realizado às 08h, horário de Brasília. 

A seleção aplicou um sonoro 5 a 1 sobre os sul-coreanos, com gols de Richarlison, Neymar duas vezes, Phillipe Coutinho e Gabriel Jesus. Os coreanos descontaram com gol de Hwang Eui-Jo.

Em fase final de preparação para a Copa do Mundo no Catar, a seleção brasileira volta a campo na próxima segunda-feira (06), às 07h20 (horário de Brasília), para o jogo contra o Japão, em Tóquio. 

 

Série B

Nesta quinta-feira (02) continuam os jogos da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro série B. Às 20h, o invicto Vasco recebe o Grêmio, que flerta com uma crise nos bastidores, com o resultado podendo até causar a troca de comando da equipe gaúcha, em caso de resultado negativo. 

Mais tarde, às 21h30, dois jogos encerram os duelos desta quinta-feira (02). No Brinco de Ouro, o Guarani recebe o Vila Nova. Em Recife, o Sport joga contra a Ponte Preta. 

Atualmente, o G-4 da série B é formado por Cruzeiro em primeiro lugar, com 22 pontos; Vasco em segundo, com 17 pontos; Bahia é o terceiro, com 16 pontos e Sport é o quarto, com 15 pontos. Na ponta debaixo da tabela, o Náutico é 17º colocado, com 9 pontos; mesma pontuação de Tombense (18º) e Vila Nova (19º), o lanterninha é a equipe do Guarani, com 8 pontos. 

 

Tags: